Seja por necessidade, seja por opção, a verdade é que trabalhar e estudar é um grande desafio. Essa realidade exige diversas habilidades de qualquer pessoa, como uma boa gestão de tempo e muita disciplina para cumprir todos os compromissos.

Isso quer dizer que, para ter sucesso nas duas coisas, é preciso saber conciliá-las muito bem. Além de cumprir o horário de trabalho, ainda é preciso ter fôlego para assistir às aulas, estudar para as provas, fazer trabalhos etc.

E aí, será que você está preparado? Confira o guia que preparamos para se dar bem nessa missão!

Afinal, por que trabalhar e estudar ao mesmo tempo?

Cada um vive uma realidade e, diante disso, toma as suas decisões. Há pessoas que encaram a vida profissional concomitantemente à acadêmica pela necessidade de ter uma renda extra para ajudar em casa, pagar os estudos, entre outros motivos.

Contudo, existem casos em que essa escolha é feita pela vontade de aprender e, ao mesmo tempo, adquirir experiência prática na área. A verdade é que não há como negar que um aluno que faz as duas coisas (trabalha e estuda) sai da faculdade muito mais preparado para o mercado de trabalho.

Ainda que o seu emprego não seja voltado exatamente para o curso que ele faz, a responsabilidade de ter que dividir o seu tempo e dar conta de tudo já proporciona benefícios — como maturidade, disciplina e comprometimento, revelando-se um cenário favorável para o seu crescimento pessoal.

É claro que vez ou outra alguma coisa pode ficar para trás, afinal, não é fácil levar essa rotina. Especialmente nos períodos de provas, o cansaço tende a ser maior: falta de tempo, noites mal dormidas estudando e até um rendimento um pouco mais baixo no serviço.

Da mesma forma que, em épocas mais apertadas no trabalho, as horas de estudo podem ser reduzidas. O desafio é tentar equilibrar essa balança durante essa fase de muita dedicação.

A boa notícia é que vale a pena investir seu tempo para aprender sempre mais e algum dia — mesmo que seja em um futuro um pouco distante — saiba que você vai colher os frutos disso. A questão é não desanimar antes de atingir os objetivos e realizar os seus sonhos. Já pensou em pesquisar sobre mapeamento de carreira?

Quais são os maiores desafios de trabalhar e estudar?

A princípio, a ideia de fazer as duas coisas simultaneamente pode nem parecer tão complicada assim. Até porque existem milhares de pessoas que conseguem conciliar os estudos com o trabalho e levam a vida numa boa, não é mesmo?

Realmente, ficar pensando somente nos empecilhos não vai ajudar muito — quem nunca ouviu falar do estresse nos estudos? Por outro lado, conhecer de perto os desafios é bom para deixá-lo mais consciente e preparado.

Então, se você ainda não sabe quais são as principais dificuldades desse estilo de vida, aproveite para conferir os tópicos abaixo.

Conseguir otimizar o tempo

Os dias têm apenas 24 horas e isso não muda quando você tem muita coisa para fazer. O que deve mudar é a maneira como você administra o seu tempo para conseguir cumprir com tudo.

Embora não seja impossível, essa é uma missão que requer que você seja organizado e comprometido. O desperdício de tempo é algo que não pode acontecer, afinal, você tem uma lista de tarefas para executar.

Nesse sentido, descrever tudo de uma forma prática e simples de visualizar faz com que você perceba quais são os intervalos livres para encaixar cada coisa. Uma boa dica nessa hora é ser bem realista para não criar um cronograma impossível de cumprir e que vai deixá-lo sempre frustrado.

Otimizar significa ter o melhor rendimento dentro do que é possível, portanto, não pense em ficar sem comer ou dormir — ter tempo para suas necessidades básicas é primordial.

Outra coisa que deve ser evitada é fazer duas atividades na mesma hora, como estudar picado durante o horário de trabalho. A chance de você não absorver o conteúdo é grande, além de ser demitido caso o seu chefe não esteja de acordo com isso.

Ter uma rotina produtiva

O problema do tempo ser escasso é reduzir a sua produtividade por conta disso. O ideal é que todos os minutos sejam bem aproveitados para que você consiga trabalhar, estudar, se divertir e descansar.

A questão é que ser sempre produtivo também demanda organização e disciplina. As distrações são muitas e elas não podem impedir que você consiga ter um bom desempenho no dia a dia.

Por exemplo, na hora de estudar não é adequado ficar com o celular por perto acompanhando as notificações ou com a TV ligada. Ter foco é extremamente relevante se você não quer passar horas estudando sem conseguir fixar o assunto.

