Se você está pensando em escolher um dos cursos na área da saúde, temos boas notícias para você. A primeira é que o mundo hoje está vivendo a era das relações humanas, tema central de qualquer curso nessa área.

Com isso, a demanda por profissionais que contribuem para o bem-estar dos outros é cada vez maior, amplificando as oportunidades de trabalho. Por fim, esse é um campo que vai muito além da Medicina, abrangendo pessoas de diferentes perfis.

Neste artigo, listamos 9 cursos na área da saúde e suas principais características. Nosso objetivo aqui é ajudar você a descobrir qual deles combina mais com o seu perfil. Não perca tempo e confira tudo agora mesmo. Boa leitura!

OS 9 PRINCIPAIS CURSOS NA ÁREA DA SAÚDE

Antes de apresentarmos as possibilidades de cursos e de você tomar sua decisão, vale uma dica — melhor, duas: pratique o autoconhecimento e tenha em mente o seu propósito.

Autoconhecimento porque só você pode saber do que gosta ou não, quais são suas habilidades e os ambientes onde você se sente bem. Ninguém pode definir isso no seu lugar. Portanto, “conhece-te a ti mesmo”, como já dizia o grande filósofo grego Sócrates.

Propósito porque tudo na vida precisa fazer sentido para você. É claro que muita coisa a gente só descobre na prática, mas intimamente sabemos quando algo é certo ou não a se fazer. Então, siga seu coração!

Confira agora as características dos principais cursos na área da saúde.

1. MEDICINA

Uma das profissões mais antigas do mundo tem como objetivos a prevenção, o diagnóstico, o tratamento e a cura de doenças.

Ao longo da formação, o estudante terá matérias como Anatomia, Fisiologia, Imunologia e Ortopedia. O curso tem duração média de 8 anos, porque são necessários 6 anos de estudo regular e outros 2 de especialização — que é quando o médico formado decidirá se foca a área cirúrgica, pediátrica ou ginecológica, por exemplo.

No entanto, não ache que você não precisa mais estudar após finalizada a graduação. A atualização deve ser constante, pois, assim, poderá oferecer o que há de melhor e mais moderno aos pacientes.

Além do reconhecimento e da possibilidade de exercer um impacto positivo na sociedade, o médico contribui de maneira direta para a qualidade de vida daqueles que atende.

No entanto, por lidar com situações de grande pressão, sobretudo quando a vida de outra pessoa está em jogo, é preciso desenvolver soft skills como inteligência emocional e capacidade de agir com assertividade em situações de alto estresse — e tudo isso com uma grande carga de trabalho, principalmente nos anos iniciais de atuação no mercado.

2. ENFERMAGEM

O profissional de Enfermagem tem um trabalho bastante colaborativo com as outras áreas da saúde. É ele que vai tomar as providências necessárias para que o bem-estar do paciente seja alcançado.

Por conta disso, o lado emocional desse profissional também deve ser bastante trabalhado, já que lidará com situações delicadas com grande frequência.

São muitas as possibilidades de atuação para um enfermeiro, como:

  • hospitais;
  • clínicas;
  • laboratórios;
  • área forense;
  • área administrativa;
  • cuidados com crianças e idosos.

Com disciplinas práticas e teóricas, a duração média do curso é de 4 ou 5 anos. Algumas disciplinas fazem parte da grade curricular, por exemplo, Anatomia dos Sistemas, Bases Diagnósticas, Bioquímica e Epidemiologia.

Para que a graduação seja finalizada, é preciso que o estudante faça estágio supervisionado e obrigatório, de modo a colocar em execução o que está aprendendo.

3. ODONTOLOGIA

Outro curso interessante é o de Odontologia, pois abrange não apenas a saúde dos dentes e da boca, mas a dos ossos da face, estendendo-se a tratamentos estéticos.

Pense no quanto você pode contribuir para trazer de volta a autoestima dos seus pacientes, aspecto que pode prejudicar até mesmo que eles voltem ao mercado de trabalho.

São 5 anos de estudo, e o profissional sai da faculdade preparado para realizar procedimentos e cirurgias, além de fazer tratamentos preventivos. Ele pode ter um consultório próprio ou junto a outros dentistas, atuar na esfera pública e serviços sociais.

Entre as matérias, você estudará Anatomia Humana, Histologia Bucal, Dentística e Radiologia Odontológica.

4. PSICOLOGIA

Como mencionamos, as relações humanas têm sido mais valorizadas do que nunca, e a Psicologia desempenha um papel fundamental nesse processo. Isso acontece porque o objetivo da profissão é contribuir para que as pessoas tenham mais consciência de si próprias e, assim, aprendam a lidar melhor com seus relacionamentos e os desafios do dia a dia.

Engana-se quem pensa que o trabalho de um psicólogo se restringe ao divã. O profissional formado tem amplas possibilidades de atuação, que vão desde a psicologia clínica — como é o caso das sessões de terapia — até os campos educacional, corporativo, esportivo, hospitalar e judicial.

O tempo de formação é de 4 anos, e o ideal é que a faculdade escolhida ofereça conhecimento teórico aliado ao trabalho de campo desde o início, o que é fundamental para o desenvolvimento na carreira.

