Faz parte da rotina do vestibulando pesquisar sobre as mais diversas carreiras e tentar encontrar aquela que deixa o seu coração batendo mais forte. Enquanto não encontra o que procura, o número de abas abertas no navegador só cresce, assim como a ansiedade, certo? Se gosta de Engenharia, por exemplo, já pensou que pode ter o perfil ideal para um engenheiro mecânico e desenvolver as habilidades necessárias?

Se a sua pesquisa atual envolve a profissão, nós podemos ajudar! Neste post, trouxemos todas as informações sobre a carreira e listamos alguns sinais aos quais você deve ter atenção. Vamos lá?

O que faz esse profissional?

A Engenharia Mecânica trabalha com o projeto, a análise, a construção, a operação e a manutenção de sistemas mecânicos. Na prática, é o engenheiro mecânico quem projeta, desenvolve e supervisiona motores, veículos, máquinas e outros produtos industriais.

Esse profissional está presente tanto no cotidiano das pessoas comuns como nas grandes corporações, exercendo papel central no desenvolvimento tecnológico e econômico dos países. Em geral, o trabalho do engenheiro mecânico se comunica com outras Engenharias, como a Elétrica, a de Produção e a de Automação.

Entre as habilidades de um engenheiro mecânico estão o desenho de peças, o cálculo das matérias-primas necessárias, o desenvolvimento de protótipos e a realização de testes nos produtos construídos. Também é papel desse profissional supervisionar processos e seguir procedimentos de segurança, controlando a qualidade da produção.

O campo de trabalho do engenheiro mecânico é amplo, abrindo oportunidades para atuar nas diversas indústrias (mecânica, siderúrgica, metalúrgica, de plásticos, combustíveis e outras). Além da grande oferta de vagas, o mercado de trabalho é bastante valorizado e tem salários atrativos, pois há carência de mão de obra especializada no setor.

Como saber se você tem perfil para essa profissão?

Gostou das informações apresentadas até agora? Ótimo! Esse já é o primeiro passo para saber se a Engenharia Mecânica pode ser a sua futura carreira. Veja 10 sinais de que você tem o perfil ideal para um engenheiro mecânico:

1. Facilidade em lidar com matérias de exatas

O primeiro ponto não poderia ser diferente. Matérias como matemática e física não ficam apenas nas disciplinas da graduação, mas fazem parte do dia a dia de um engenheiro mecânico. Por isso, ter interesse e facilidade com esses conteúdos é bem importante.

Na faculdade, os estudantes têm contato com diversas matérias de exatas durante os cinco anos de curso. E, no cotidiano da profissão, os cálculos podem ser complexos demais para quem não tem uma relação íntima com os números.

Para ter uma ideia, a grade curricular pode envolver:

  • geometria analítica e álgebra linear;

  • cálculo aplicado;

  • física geral;

  • estatística;

  • algoritmos e programação;

  • termodinâmica.

2. Gosto pela tecnologia

Aliado à simpatia pelos conteúdos de exatas, os candidatos a engenheiro mecânico precisam ter interesse também pela tecnologia. Nos dias de hoje, afinal, não existe atuação em engenharia — e mesmo em outras áreas — sem a utilização de produtos tecnológicos.

Para realizar as atividades do cotidiano profissional, o engenheiro mecânico utiliza muitos softwares — seja para fazer cálculos, para desenhar os moldes de peças ou para finalizar os projetos. Além de contar com a tecnologia, os engenheiros atuam também melhorando e criando dispositivos e sistemas para otimizar o trabalho.

A Inteligência Artificial (IA), por exemplo, tem muita relevância na rotina do ofício do engenheiro e de empresas que se propõem a melhorar seus resultados, de forma que promove vantagens como redução de tempo de execução de projetos e substituição de produtos em ciclos reduzidos.

Algumas possibilidades de aplicação e atuação envolvem redes neurais voltadas ao encontro de soluções, com otimização e reconhecimento de imagem adaptado para robótica.

3. Interesse por inovações constantes

O conhecimento se renova frequentemente, acompanhado de rápidas evoluções tecnológicas. Assim, o engenheiro mecânico precisa ter interesse para seguir as mudanças e sempre se atualizar. Em um cenário tão dinâmico, a formação em engenharia não termina na graduação. Ao contrário, deve continuar por toda a vida profissional.

Optar por uma pós-graduação ou MBA, nesse caso, é uma excelente escolha voltada à aquisição de expertise em um campo da tecnologia. No mercado, além das habilidades de um engenheiro mecânico, vale toda a oportunidade de desenvolver vantagem competitiva, certo?