As horas de trabalho também precisam ser produtivas para não comprometer a sua performance ou o seu próprio emprego. Por isso, sua saúde e bem-estar são outros pontos que merecem atenção, sobretudo para você se mantiver ativo e produtivo.

Manter uma vida social

Se conciliar o trabalho e os estudos já é difícil, imagine adicionar uma vida social ativa nessa lista. Ao fim de cada dia, provavelmente você já estará bem cansado para pensar em sair com os amigos, familiares ou sozinho para se divertir.

Aos finais de semana, talvez ainda tenha uma lista de afazeres para cumprir — sem contar que há sempre alguma coisa extra para ler ou estudar. Sendo assim, outra dificuldade é conseguir encaixar os encontros com as pessoas queridas, algo que nos dá prazer e felicidade para seguir em busca dos nossos objetivos.

Organizar as tarefas dos estudos e trabalho

De fato, ser organizado é um obstáculo gigante para muita gente. Uma apostila de cada matéria para estudar, uma caixa de e-mails lotada, o relatório que deve ser entregue para o chefe, a leitura complementar que o professor pediu para fazer, um trabalho em grupo que precisa ser enviado em poucos dias.

Isso é apenas um exemplo das milhares de tarefas que um estudante e trabalhador pode ter. Justamente por esse motivo não dá para ser desorganizado — aliás, você nem tem tempo disponível para isso. Se for o caso, comece a pensar o quanto antes em maneiras de desenvolver a sua habilidade de organização, o que será extremamente necessário.

Ter as finanças em dia

Com a correria, fica complicado até cuidar das finanças. Gastamos dinheiro sem pensar muito e também não temos tanto tempo para pesquisar os melhores preços, preparar a própria comida, entre outras atitudes que ajudam a economizar.

Até o fato de pagar as contas em dia corre o risco de ser esquecido às vezes, acumulando multas e juros indesejáveis. Assim, quem não quer ficar com a conta vermelha no banco ou gastar mais do que deveria, precisa redobrar a atenção e criar um planejamento financeiro eficaz.

Como conciliar as duas coisas sem enlouquecer?

Sabendo que essa já não vai ser uma tarefa tão simples diante de tantos desafios, o próximo passo é agir antes que você enlouqueça de vez e comece a falhar tanto nos estudos quanto no trabalho.

Para prevenir grandes prejuízos na sua vida profissional, acadêmica e pessoal, separamos abaixo algumas dicas de hábitos que podem ser adotados.

Tenha uma agenda

Não dá para confiar tanto na sua memória, mesmo que ela esteja em pleno funcionamento. É tanta coisa que uma hora ou outra você pode perder uma data importante, uma reunião de trabalho ou qualquer outro compromisso.

Logo, procure a melhor maneira de deixar todos os seus afazeres bem organizados em uma agenda, que vai ser a sua maior aliada a partir de agora. Enquanto alguns ainda carregam um caderninho para todos os lugares, os aplicativos para smartphone ou o seu próprio e-mail podem ser utilizados para deixar o seu calendário atualizado. Basta escolher o que você prefere!

Estabeleça prioridades

A ideia de que dá para abraçar o mundo é uma ilusão que você vai perceber em algum momento. O nosso corpo precisa de descanso e realmente não dá para fazer tudo o que queremos.

Por conta disso, o ideal é estabelecer quais são as suas prioridades e organizar sua agenda a partir dessa decisão. Talvez não dê mesmo para fazer tudo o que você gostaria, mas lembre-se de que essa é a hora de investir no seu futuro.

Mantenha os momentos de lazer

Na hora de definir suas prioridades, é quase que automático pensar nas obrigações do trabalho e da faculdade, dividindo praticamente todo o seu tempo entre elas. A princípio, muita gente não pensa na importância do lazer, embora ele seja indispensável até mesmo para a sua saúde mental.

Distrair a mente de vez em quando e ter momentos prazerosos é imprescindível para nutrir a sua motivação. Sem contar que o descanso ajuda a manter o bom funcionamento de todo organismo (incluindo o cérebro), o que influencia favoravelmente o seu rendimento.

Então, determine alguns intervalos dessa rotina frenética para priorizar o que você considera indispensável, como um almoço de domingo com toda a família, uma hora semanal para o seu esporte favorito e, pelo menos, uma saída com os amigos a cada quinze dias.

Mais uma vez pense em prioridades e saiba que não vai ser possível fazer tudo. Talvez a nova temporada do seu seriado favorito fique de fora por enquanto, mas é por uma boa causa.

Tenha atenção às responsabilidades

De nada adianta ser organizado e montar um ótimo planejamento se você não se comprometer a cumpri-lo. O senso de responsabilidade é um ingrediente importantíssimo para ter sucesso ao conciliar vida profissional e acadêmica.

