Como entrar na faculdade sem ter que esperar o vestibular?

faculdade sem vestibular
9 minutos para ler

Qualquer pessoa que queira iniciar a sua vida universitária precisa descobrir como entrar na faculdade desejada. Na verdade, essa fase de preparação é extremamente importante para o aluno ter sucesso nos seus objetivos.

Portanto, buscar informações e alternativas para realizar o seu sonho é uma tarefa fundamental. E foi pensando nisso que conversamos com Andressa Pacheco, gerente de comunicação e marketing da UCEFF, com o intuito de apresentar o programa UCEFF Now para quem deseja uma vaga e não quer esperar pela próxima edição do processo seletivo — o famoso vestibular.

E você, quer saber mais? Neste texto, aproveite para descobrir todos os detalhes dessa oportunidade e conheça outros jeitos de entrar na faculdade sem vestibular. Continue a leitura e confira!

Como entrar em uma faculdade?

O vestibular é o meio de ingresso tradicional em um curso superior. Cada instituição de ensino prepara a sua prova para avaliar os candidatos, definindo, inclusive, uma nota de corte que varia de acordo com a demanda por curso e a quantidade de vagas disponíveis.

Aqui no Brasil, há algum tempo o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) passou a ser adotado como processo seletivo em determinadas faculdades. Na realidade, algumas delas substituíram as suas provas pelo exame nacional, enquanto outras usam a sua nota como parte da seleção.

De qualquer forma, uma situação comum a milhares de pessoas é ter que aguardar um ano inteiro por uma nova tentativa, caso o último resultado não tenha sido suficiente para conquistar a vaga no curso de interesse.

Consequentemente, é fácil encontrar vários desses candidatos desanimados com tamanha espera, sem contar que a construção da carreira de cada um também fica paralisada por um tempo.

Quais são as etapas para ingressar em uma faculdade?

Essa é uma resposta que depende muito da instituição de ensino escolhida, já que cada uma pode apresentar procedimentos distintos para selecionar os seus candidatos.

Normalmente, a primeira etapa com a qual o futuro aluno do Ensino Superior precisa se preocupar é a realização da prova, seja ela qual for. Nessa fase, as tarefas envolvidas são fazer a inscrição para o teste e estudar bastante até o dia do exame, que pode ser uma avaliação própria ou o Enem, que garante ainda outras possibilidades.

Como há várias alternativas para conseguir a tão sonhada vaga no Ensino Superior, a seguir, vamos explicar melhor quais são as principais maneiras de ingresso além do vestibular tradicional. Acompanhe!

Ingresso com a nota do Enem

Fazer a prova do Enem é o primeiro passo para o estudante que busca uma vaga em uma faculdade sem vestibular. Afinal, o exame nacional é utilizado tanto como modo de ingresso no Ensino Superior em algumas instituições, como também para participar de ações governamentais — por exemplo, o Fies e o ProUni.

Ingresso pelo Fies

Quem precisa de um financiamento para arcar com as despesas de uma faculdade particular deve fazer o Enem para entrar no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Esse é um programa do governo federal que oferece juros baixos ao participante, mas que exige, como um de seus critérios, ter realizado o exame.

Ingresso pelo ProUni

Outra opção é tentar uma bolsa de estudos pelo ProUni (Programa Universidade para Todos), que também exige o Enem como pré-requisito. Se o resultado for positivo, o próximo passo é procurar a secretaria acadêmica da faculdade escolhida com a documentação necessária e realizar a matrícula. É claro que podem existir outros fatores e etapas envolvidas, porém, esse pode ser considerado um caminho básico.

Ingresso pelo Sisu

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) emprega a nota do Enem para classificar e distribuir os candidatos pelas vagas oferecidas em faculdades públicas, sendo que algumas dessas instituições usam essa como a única forma de ingresso.

Utilizar o Sisu pode ser uma ótima opção para aqueles estudantes que querem cursar o Ensino Superior, mas não têm condições de arcar com as mensalidades de uma faculdade particular.

Ingresso por programas seriados

Na avaliação seriada, o estudante realizará uma prova ao fim de cada ano do Ensino Médio. Após a realização dos 3 exames, calcula-se a média dos resultados obtidos para chegar até a nota final, que poderá ser utilizada no lugar do vestibular em algumas faculdades.

Essa é uma ótima alternativa para aqueles alunos que ainda estão no primeiro ano do Ensino Médio, pois é um método para avaliar o conhecimento do candidato ano a ano, tornando o processo bem mais tranquilo.

Ingresso por meio de prova agendada

A prova agendada não deixa de ser um vestibular, na verdade. Porém, a diferença está no fato de o candidato poder escolher o dia e horário de realização, dentro do período disponibilizado pela instituição.

Tal meio de ingresso é uma boa opção para o candidato que tende a ficar nervoso com o vestibular convencional, uma vez que, desse modo, ele não precisará realizar o exame em uma data prevista pela instituição ou em salas cheias de outras pessoas.