4. Inteligência prática

O raciocínio lógico e a integração entre conhecimento e prática são competências necessárias para o engenheiro mecânico. Seus conhecimentos e habilidades devem servir objetivamente à empresa. Por isso, a capacidade de transformar as ideias em realidade é essencial nesse trabalho. Transformar planos em produtos é a grande função do engenheiro.

5. Curiosidade

Sabe aquelas crianças que dão dor de cabeça aos pais porque têm a mania de desmontar o videogame ou o carro elétrico para saber como eles funcionam? Elas têm grandes chances de se tornarem engenheiros quando crescerem.

A fim de ter o perfil ideal para bom engenheiro mecânico, é importante ser curioso sobre a fabricação e o funcionamento das máquinas e produtos. Além da curiosidade, é essencial ter iniciativa para conhecer os sistemas mecânicos e planejar soluções voltadas a otimizá-los.

6. Vontade de estudar

Essa vai ser uma competência importante não apenas durante o curso, mas em todos os dias de exercício da profissão. Além dos conhecimentos em ciências exatas, o engenheiro mecânico precisa se atualizar em assuntos das ciências sociais e econômicas, pois a política e a economia também têm relação com o seu trabalho.

É importante que o profissional não se limite a conhecer apenas os conteúdos de que mais gosta, por isso o interesse em estudar e pesquisar diversos assuntos faz parte do perfil ideal para essa carreira.

7. Senso de observação

O trabalho do engenheiro mecânico envolve muitos detalhes, e um pequeno erro em qualquer um desses pontos pode colocar todo um projeto a perder. Por isso, ser observador é uma habilidade interessante para quem pretende seguir a profissão.

Para engenheiros que assumem cargos de gestão, essa competência é mais importante ainda. Nessas funções, o profissional realiza atividades gerenciais e deve observar todos os processos para evitar erros e identificar oportunidades de inovação que garantam competitividade à empresa.

8. Visão analítica

Aliada à capacidade de observação, a visão analítica é indispensável para o trabalho de um engenheiro mecânico. Uma das principais atividades desse profissional é analisar projetos e interpretar resultados, buscando um funcionamento cada vez mais preciso e econômico.

O engenheiro precisa ser capaz de utilizar de seus conhecimentos técnico-científicos para inovar e encontrar soluções para os produtos. Por isso, visão analítica e criatividade são pontos relevantes para quem pensa nessa profissão.

9. Capacidade para trabalho em grupo

A ideia de que funcionários de exatas trabalham sozinhos já foi superada há muitos anos. Os processos nas indústrias estão cada vez mais integrados, exigindo que todos os profissionais saibam trabalhar em equipe.

O engenheiro mecânico atua em projetos multidisciplinares em parceria com outros engenheiros e profissionais de áreas variadas da empresa. Por isso, estar aberto a conhecimentos de diversas áreas, saber se comunicar bem e planejar em conjunto são competências necessárias.

Em uma multinacional, por exemplo, a engenharia impacta as finanças, o marketing e a tecnologia da informação.

10. Liderança

Além da capacidade de trabalhar em equipe, a liderança também é um aspecto importante para o engenheiro mecânico — principalmente para os que exercem cargos de gestão. Ter iniciativa e saber conduzir processos e pessoas são habilidades muito utilizadas pelos engenheiros que lideram equipes de trabalho.

11. Domínio de outros idiomas

Envolvido diretamente em seu cotidiano com tecnologia e novas soluções, o engenheiro mecânico deve ter domínio, ao menos, do inglês caso procure uma atuação de relevância no mercado.

Isso se deve ao fato de que boa parte dos novos produtos e serviços vem do exterior e a implementação deles em empresas requer entendimentos de manuais de uso.

Além disso, cursos de atualização sobre sistemas e novas habilidades de um engenheiro mecânico, até mesmo aqueles online, envolvem instruções em inglês.

Dominar outras línguas, tais quais espanhol, francês, alemão e chinês também é uma vantagem muito desejável nesse setor em que qualificação é imprescindível para ser lembrado e obter chances de ser promovido.

12. Capacidade de planejamento estratégico

Estabelecer boas práticas de trabalho e planejar a curto, médio e longo prazo o desenvolvimento de cada novo projeto em uma corporação é fundamental para se assegurar de que as estratégias têm funcionado.