Viver procrastinando suas atividades, deixar de cumprir prazos, ficar criando desculpas ou achar que sempre é possível dar um “jeitinho” para se livrar de alguma coisa são atitudes inadequadas.

Se você tem a consciência de que até terminar o seu curso vai precisar se esforçar muito, não adianta deixar as responsabilidades de lado e desistir na primeira dificuldade.

Faça adaptações na rotina

Trabalhar todos os dias a seu favor é outro ponto de destaque, o que, infelizmente, muitas pessoas não fazem. Reveja a sua rotina e pense no que pode ser otimizado, implementando melhorias para a sua própria qualidade de vida.

Por exemplo, decidir ter uma vida mais saudável e encontrar uma brecha para praticar exercícios físicos é uma ótima decisão. Só que escolher uma academia muito longe de casa pode atrapalhar ainda mais os seus planos. Que tal procurar uma opção mais perto ou no caminho do trabalho? Esse é o tipo de coisa que você precisa pensar!

Como manter uma rotina organizada e produtiva?

Como já foi dito acima, outra questão chave é manter a sua produtividade em alta e uma rotina organizada para dar conta de tudo. Deixar que as coisas aconteçam ao acaso é capaz de dificultar ainda mais o processo, fazendo com que você perca o controle e a efetividade em várias ocasiões.

Portanto, aqui estão algumas estratégias para facilitar o seu desempenho. Veja só:

Crie um cronograma de tarefas

Você já sabe que é importante otimizar o seu tempo, estabelecer suas prioridades e até que ter uma agenda vai facilitar tudo isso. Para completar, considere criar um cronograma de tarefas para estruturar todos os seus compromissos diariamente.

Reserve um dia para planejar a sua semana e coloque em um papel (ou faça de modo virtual) toda a sua programação de atividades. Isso é como estabelecer pequenas metas e trabalhar para que elas sejam cumpridas, trazendo a sensação de dever cumprido.

Estude e leia nos meios de transporte

Esse é um truque utilizado por muitas pessoas para aproveitar o tempo gasto em deslocamento de uma forma mais produtiva. É óbvio que, para isso, você não pode ser o condutor do veículo.

Porém, se usa um meio de transporte coletivo todos os dias para ir ao trabalho ou para a escola, nada melhor do que aproveitar esse momento “perdido” para fazer algo útil. Nesse caso, procure andar com livros e outros materiais sempre à mão para facilitar o seu acesso a esses conteúdos — os dispositivos eletrônicos são ótimos para isso.

Aproveite o tempo livre

Ser produtivo não significa necessariamente que a pessoa utiliza as 24 horas do seu dia fazendo algo relacionado à sua vida profissional ou acadêmica. Ao contrário, a produtividade está em se organizar para concluir suas tarefas e ainda conseguir usufruir bem o seu tempo livre.

Ou seja, a questão não é deixar de dormir, de ter vida social ou de cuidar da saúde para ser um trabalhador melhor. As suas horas vagas não precisam ser vistas como um pecado ou algo parecido.

Ficar à toa, descansar ou fazer alguma coisa que é prazerosa para você também é fundamental para o seu bem-estar. Por isso, aproveite todo o tempo que tiver para fazer aquilo que tem vontade — nem que isso seja ficar sentado no sofá assistindo a um desenho animado por alguns minutos.

Use a tecnologia a seu favor

Contar com a tecnologia é mais uma maneira de trazer organização para a sua vida, principalmente se essa não é uma característica tão presente na sua personalidade.

Existem vários aplicativos que permitem criar listas de tarefas, gerenciar seus compromissos e ainda marcar lembretes para que você não esqueça de nada. Basta encontrar a plataforma que seja mais agradável de mexer e adotar essa prática no seu dia a dia.

Isto é, as ferramentas tecnológicas não precisam ser vistas apenas como uma distração, mas como aliadas do seu desempenho. Se você faz nasceu a partir da geração Y, não vai ter muitos problemas para lidar com esse universo!

Faça pequenos sacrifícios para cumprir com as obrigações

Ainda que você se esforce para manter tudo ordenado e em equilíbrio, é bom saber que algumas vezes as coisas podem sair um pouco da programação ou talvez seja necessário se dedicar mais do que era previsto.

Naturalmente, essas situações vão exigir de você um sacrifício maior. Imagine um domingo qualquer em que os seus planos são estudar durante toda a tarde para uma prova e sair à noite para ir ao cinema.

