Se você acha que os conceitos físicos só se aprendem com números e muitos cálculos, saiba que está na hora de rever essa ideia! Isso porque o cinema, além de uma excelente opção de entretenimento, também é uma ótima fonte de conhecimento que ajuda você a se aprofundar nas mais distintas fórmulas, leis e teorias da área por meio de alguns filmes sobre física.

Afinal, enquanto alguns filmes mostram como os conceitos foram estabelecidos — e os nomes responsáveis por eles —, outros mostram, na prática, a aplicação desses conteúdos. Foi pensando nisso, que listamos cinco longas imperdíveis para você assistir e, assim, complementar seus estudos. Confira!

1. Isaac Newton – O Último Mágico

O primeiro, entre as nossas sugestões de filmes sobre física, é Isaac Newton – O Último Mágico, uma produção idealizada e produzida pelo canal britânico BBC. Com roteiro documental, o longa apresenta como era a vida de um dos mais importantes físicos do mundo — sir Isaac Newton — e como ele chegou às conclusões que geraram a Lei da Gravitação Universal e as Três Leis de Newton — que envolvem aceleração, inércia e força.

Mas não só isso, pois o filme também explora a paixão do também filósofo e matemático pela astronomia — que o levou a construir o modelo de telescópio refletor usado até hoje — e o envolvimento dele com a alquimia, um lado pouco conhecido e comentado dessa personalidade tão importante para a ciência.

No documentário, são mostrados diversos documentos escritos à mão pelo próprio cientista que revelam o interesse dele pelo ocultismo, além do medo que ele tinha acerca dos avanços alcançados nesse tema. Afinal, mesmo a Idade Média tendo acabado, a repressão religiosa ainda existia — e esse interesse pelas “ciências ocultas” poderia colocá-lo em risco de vida.

2. A Teoria de Tudo

Se começamos com um filme sobre Isaac Newton, não podemos deixar de fora outro físico de extrema importância para diversos avanços na área e que é, sem dúvidas, um dos grandes nomes do século XX: Stephen Hawking. Na obra A Teoria de Tudo, podemos ver a fome insaciável de conhecimento desse importante nome para a ciência — algo estimulado desde muito cedo pelos próprios pais. Além disso, o filme conta como ele precisou lidar com a descoberta de uma doença rara que mudaria drasticamente a vida dele: a esclerose lateral amiotrófica (popularmente conhecida como ELA, em inglês).

Em meio a tudo isso, a esposa de Hawking, Jane, é apresentada como a força motora que não o deixou perder o interesse pela física e pela cosmologia — e como ela ajudou no prosseguimento de uma série de estudos e pesquisas fundamentais para as teorias que foram lançadas por ele. Muitas delas, por exemplo, têm o intuito de explicar diversos fenômenos físicos, a noção de realidade e o relativismo — como a Teoria-M, a Teoria do Peixe no Aquário Redondo e a Teoria de Tudo, que dá nome ao filme.

3. Giordano Bruno

Outro filme sobre física que você não pode deixar de assistir é Giordano Bruno, uma produção italiana da década de 1970. Assim como a maioria dos filmes citados neste post, o enredo é centrado em uma figura importante para a ciência e que trouxe diversos avanços na área da física — nesse caso, o teólogo e sacerdote que dá nome ao longa.

Mesmo sendo frade, Giordano Bruno viveu em constante atrito com a Igreja Católica do século XVI e, posteriormente, com a Reforma Protestante na Alemanha. Por conta disso, dedicou-se mais à cosmologia do que à religião e se tornou o responsável pela Teoria da Infinitude do Universo (ou Universo Infinito, como também é conhecida).

Fora isso, ele foi precursor de conceitos utilizados hoje na física quântica, como a noção de matéria enquanto energia, unidade perfeita e a multiplicidade de mundos — a qual diz que vivemos em apenas uma única dimensão dentro de inúmeras realidades paralelas. Porém, mesmo com tudo o que ele propôs para a ciência, a trama mostra como Giordano foi traído por quem ele considerava um amigo e acabou preso pela Inquisição — sendo posteriormente queimado em uma fogueira por se recusar a negar aquilo em que acreditava.

4. Ágora

O filme Ágora, por sua vez, nos leva de volta a um passado ainda mais remoto. Isso porque a história se passa na cidade de Alexandria, em meados do século IV, quando os primeiros conceitos sobre física e astronomia tomavam forma. Foi nesse cenário que nasceu e cresceu Hipátia, a primeira filósofa (e também astrônoma) do mundo.

Ela é responsável, por exemplo, pela criação do hidrômetro — um instrumento que permitiu o estudo do volume e da densidade dos líquidos e que, hoje, é utilizado em larga escala para determinar o consumo de água nas residências. Além disso, Hipátia se dedicou ao estudo dos cálculos que mediam a distância dos astros.

Porém, mesmo com todo o brilhantismo e inteligência à frente de seu tempo, ela teve de lidar com uma sociedade patriarcal que negava o direito ao conhecimento às mulheres, além das constantes disputas religiosas entre cristãos, judeus e politeístas, que acabaram levando-a à morte — duas questões que o filme explora com bastante precisão.

5. Interestelar

Para finalizar a nossa lista de filmes sobre física, há uma produção dirigida e roteirizada pelos irmãos Nolan que foi bastante elogiada e vencedora de um Oscar: Interestelar. Com um enredo apocalíptico, a obra mostra o planeta Terra prestes a entrar em colapso pela falta de alimento e água — em paralelo ao aumento de doenças e pragas que assolam as poucas terras cultiváveis.

Por conta disso, alguns cientistas estão em busca de um novo planeta para habitar, quando se deparam com a possibilidade de desbravar Saturno. Embora não tenha a figura de um importante físico no centro da trama, Interestelar faz uso de diversas teorias — algumas criadas, por exemplo, por Stephen Hawking.

Isso aconteceu porque um dos colaboradores da produção, Kip Thorne, foi colega de trabalho de Hawking e é um dos maiores especialistas norte-americanos sobre os temas abordados no longa. É por essa razão que assuntos como ondas gravitacionais, buraco negro e relatividade geral são tão bem explicados e, principalmente, aplicados ao longo das cenas.

Viu só como não faltam filmes sobre física para você ver e, de quebra, impulsionar o aprendizado sobre os mais diferentes conceitos aprendidos em sala de aula? Portanto, não deixe de assistir a todas as nossas sugestões! E se você tem outras dicas de produções para compartilhar, deixe um comentário no post!

Facebook Comments