Dar conta de todas as disciplinas e conteúdos em um curto espaço de tempo é uma das principais dificuldades de quem está se preparando para o vestibular ou para o ENEM. Para vencer esse obstáculo, o segredo é se organizar! E, nessa hora, o melhor caminho é investir em métodos de organização que ajudam a otimizar as poucas horas disponíveis, como a técnica Pomodoro.

No post de hoje, vamos mostrar como essa metodologia funciona e como ela pode ser útil para garantir a tão sonhada aprovação no vestibular. Ficou curioso? Então continue a leitura!

O que é a técnica Pomodoro?

Mesmo os estudantes mais comprometidos encontram dificuldades em estudar todos os assuntos cobrados no vestibular. Além das exigências do Ensino Médio, muitos ainda precisam conciliar os estudos com o trabalho e, com isso, qualquer tempo livre vira uma oportunidade para o descanso ou para o lazer.

O problema é que quem vai prestar vestibular não pode perder tempo. Uma disciplina deixada de lado pode ser a diferença entre você e o seu concorrente na corrida para a aprovação. Com o objetivo de aumentar a produtividade, otimizar o tempo e melhorar a concentração, foi criada a técnica Pomodoro, nos anos 80, pelo italiano Francesco Cirillo.

O nome da técnica se refere a um típico cronômetro de cozinha muito utilizado na Itália, que possui a forma de um tomate (“pomodoro”, em italiano). Era esse aparelho que Cirillo utilizava para determinar os intervalos de tempo entre as atividades.

Na prática, ele se concentrava em uma tarefa sem qualquer interrupção por exatos 25 minutos. Ao final desse período, fazia uma pausa obrigatória de 5 minutos (chamado de ciclo). Mas a técnica não terminava aí! Após 4 ciclos, o italiano fazia um intervalo de 30 minutos antes de retomar a atividade.

Como a técnica Pomodoro pode ajudar com os estudos?

O aspecto mais importante da técnica Pomodoro é que ela auxilia os estudantes a se dedicarem exclusivamente a uma única atividade. Ou melhor: a uma única disciplina, conteúdo ou exercício de determinada matéria. Ela ajuda a evitar distrações e facilita a organização dos estudos.

Por exemplo: em vez de perder horas estudando todo tipo de conteúdo, você dedica 25 minutos a um tópico em que tem mais dificuldade, que precisa de revisão ou que merece mais atenção. Pode parecer pouco tempo, mas, ao final de um ciclo — e após os 5 minutos de descanso —, você está liberado para dar continuidade ao que estava estudando. O mais importante é respeitar esse tempo!

No caso da preparação para a redação, é possível usar o método para organizar o tempo que será usado para entender o tema e desenvolver suas ideias na hora da escrita. Em um vestibular com duração de 4 horas, por exemplo, muitos estudantes perdem horas preciosas apenas nessa etapa e comprometem o restante do tempo para as questões objetivas.

E como colocar o método Pomodoro em prática?

Mesmo sendo uma técnica antiga e com resultados comprovados na criação de uma vida mais produtiva e organizada, muitos estudantes podem sentir dificuldades na hora de colocar a técnica Pomodoro em prática durante a sua rotina de estudos.

Na teoria, pode parecer fácil configurar um cronômetro por 25 minutos e se concentrar em uma única atividade durante esse tempo. Mas, na prática, muitas pessoas não conseguem se dedicar unicamente a algo sem cair nas armadilhas da distração, como as redes sociais, o videogame ou a televisão.

Por essa razão, já adiantamos que você vai precisar de paciência e persistência para seguir a Pomodoro e adaptá-la de uma maneira que funcione melhor para as suas necessidades. Para facilitar, sugerimos que você siga estes 7 passos:

1. Elimine as distrações

Ainda não existe um interruptor no cérebro que podemos apertar para fazê-lo funcionar na hora que desejamos. Mas é possível dar uma ajudinha. Antes de iniciar o seu ciclo no Pomodoro, tente eliminar aquilo que mais atrapalha a sua concentração na hora de estudar.

Se você precisa do celular para cronometrar o tempo, mantenha-o no modo avião. Se é um noveleiro de plantão, fique longe da TV. Se é “viciado” em redes sociais, use bloqueadores de sites no seu computador. Dedique os 25 minutos apenas para os estudos. Depois desse tempo você terá 5 minutos para fazer o que quiser! Mas é recomendado usar esse tempo de descanso para tomar uma água e ir ao banheiro!

2. Reúna os materiais necessários

Não dá para ficar no meio de um ciclo buscando no caderno aquilo que o professor disse ou procurando um marcador de texto. Antes de começar a estudar, reúna todos os materiais, papéis e livros necessários para otimizar os seus estudos sem interrupções.

3. Crie uma lista de tarefas

Ao iniciar o seu cronômetro, você precisa se dedicar unicamente à leitura ou resolução de exercícios de um conteúdo. E, para isso, precisa saber — com antecedência — quais são eles. Então, crie uma lista de tarefas do que precisa ser estudado, dividindo as atividades por nível de prioridade.

Se você demora um pouco para se concentrar, use os primeiros ciclos para revisar as disciplinas mais fáceis ou para treinar a redação. Quando sentir que “engrenou”, use os ciclos seguintes para as matérias mais difíceis.

4. Comece a marcar o primeiro ciclo

Depois da preparação, é hora de começar a colocar a Pomodoro em ação. Marque o tempo de 25 minutos — em um cronômetro, no despertador ou até no computador, com o app Tomato Timer—  e comece a fazer a primeira tarefa da sua lista, criada anteriormente. Quando esse tempo acabar, faça uma pausa de 5 minutos. Vá ao banheiro, faça um lanche rápida ou dê aquela olhadinha no celular. Mas vale lembrar: não gaste mais do que 5 minutos!

5. Siga adiante

Depois da pausa de 5 minutos, inicie a segunda tarefa da sua lista e siga adiante por mais 3 vezes — completando 4 ciclos.

6. Parta para uma pausa maior

De acordo com a técnica pomodoro, após a repetição de 4 ciclos, o ideal é fazer uma pausa maior. Em vez de 5, você deve descansar por mais 30 minutos. Após esse período, você pode iniciar um novo ciclo ou encerrar os seus estudos do dia.

7. Tente outra vez

Se, por alguma razão, um dos ciclos do seu Pomodoro for interrompido, o ideal é recomeçá-lo. Pause as suas atividades até o cronômetro tocar e inicie a contagem dos 25 minutos mais uma vez.

Gostou das nossas dicas? Já tinha ouvido falar da técnica Pomodoro? Se ainda restaram dúvidas sobre o tema, não deixe de compartilhá-las com a gente aqui nos comentários!

Facebook Comments