Só que, ao começar os estudos, você percebe que a matéria é bem mais complexa do que parecia nas aulas. Sua dificuldade em entender o assunto fica evidente e será preciso se esforçar por mais tempo para ficar tranquilo para a avaliação no dia seguinte.

O cinema precisa ser adiado e você nem sabe se o filme que quer tanto ver ainda estará em cartaz em uma próxima oportunidade. De forma semelhante, o evento poderia ser o aniversário de um amigo, uma festa de reencontro da sua turma, entre outros.

Esse é um exemplo corriqueiro e simples que demonstra como precisamos fazer escolhas todos os dias. Para quem trabalha e estuda essa é uma circunstância muito recorrente, pois sabemos que o tempo é limitado — logo, sacrifícios vão existir.

A educação a distância é uma boa alternativa?

Enfim, chegou a hora de conhecer uma solução para quem vive essa rotina corrida ou ainda está se preparando para isso. Fazer duas coisas que demandam muita dedicação nunca vai ser fácil, mas é possível buscar facilidades em toda essa loucura.

A educação a distância veio para facilitar muito a vida dos estudantes, tanto é que essa modalidade está crescendo no mundo todo. Se você ainda não conhece, aproveite para conferir agora as vantagens dessa alternativa.

Possui flexibilidade de horário

O modelo de ensino presencial exige que os alunos cumpram um horário rígido de aulas, o que muitas vezes é dificultado pela própria agenda profissional. Quem viaja bastante a trabalho, por exemplo, não consegue manter uma frequência muito assídua.

Até mesmo a necessidade de se deslocar entre dois pontos distantes pode ser um empecilho para que a pessoa compareça nos encontros presenciais. Assim, ter a chance de acessar o conteúdo pela internet de qualquer lugar do mundo é certamente um grande privilégio.

Além da flexibilidade de horário, o aluno consegue ainda montar o seu esquema de estudos com autonomia, sem a necessidade de ter que acompanhar o ritmo da sua turma. O resultado é a otimização do tempo e a comodidade para cumprir essa obrigação.

Exige menos gastos

Dois pontos são relevantes quando falamos da economia que a educação a distância proporciona. O primeiro é que o custo de manter a estrutura de uma escola presencial é muito maior — o que, consequentemente, reflete em mensalidades mais altas.

O segundo é que o cotidiano de uma pessoa que faz um curso EAD é mais simples. Não há tantos gastos com transporte, alimentação fora de casa, aquisição ou impressão de materiais. Tudo o que você precisa é ter um equipamento eletrônico conectado à internet para aprender e estudar.

Evita perda de tempo com deslocamento

Aquela estória de estar sempre de olho no relógio e preocupado para não perder as aulas não precisa existir. Quando você opta pela EAD, não é preciso ficar se deslocando de um lugar para o outro para assistir a uma aula e depois retornar para a casa.

Para quem vive em grandes cidades, o fato de não desperdiçar tempo no trânsito é realmente um benefício. Porém, mesmo quem não passa tanto por isso sabe que não ter o compromisso de se deslocar todo dia para outro lugar antes de voltar para casa é uma vantagem.

Contribui para a organização pessoal do aluno

Para finalizar, uma coisa que nem todo mundo considera ao refletir sobre essa nova modalidade de aprendizado. Oferecer facilidades para o aluno é também passar mais responsabilidades para ele.

Quem não se organiza para ler os materiais, assistir às videoaulas, fazer os exercícios e estudar para as avaliações não consegue ter um bom desempenho no curso que está fazendo.

A questão da flexibilidade e comodidade é diretamente relacionada à disciplina de cada um. Por essa razão, não existe essa de dizer que a educação híbrida ou a EAD é mais fácil ou tem menos qualidade que o método presencial. O comprometimento precisa ser o mesmo, o que muda é apenas o meio de transmissão do conhecimento.

Então, o aluno que consegue aproveitar toda essa autonomia e ter um bom resultado acaba adquirindo competências durante esse tempo — inclusive, características que são valorizadas pelo mercado, como organização, autogerenciamento, foco e determinação.

No fim das contas, o que importa é perceber que trabalhar e estudar não é uma missão impossível. Sim, isso vai custar algumas horas de sono e de diversão da sua rotina, mas, com certeza, esse é um dos melhores tipos de investimento que você pode fazer. Apostar na sua qualificação teórica e prática é como abrir os caminhos para o sucesso.

O que você acha de tudo isso? Se agora você está mais disposto para enfrentar esse desafio e o que preocupa é o aspecto financeiro, não deixe de ler o nosso Manual do Financiamento Estudantil para descobrir alternativas para ajudá-lo a fazer uma faculdade!

 

Facebook Comments