Uma das maiores dificuldades que os jovens enfrentam é a hora de bater o martelo sobre qual carreira seguir. A razão disso é que esse tipo de decisão impacta não só a faculdade que você fará por alguns anos, mas também com o que você possivelmente trabalhará ao longo da vida. 

Por isso, é importante estar seguro da escolha feita para não ter que lidar depois com aquela sensação de arrependimento ou tempo perdido. Para ajudá-lo nesse momento, reunimos algumas dicas e também algumas perguntas que vão contribuir para o seu processo de autoconhecimento e levá-lo a descoberta da profissão que se encaixa com as suas características. Confira!

Como decidir qual carreira seguir?

Durante o seu período de reflexão sobre qual carreira seguir, muita gente vai dar pitaco, se intrometer e até tentar influenciar a sua escolha. Na grande maioria das vezes, essas sugestões ou conselhos que você receberá de terceiros não será por mal. Muito pelo contrário!

Isso porque familiares, amigos e professores querem vê-lo feliz e bem-sucedido. No entanto, é fundamental deixar claro que a palavra final é sua, pois isso diz respeito ao seu futuro. Sem falar, é claro, que é você quem estará, ou não, realizado pessoal e profissionalmente com essa escolha. 

Feito isso, comece a se autoconhecer. Na prática, isso significa entender quais são os seus objetivos, as habilidades que tem, as coisas que deseja conquistar e, inclusive, quais são as limitações que você apresenta. Apenas assim é possível chegar a uma carreira capaz de atender 100% às suas necessidades e vontades.

Quais são as dicas para decidir a carreira ideal?

Ao se autoconhecer e compreender melhor a sua própria essência, você consegue colocar em prática algumas dicas que servem para delimitar carreiras com potencial de serem as mais indicadas para você. De quebra, elas ainda o ajudam a se aprofundar sobre os detalhes dessas profissões. Abaixo, listamos duas das mais relevantes. Veja!

Pesquise os detalhes das profissões com as quais você sente compatibilidade

Se existem profissões (como a de administrador ou a de contador) com as quais você sente compatibilidade para trabalhar após concluir a sua graduação, não perca tempo e pesquise o máximo de detalhes sobre cada uma delas. Para começar, se informe sobre como são os cursos que capacitam as pessoas a trabalharem nelas.

Depois, procure sobre dados a respeito de salário, taxas de emprego e desemprego, funções que você pode desempenhar, quais companhias são referências na área e muito mais. Além disso, há uma dica extra: não deixe de conferir como esteve o mercado para esses segmentos em períodos anteriores de crise econômica. Isso ajuda a mostrar o quanto essas carreiras são, de fato, estáveis mesmo em tempos difíceis.

Use a internet para conhecer novas profissões

“E se eu não tiver nenhuma carreira em mente? Como devo agir?”, você deve estar se perguntando. Nesse caso, sem estresse! É normal que alguns jovens passem por momentos de total indecisão e não se vejam com tanta facilidade trabalhando com isso ou fazendo aquilo. 

Nesse caso, o ideal é ir além das profissões que já conhece e pensar fora da caixinha. Afinal, há uma gama enorme de atividades profissionais no mercado e uma delas pode ser exatamente o que você quer para o futuro. Portanto, faça da internet sua melhor amiga e conte com a ajuda dela para descobrir essas novas carreiras.

Quais perguntas você deve se fazer para decidir qual carreira seguir?

Como prometido no início do post, além das dicas que já apresentamos, também reunimos algumas perguntas que vão ajudar na sua fase de autoconhecimento e serão muito úteis para identificar profissões com as quais você tenha afinidade e talvez nem tenha percebido. Veja quais são elas!

O que me motiva e me inspira?

Questione-se a respeito daquilo que o deixa motivado e inspirado. Afinal, todos nós temos algo pelo qual o nosso interesse e a nossa curiosidade são constantes. Algumas pessoas, por exemplo, têm um carinho muito grande pelos animais. Tanto é que criam um ou mais bichos, se envolvem em eventos sobre pets e sempre procuram aprender mais sobre eles. Alguém assim tem o perfil excelente para ser veterinário.

Um outro caso que podemos citar é o do quem desde cedo pratica esportes, acompanha diferentes modalidades e adora participar de atividades físicas, independentemente do local e da companhia. Ou seja, alguém que se encaixa com o perfil de um educador físico. Portanto, vale a pena pensar a respeito do que são as suas paixões. Elas podem ser um excelente indício da sua vocação!

Quero trabalhar em locais mais reservados ou movimentados?

Outra pergunta que não pode faltar é se você quer trabalhar em locais mais reservados em que só há o contato com outros membros da sua equipe ou até mesmo é possível ficar sozinho por longos períodos — como em laboratórios, departamentos de TI e setores de contabilidade — ou em ambientes mais movimentados que envolvem o contato com diferentes pessoas ao longo do dia — como hospitais, agências de publicidade, fóruns e escritórios de advocacia.

Esse é um questionamento que conversa diretamente com o seu tipo de humor e comportamento, pois há indivíduos mais introspectivos e aqueles mais extrovertidos e comunicativos. Logo, é importante saber com qual grupo você tem mais identificação.

Na escola, quais as aulas que mais me agradam?

Por fim, pare e pense a respeito de quais são as aulas que mais gosta no seu colégio. São as de História, as de Biologia, as de Química ou as de Matemática? Há matérias com as quais você tem uma maior facilidade para estudar, aprender e resolver problemas? Isso porque, independentemente da profissão escolhida, alguma dessas disciplinas será bastante usada.

Por exemplo, os contadores e os engenheiros fazem bastante cálculos no dia a dia deles. Já os advogados precisam dominar a Língua Portuguesa para fazer redigir processos, solicitações judiciais e afins. Portanto, essa preferência que surge ainda na escola pode ser muito útil para quando você ingressar no Ensino Superior e, posteriormente, estiver trabalhando.

Viu só como descobrir qual carreira seguir é um processo que envolve uma autoanálise profunda sobre quem você é e aonde deseja chegar no futuro? Por isso, sigas as nossas dicas e utilize as nossas perguntas para facilitar essa jornada rumo à sua decisão final.

Gostou do post? Pois não deixe de participar do nosso teste para ver qual profissão combina mais com você!

 

Facebook Comments