Ingresso utilizando o histórico escolar

Algumas faculdades permitem que o candidato utilize o histórico escolar para começar o Ensino Superior. Essa é uma ótima maneira de reconhecer aquele estudante que teve um bom rendimento durante toda a vida escolar, principalmente no Ensino Médio, oferecendo a possibilidade de que ele possa continuar os estudos sem precisar investir em um cursinho pré-vestibular, por exemplo.

Ingresso por meio de redação

Por fim, também é possível ingressar na faculdade por meio de uma redação. Apesar de essa produção textual ser solicitada em grande parte dos vestibulares e, até mesmo, no Enem, ela também pode substituir esses processos seletivos.

Nesse caso, bastará ao candidato escrever sobre o tema proposto, seguindo as orientações prévias e respeitando o formato de texto exigido pela organização.

O que é o UCEFF NOW?

De acordo com Andressa, uma das ideias principais do programa é proporcionar uma “entrada diferenciada, que não exige uma data específica, local ou horário para que o estudante ingresse na faculdade”. Ou seja, o propósito é facilitar o acesso das pessoas ao Ensino Superior, em especial aos cursos oferecidos pela UCEFF.

A palavra Now (do inglês “agora”) traduz exatamente o conceito de começar a fazer o seu curso o quanto antes, pois não é preciso ficar tanto tempo esperando pela chance de tentar uma vaga.

A instituição decidiu adotar a estratégia de diversificar as chamadas por alunos em quatro janelas durante o ano. Andressa destaca que “foram dois anos de capacitação com os professores para chegar a esse nível de oferta”.

Embora a intenção do imediatismo fosse ainda mais atrativa, seria inviável deixar a entrada aberta o ano inteiro por conta do calendário acadêmico que precisa ser cumprido. Afinal, a grade curricular segue uma programação para que todos os estudantes completem os cursos.

Como funciona o UCEFF NOW?

O que viabilizou o UCEFF Now foi a adoção da flexibilidade curricular. Claro que, para isso, a instituição se preparou e capacitou os seus professores para lidar com essa nova realidade.

Para que o programa funcionasse, a lógica escolhida foi ofertar matérias de 40 horas em todos os cursos, que permitem qualquer estudante conseguir se ajustar na estrutura curricular programada. Segundo Andressa, tal aluno “ganha um certificado e, quando resolver ingressar no Ensino Superior de fato, poderá validar essa disciplina”.

Basicamente, existem quatro períodos por ano para atrair novos alunos, e a entrevistada reforça que “todas as janelas são de quinze dias”. Durante o tempo em que as inscrições estão abertas, a pessoa interessada deve procurar a UCEFF e pedir para realizar a avaliação. A prova pode ser feita online ou no campus da faculdade.

O resultado é garantido em 24 horas, reforçando o caráter acelerado do programa. O participante também pode optar pela entrada com a sua nota do Enem, contudo, é válido lembrar que ele tem a chance de entrar mesmo sem realizar o exame nacional.

Quais são as vantagens envolvidas?

Os benefícios contemplam tanto os estudantes quanto a própria instituição. Por um lado, a faculdade consegue melhorar o ritmo de captação de alunos, conquistando um posicionamento diferenciado no mercado — até mesmo por seguir uma tendência no mundo da educação, que é a flexibilização do currículo escolar.

Enquanto isso, para os alunos, é um grande privilégio ter a oportunidade de começar a sua graduação sem ter de aguardar tanto tempo. É como reduzir todo o desgaste de esperar cerca de um ano para ter uma nova chance.

Vale lembrar, ainda, que muitos jovens demoram um pouco mais para escolher uma profissão. Portanto, contar com essa facilidade simplifica as coisas. Além disso, a pressão de ter de resolver o seu futuro nas vésperas da matrícula é amenizada pela possibilidade de iniciar o curso em outro momento próximo.

Sem falar que essa introdução na vida universitária faz com que o aluno seja estimulado a continuar os seus estudos até que fique regular no curso. O contato com o ambiente e com as pessoas funciona como uma motivação para que ele não desista de adquirir uma capacitação de qualidade, chegando ao mercado de trabalho mais preparado.

Isto é, não deixa de ser um jeito de incentivar as pessoas em suas trajetórias, tentando evitar a evasão escolar e outros tantos problemas. Enfim, o foco é realmente facilitar a vida do estudante e aumentar as suas chances de sucesso no mundo profissional.

Como vimos, há uma série de possibilidades de entrar na faculdade sem vestibular. Por isso, não perca mais tempo e analise cada uma delas com atenção. Assim, você poderá se preparar melhor e com mais tranquilidade para conseguir a tão sonhada vaga no Ensino Superior!

E aí, o que você achou de saber mais sobre como ingressar na faculdade de uma forma mais rápida? Gostou da ideia do UCEFF Now? Não deixe de entrar em contato conosco para conhecer melhor essa oportunidade que pode mudar a sua vida!

Facebook Comments
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This