Sabe quando se propõe a fazer algo no colégio, mas deixa tudo para a última hora e não consegue se organizar muito bem? Nessa situação, que também se aplica ao mundo corporativo, caso um planejamento estratégico tivesse sido traçado desde o início, as chances de dar certo teriam sido bem maiores.

Além disso, a capacidade de planejamento estratégico permite, ao fim, a análise de resultados. Só com ela dá para identificar erros e propor melhorias, no futuro.

13. Resiliência

A resiliência é uma habilidade importante para profissionais que atuam em diversas áreas e impacta também a vida pessoal de cada indivíduo.

Com ela, o engenheiro mecânico aprende a lidar com os empecilhos e insucessos de um projeto sem que isso interfira negativamente em sua autoestima de colaborador ou atrapalhe sua produtividade.

14. Inteligência emocional

A inteligência emocional é uma habilidade cada vez mais desejada por recrutadores, já que demonstra o equilíbrio necessário para lidar com quaisquer novas situações no local de um trabalho. Desde um projeto empolgante ao gerenciamento de crises e à colaboração em equipe.

Assim, o perfil ideal para um engenheiro mecânico também envolve alguém que acredite em sua capacidade, com a humildade necessária para reconhecer e reparar seus erros, além de ter uma convivência harmoniosa com todos a seu redor.

Os principais aspectos da inteligência emocional são:

  • automotivação;

  • empatia;

  • autoconhecimento;

  • gestão de relacionamento;

  • autocontrole;

  • habilidade de se relacionar com quaisquer pessoas.

15. Domínio e operação de sistemas complexos

Em muitas corporações, o engenheiro é quem domina a maior parte das tecnologias. Levando-se em consideração esse cenário, é importante que conheça o modo de funcionamento de sistemas complexos a fim de sanar dúvidas e de aplicá-los a uma rotina de trabalho mais produtiva.

O mercado de trabalho de Engenharia Mecânica

Depois de saber mais sobre as habilidades de um engenheiro mecânico, ficou ainda mais interessado pela profissão? Então, a perspectiva é bem positiva para você.

Hoje, de acordo com informações do Guia da Carreira, a média salarial de um profissional em início de carreira na área é de R$6.189. Em cargos de diretoria, pode chegar a mais de R$20.000. Animador para um projeto de vida, não?

Quem escolhe atuar na área dispõe também de opções variadas de locais de trabalho, entre elas:

  • indústrias;

  • prestadoras de serviços;

  • empresas de engenharia;

  • construção civil;

  • mineração;

  • consultoria;

  • órgãos públicos.

Áreas mais promissoras

Quem está de olho no futuro deve saber aquilo que o mercado oferece de relevante, com potencial para se expandir. Na carreira de engenheiro mecânico, para a qual ainda há falta de profissionais capacitados no Brasil, algumas áreas só tendem a se desenvolver.

Obras para o setor de infraestrutura

Entre elas, vale mencionar a de gerente de obras para o setor de infraestrutura, considerando-se o novo ciclo de aquecimento da economia em que volta a haver construção de novos locais de negócios.

Departamento de compras

Outra oportunidade para se acompanhar é a de carreiras em departamento de compras, já que há uma tendência de as empresas desejarem melhorar sua negociação ao comprar e, com isso, desenvolver processos bastante estratégicos.

Mineração

Em mineração, o conhecimento técnico e a busca por novos desafios também criam condições válidas para quem está traçando sua carreira e deseja construir um caminho bem-sucedido. Um pré-requisito importante, aqui, é o de ter disponibilidade para residir em locais mais afastados, nos quais se encontram jazidas.

Engenharia sustentável

À medida que o mundo se transforma, as profissões se transformam com ele e trazem novas possibilidades de negócios com mais responsabilidade diante da preservação do meio ambiente.

Na Engenharia Mecânica, não poderia ser diferente. Soluções mais limpas em setores como o da indústria de automóveis e na própria metalurgia alertam para a importância de atualizar seus conhecimentos e aprender a trabalhar com uma visão de menos desperdício e mais sustentabilidade.

Agora que você já conhece o mercado, as habilidades de um engenheiro mecânico e o perfil ideal para um engenheiro mecânico, pode se assegurar de que essa é a profissão certa para seus objetivos. Afinal, antes de tomar uma decisão, ter consciência das próprias habilidades e interesses é essencial para escolher um curso de graduação que abra as portas para seu sucesso profissional.

Gostou de nosso post e quer que mais amigos seus também possam fazer essa leitura? Então, compartilhe o conteúdo em suas redes sociais!

Facebook Comments