Como o nome já sugere, um estudante com destaque acadêmico é aquele que teve mais notoriedade durante o semestre letivo de um curso — ou seja, que teve o melhor desempenho diante dos colegas. Cada faculdade possui critérios próprios para fazer essa distinção, mas, em geral, são levados em conta aspectos como: notas acima da média nas disciplinas cursadas, indicação positiva de professores e participação nas atividades propostas.

Esse título pode trazer diversas oportunidades para a carreira, pois ajuda a aprimorar o currículo e aumentar o interesse das empresas pelo estudante. É também um sinal de reconhecimento de que seus esforços e dedicação estão dando frutos e serão bem aproveitadas no futuro.

Sabemos que, na prática, não é fácil ser o melhor aluno do curso, mas isso não quer dizer que seja impossível. Com esforço — e seguindo as nossas dicas —, é possível se tornar um destaque da sua faculdade. Ficou interessado? Então, continue lendo o nosso post!

Mantenha um bom relacionamento com os docentes

Como adiantamos no início deste texto, muitas instituições de ensino pedem a ajuda dos professores para eleger o destaque acadêmico do curso. Por essa razão, é fundamental sempre manter um bom relacionamento com eles. É importante deixar claro que isso não significa “puxar saco” para ganhar notas melhores. Afinal, não faz sentido ganhar um título de destaque sem méritos próprios.

Manter um bom relacionamento com o corpo docente é se mostrar presente, tirar dúvidas sempre que possível e interagir em sala de aula. Professores são a sua principal fonte de aprendizado e podem oferecer uma perspectiva melhor sobre a profissão que você pretende seguir — além de ajudar a entender o mercado de trabalho, mostrar oportunidades acadêmicas e até mesmo dar indicações para estágios e outros trabalhos.

Faça perguntas

E por falar em professores, é importante que você aproveite a presença deles para tirar todas as dúvidas necessárias. Muitas vezes, os estudantes têm vergonha ou não sentem que é necessário fazer perguntas durante a aula e vão para casa com muitas questões não solucionadas. Entender bem o assunto explicado é fundamental para tirar boas notas — e adivinhe? Tirar boas notas é um dos principais requisitos para se tornar um destaque acadêmico! 

Participe dos projetos internos da faculdade

Todo estudante que deseja se destacar também deve se envolver em outras atividades. Para quem sonha em trabalhar com pesquisas no futuro, isso é ainda mais importante, já que o ambiente acadêmico oferece diversos grupos e projetos de iniciação científica relacionados aos temas da sua área de atuação. Se essa não é bem a sua praia, procure se envolver em outras atividades. Por exemplo:

  • centros acadêmicos são interessantes para quem gosta de questões sociais ou quer desenvolver a liderança;
  • empresas júnior oferecem oportunidades de aprender administração, empreender e entender o ambiente corporativo;
  • já os grupos de extensão e as monitorias discutem pautas distintas e relevantes para melhorar o seu desempenho em sala de aula.

O mais importante é que você defina qual é a sua área de interesse e não fique parado!

Participe de eventos

Ao contrário de um curso técnico — em que o estudante atua quase que unicamente em funções práticas oferecidas no mercado de trabalho —, na faculdade, o aluno ganha o conhecimento teórico necessário para realizar bem a sua profissão. Por essa razão, um estudante de nível superior não pode se limitar apenas ao ambiente da faculdade — ou corre o risco de não colocar em prática aquilo que aprendeu. Ou pior: não aprender tudo o que é necessário para atuar bem na sua profissão.

Além dos estágios, é importante participar de outros ambientes relevantes para a profissão, como conferências, congressos, palestras e fóruns de debate. Envolver-se nessas atividades não significa se desviar dos estudos. Pelo contrário, elas são oportunidades para aprender ainda mais e, no caso de estágios remunerados, ganhar uma renda extra por isso.

Organize-se

A falta de tempo será uma realidade da sua vida de estudante, então você precisa encontrar saídas para lidar com ela. E isso envolve organização. Ser organizado não diz respeito apenas a marcar no calendário as datas das provas, mas ter horários bem programados, atividades sempre bem documentadas e aproveitar as horas vagas para colocar os assuntos da faculdade em dia, em vez de ficar assistindo Netflix, por exemplo.

Você pode fazer esse controle em uma agenda ou planner, ou até mesmo em plataformas virtuais. Além de evitar perder prazos importantes, vocês ganha em produtividade, pois saberá em que está gastando seu tempo e como pode melhorar.

Foque em aprender e não apenas em decorar

Ser reconhecido como o melhor aluno do curso é algo a ser comemorado, mas é fundamental ter em mente que o prêmio, por si só, não é o mais importante. Boas notas são consequências naturais de um bom trabalho realizado e de muito esforço, mas, na prática, elas devem mostrar que você realmente adquiriu o conhecimento necessário para ser um bom profissional.

Então, em vez de decorar matérias para ganhar uma nota 10, concentre-se em realmente aprender. Independentemente das recompensas, tente dar o melhor de si enquanto estiver na faculdade e procure se superar a cada dia. Com essa atitude, ao longo do tempo, você se destacará naturalmente, sem precisar se esforçar tanto para isso.

Faça a sua parte

Mesmo que você estude na melhor faculdade do país e tenha a orientação dos melhores professores, você não se tornará um destaque acadêmico sem fazer a sua parte. E quando falamos em “fazer a sua parte” isso significa ter uma série de hábitos produtivos — dentro e fora de sala de aula.

Durante as aulas, o manual básico para se dar bem é prestar atenção no que os professores têm a dizer, evitar faltar às aulas — ou você pode perder conteúdo e explicações importantes — e tentar interagir ao máximo com os colegas nas atividades em grupo. Já fora da sala de aula, não tem segredo. O ideal é sempre fazer as atividades indicadas e criar um cronograma de estudos diários para não acumular conteúdos e atividades.

O mais importante é buscar conhecimento adicional. O hábito da leitura é essencial em qualquer tipo de graduação, mesmo naquelas de exatas. Além dos livros clássicos, propostos na bibliografia de cada disciplina, busque títulos que serão úteis para a sua formação pessoal e conteúdos fora da área que você está estudando, principalmente na áreas de cultura e política.

Entender o mundo em que você vive é uma maneira de se desenvolver intelectualmente, melhorar os seus argumentos durante as discussões — ou até mesmo nas provas da faculdade — e descobrir onde estarão as oportunidades do mercado de trabalho. E é esse conhecimento que o ajudará não só a ganhar destaque acadêmico, mas ter sucesso na sua carreira profissional.

Se você gostou deste post sobre como se tornar um destaque acadêmico, não deixe de seguir as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar outras atualizações do blog. Estamos no Facebook e no LinkedIn!

Facebook Comments