Para garantir o progresso e auxiliar da melhor forma as pessoas a quem você prestará o atendimento, ao longo da faculdade verá algumas matérias essenciais, como Neuropsicologia, Psicanálise e Psicologia Cognitiva.

5. BIOMEDICINA

O curso de Biomedicina reúne em sua carga horária noções aplicadas tanto na Medicina quanto nas Ciências Biológicas. O profissional formado na área estará apto a desenvolver pesquisas sobre enfermidades, identificando suas causas e os possíveis tratamentos.

Com 4 anos de duração, o estudante entenderá melhor sobre as patologias e seus métodos de diagnóstico, com disciplinas que vão desde Estudos Genéticos e Bioquímicos até Imunologia e Bioestatística.

O profissional formado poderá atuar tanto com análises clínicas quanto com biomedicina estética, criminal e em reprodução humana.

6. NUTRIÇÃO

Uma alimentação de qualidade pode prover as vitaminas e os nutrientes necessários para a manutenção do organismo e garantir o seu pleno funcionamento.

As pessoas têm repensado sua relação com os alimentos. Nesse contexto, o profissional de nutrição ganha força. Além da prescrição de dietas e cardápios, o nutricionista é capacitado para avaliar o controle de qualidade dos alimentos nas empresas.

O curso tem duração de 4 anos. Ao longo dele, o estudante estudará temas como composição dos alimentos, avaliação nutricional, biologia celular e dietética.

7. EDUCAÇÃO FÍSICA

O cuidado com a saúde e a estética também faz parte da rotina do profissional formado em Educação Física, um curso com boa amplitude de atuação.

Aqui, a promoção da saúde e do bem-estar pode ser realizada em pessoas com as mais diferentes necessidades, como no caso da preparação de atletas e do tratamento de portadores de deficiência física.

O objetivo da atuação desse profissional é oferecer as orientações e o suporte necessários para a adequada realização de atividades físicas e esportes.

A duração do curso é de 4 anos, e você tem a opção de escolher entre licenciatura ou bacharelado. Durante a graduação, você terá acesso a disciplinas como Desenvolvimento Motor, Metodologias de Ginástica e Musculação, Treinamento Esportivo e Cinesiologia.

8. FISIOTERAPIA

O objetivo do fisioterapeuta é contribuir para a qualidade de vida das pessoas, cuidando das questões musculares, prevenindo e tratando lesões decorrentes de acidentes e má postura, por exemplo.

Já ouviu falar na Lesão por Esforço Repetitivo (LER)? O fisioterapeuta é o profissional que cuida desse tipo de dor. Também será de grande relevância no processo de recuperação após acidentes ou cirurgias e como forma de prevenção contra possíveis problemas musculares.

Mas a atuação desse profissional não exerce impactos apenas em aspectos físicos. Durante a fisioterapia, a saúde mental também é afetada, já que o processo de reabilitação exige bastante dos pacientes muitas vezes.

O curso tem duração de 5 anos e contempla matérias que possibilitam uma vasta atuação, como Biomecânica do Movimento Humano, Controle Neural do Movimento, Fisiologia Humana e Cinesiologia Clínica.

9. MEDICINA VETERINÁRIA

A Medicina Veterinária está relacionada à saúde e ao bem-estar dos animais domésticos e selvagens. Ao longo de 5 anos, o profissional aprende a realizar desde consultas de rotina até cirurgias complexas, além de garantir que os animais não transmitirão doenças aos humanos.

Assim como acontece com quem opta por estudar Medicina, a possibilidade de campos de atuação na Medicina Veterinária é muito grande. Atualmente, os profissionais têm se especializado em áreas específicas para prover o melhor tipo de atendimento aos animais, como cardiologia, oncologia e dermatologia.

A ESCOLHA DA ÁREA DA SAÚDE PARA ATUAR

Agora, a pergunta que não quer calar: você já descobriu qual dos cursos na área da saúde combina mais com você? Seja qual for a opção escolhida, é importante dizer que dois pontos são fundamentais para ser um bom profissional.

O primeiro deles é o estudo e a atualização profissional, que precisam ser contínuos — ainda mais quando falamos de uma área como a da saúde, que está diretamente relacionada ao bem-estar do outro. O segundo ponto é que a faculdade precisa oferecer uma estrutura adequada para você se desenvolver de modo pleno.

Pesquise a credibilidade da instituição, verifique o corpo docente, a grade curricular e se assegure de que a infraestrutura propiciará as condições necessárias para o seu aprendizado.

A UCEFF, por exemplo, oferece uma grade curricular rica e multidisciplinar. O estudante tem a oportunidade de aprender não somente sobre sua profissão, mas sobre o mercado de trabalho, por meio de disciplinas como Empreendedorismo e Planejamento de Carreira.

Fazer uma graduação exige dedicação, e quanto mais bem preparado você puder sair da faculdade, mais fácil será para você ser reconhecido no mercado de trabalho e conquistar bons cargos e melhores salários.

Ficou com alguma dúvida ou quer informações adicionais sobre o assunto? Entre em contato com a gente e comece agora mesmo a construir um futuro de sucesso!

Facebook Comments