12 filmes que vão te ajudar a aprender sobre matemática

filmes de matematica
9 minutos para ler

Você pode não perceber, mas algumas disciplinas escolares estão presentes no seu dia a dia e em suas tarefas. Você realiza cálculos, define proporções e pensa no troco do ônibus sem relacionar essas simples operações com o que é ensinado em sala de aula.

Por isso, aprender sobre matemática é importante não somente para tirar boas notas na escola e para entrar na faculdade, mas também para se relacionar com o mundo. Porém, essa disciplina não precisa ser um bicho de sete cabeças. É possível aprender sem sofrimento e até de maneira divertida.

Por exemplo, já percebeu que muitas produções cinematográficas utilizam a matemática como um elemento importante em suas tramas? Então, para ajudar a aumentar o seu interesse pela disciplina, preparamos uma seleção de oito filmes de matemática! Vamos a eles?

1. O homem que viu o infinito

Este filme é a cinebiografia do matemático indiano Srinivasa Ramanujan (1887-1920), que foi autodidata e teve de enfrentar uma época à qual ele não se adaptava.

O indiano era um teórico que apostava em suas intuições e seu pensamento crítico para desenvolver fórmulas matemáticas. Vindo de família pobre e órfão de pai, Ramanujan precisava de forma constante provar o seu talento, principalmente aos colegas que confrontavam seu jeito abstrato de trabalhar a disciplina — em oposição aos métodos acadêmicos formais.

O filme mostra que a matemática pode unir os dois elementos — intuição e formalismo — para chegar a um desenvolvimento e a uma conclusão. A produção é estrelada por Dev Patel, ator de “Quem Quer Ser Um Milionário?”.

2. Quebrando a banca

Nessa produção, acompanhamos um professor que desenvolveu métodos baseados na matemática para calcular as probabilidades em jogo de cartas — no caso do filme, o blackjack ou 21, como é conhecido no Brasil.

A ideia para o roteiro teve origem na história real de um acadêmico do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que criou um programa em um supercomputador IBM para calcular as probabilidades de saírem as cartas certas.

O filme reproduz essa história em que um grupo de alunos do MIT planeja ações rápidas nos cassinos para não chamar a atenção da vigilância.

A matemática aplicada se baseia em cálculos de probabilidade, um ramo que aplicamos diariamente sem perceber — como na previsão do tempo, quando você ouve que há 80% de chance de chover.

3. Pi

Filme de suspense, conta a história de Max, um gênio da matemática e da computação que vive solitário e escondido da luz do sol, pois sente fortes dores de cabeça quando exposto a ela.

Em suas pesquisas, Max encontra um padrão nas movimentações financeiras das bolsas de valores e logo é procurado por um grupo de Wall Street, que deseja saber como ganhar dinheiro com essa descoberta. Ao mesmo tempo, um grupo de judeus defende que os resultados foram inspirados em um padrão da Torá, as escrituras religiosas judaicas, e querem saber a sua origem.

Max se baseia na crença de que a matemática é a linguagem da natureza, o que permitiria, após a descoberta de padrões, antever acontecimentos. Um paralelismo pode ser exemplificado pela ciência, que trabalha com a repetição de resultados para identificar comportamentos.

O nome do filme é uma referência a π (Pi), a proporção numérica entre a circunferência de um círculo e o seu diâmetro. O valor sempre é o mesmo: 3,14159… — um número irracional, com infinitas casas decimais. O Pi é usado pela Nasa, por exemplo, para calcular rotas interplanetárias.

4. Uma mente brilhante

Cinebiografia do matemático John Nash, interpretado por Russell Crowe — vencedor do Oscar de melhor filme em 2002 —, o filme conta a história do professor que alcançou a fama após resolver um problema relacionado à teoria dos jogos em 1994.

Nash trabalhou ainda em criptografia para o governo dos Estados Unidos até descobrir que era esquizofrênico. O filme mostra como os delírios, as alucinações e a falta de inteligência emocional interferiram em seu trabalho matemático.

A teoria dos jogos ainda é muito utilizada hoje, principalmente em questões que envolvem estratégia — assim como a criptografia, utilizada em sistemas de informação.

5. A prova

Este filme tem um super elenco: Gwyneth Paltrow, Anthony Hopkins e Jake Gyllenhaal são as estrelas do drama que conta a história de uma mulher filha de um matemático brilhante, mas perturbado.

Catherine teme que possa ter herdado não somente a inteligência do pai, mas também a sua instabilidade emocional. Ao lado de um aluno entusiasta do trabalho do famoso matemático, ela tenta descobrir em suas anotações alguma questão inovadora.

6. Enigmas de um crime

A história se passa na faculdade de Oxford e reúne um estudante americano e um professor de lógica da universidade inglesa. Eles tentam solucionar uma série de crimes relacionados a símbolos matemáticos.

Para isso, utilizam técnicas de estratégia e raciocínio calcadas na matemática, como em uma solução de problemas. Além disso, empregam técnicas que o escritor Arthur Conan Doyle descreve em seus livros de Sherlock Holmes.

A utilização da matemática na formulação das estratégias envolve cálculos de probabilidade, por exemplo, o que fazemos diariamente.

7. Como eu odiava matemática

Este documentário investiga como a matemática se faz presente em nossas vidas e o motivo pela qual ela era tão odiada, apesar de sua importância para o mundo de hoje. O filme mostra como grandes empresas — como Apple, Google, bancos de investimentos e Facebook, entre outras — são todas baseadas em algoritmos e fórmulas matemáticas.

O diretor viaja pelo mundo para perguntar para as pessoas e entender o motivo do ódio à disciplina. Ao mesmo tempo, levanta problemas no ensino, como currículos defasados e distantes da realidade dos alunos.

Esclarece, ainda, como a matemática foi fundamental, por exemplo, para a quebra dos códigos da máquina Enigma, na Segunda Guerra Mundial, obtida por Alan Turing — considerado como o pai do computador.

8. Numbers

Fugindo um pouco ao título do post, sugerimos agora uma série em vez de filme. Inspirada na matemática, Numbers (o original se escreve assim: Numb3rs) é uma série policial que utiliza os cálculos para resolver mistérios.

Um agente do FBI recruta seu irmão mais novo, Charlie — que é um gênio da matemática e professor universitário —, para ajudar a solucionar os casos. Ele aplica teoria matemática para entender comportamentos e tomar decisões, como também para calcular probabilidades.

Os episódios mostram fórmulas e explicações bem didáticas, enquanto seu irmão busca capturar criminosos. Foram exibidos 118 capítulos divididos em seis temporadas — de 2005 a 2010.

9. O jogo da imitação

Adaptando a obra “Alan Turing: The Enigma”, de Andrew Hodges, este filme mostra como o matemático Alan Turing liderou uma equipe britânica na construção de uma máquina para quebrar o Enigma — um código usado pelos alemães para se comunicarem com os seus submarinos durante a Segunda Guerra Mundial.

Apesar de retratar um acontecimento histórico real, o filme não buscava ser um relato preciso dos acontecimentos que levaram à quebra do código. Ainda assim, é uma boa pedida para quem quer conhecer esse outro lado da matemática.

Dirigido por Morten Tyldum e lançado em 2014, a produção conta com Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode e Charles Dance no elenco. Apesar de receber 5 indicações ao Globo de Ouro e 8 indicações ao Oscar, o filme levou apenas a estatueta da Academia de Melhor Roteiro Adaptado.

10. Estrelas além do tempo

Com direção de Theodore Melfi, este filme de 2016 retrata como a sociedade americana da década de 1960 lidava com uma profunda cisão racial entre brancos e negros, ao mesmo tempo em que brigava contra a União Soviética pela corrida espacial.

Nesse cenário, a trama acompanha um grupo de matemáticas negras que precisam trabalhar a parte dos demais cientistas, lidando com preconceitos e tendo que provar as suas competências diariamente para conseguirem crescer em suas carreiras dentro da NASA.

Com nomes de peso, como Taraji P. Henson, Octavia Spencer, Janelle Monáe, Kevin Costner, Kirsten Dunst e Jim Parsons, o filme recebeu inúmeras indicações aos prêmios mais populares da indústria, levando, inclusive, o SAG Awards de Melhor Elenco em Cinema.

11. A teoria de tudo

Outro filme que adapta um livro para as telonas é “A teoria de tudo”, baseado na obra “Travelling to Infinity: My Life with Stephen”, em que Jane Hawking conta sobre a sua vida com seu marido, Stephen Hawking, o diagnóstico de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) e o sucesso dele nas áreas da física teórica.

Com Eddie Redmayne, Felicity Jones, Charlie Cox e Emily Watson no elenco, o filme foi indicado às principais premiações, levando o Oscar de Melhor Ator e 3 BAFTAs (Melhor Filme Britânico, Melhor Ator e Melhor Roteiro Adaptado), entre outros.

12. Gênio indomável

Dirigido por Gus Van Sant e com Robin Williams, Matt Damon e Ben Affleck no elenco, “Gênio indomável” mostra a história de um jovem que trabalha como faxineiro de uma universidade, mas chama a atenção de todos ao resolver um teorema proposto por um professor aos seus alunos.

Apesar de se mostrar um gênio da matemática, ele acaba sendo preso. Por determinação legal, ele passa a ter aulas de matemática, mas só começa a mudar de atitude após se identificar com um dos analistas da turma.

Lançado em 1998, o filme recebeu 9 indicações ao Oscar, vencendo nas categorias de Melhor Roteiro Original e Melhor Ator Coadjuvante.

Com essas dicas de filmes de matemática, fica mais fácil entender como a disciplina é importante e como ela se aplica no nosso dia a dia, não é mesmo? Então, aproveite as nossas recomendações e comece agora mesmo a conhecer mais sobre essa matéria tão importante para a nossa vida e carreira.

Se você gostou deste post, aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais. Dessa forma, você ajudará seus amigos a entenderem melhor a importância da matemática para as nossas rotinas.

Facebook Comments
Você também pode gostar

2 thoughts on “12 filmes que vão te ajudar a aprender sobre matemática

Deixe um comentário

Share This