É inegável: com a adoção do isolamento social na maioria das cidades brasileiras, muita gente viu a própria rotina sair dos eixos e teve que lidar com diversas mudanças que iam além dos cuidados com a saúde. Foi preciso adaptar a forma de trabalhar, pausar a formação presencial, deixar de lado muitos hobbies e atividades de lazer que tinha etc.

Não à toa, diante desse cenário, as pessoas se questionam como ser produtivo na quarentena e aproveitar esse período para refletir sobre os projetos que elas têm. Afinal, talvez essa seja a oportunidade para repensar aqueles que estão parados e que mexem diretamente com os objetivos e metas de vida. Por essa razão, preparamos um post para ajudá-lo nessa jornada de autoavaliação e (re)descobrimento. Confira!

Lembre-se dos seus propósitos

Para começar, lembre-se quais são os seus propósitos de vida e analise se eles seguem firmes como antes ou se mudaram (influenciados) diante da situação em que estamos. Por exemplo, você sempre cultivou um desejo de ter um negócio próprio mas nunca levou isso a sério e o deixava como segunda opção se nada mais desse certo na sua carreira.

No entanto, diante do momento atual, você identificou a possibilidade de realizar esse objetivo e até encontrou as condições favoráveis para iniciar um e-commerce. Se algo assim acontece com você, não tenha medo ou se sinta culpado de mudar, adaptar ou até mesmo recomeçar os seus planos. Isso faz parte do seu amadurecimento e da sua evolução pessoal.

Elimine hábitos negativos

Elimine os hábitos negativos — sejam eles comportamentais, sejam eles mentais — que só o colocam para baixo, estimulam uma ideia equivocada de incapacidade e o fazem achar que nada vai dar certo. Para tanto, comece parando de se cobrar em excesso e de buscar por resultados grandiosos quando você ainda está apenas no começo de uma nova etapa da sua vida. Evite também fazer comparações excessivas com os demais.

Você não precisar ser igual a ninguém, nem repetir a trajetória e os feitos dos outros. A sua história é única e maravilhosa justamente por isso. Também é importante deixar de lado os costumes de procrastinar obrigações, de trocar o dia pela noite sem necessidade e de esperar que os outros tomem decisões importantes no seu lugar.

Repasse os cenários para a sua área de formação

Como a pandemia impactou não só o comércio e o varejo, mas vários setores do mercado, é interessante avaliar como está a sua área de formação, repassar quais são os cenários para quem quer trabalhar nela nos próximos meses e traçar novas rotas profissionais para aqueles projetos que não serão levados adiante.

Isso vai lhe ajudar a identificar segmentos que podem estar em altar e ter grande demanda, campos de atuação que estão mudando e se adaptando à nova realidade e oportunidades para você investir em sua carreira e ser um grande pioneiro.

Por exemplo, o ramo da Psicologia Clínica, no qual os psicólogos realizam terapias com os pacientes em consultórios, precisou rever a forma que os profissionais da área realizam o trabalho. Com isso, muitos passaram a atender as pessoas de forma online, inclusive, por meio de plataformas que permitem o contato com pacientes de diversas regiões do país e até do exterior.

Aproveite para estudar

Se você tem projetos suspensos, parados ou deixados de escanteio por falta de investimento nos estudos, não se desespere. O isolamento social pode ser a chance que você precisava para retomá-los. Isso porque muitas pessoas estão de férias antecipadas, com as atividades suspensas por tempo indeterminado, trabalhando no formato home office ou realizando apenas meio período na empresa.

Logo, há um ganho de horas livres no dia a dia que, quando há uma boa gestão de tempo, podem ser utilizadas para fazer lhe proporcionar conhecimento e desenvolvimento profissional. Como? Simples: por meio de cursos de extensão online — que ampliam suas possibilidades de atuação — ou mesmo uma graduação a distância.

Busque inspirações

Fora o que já foi mencionado, que tal buscar inspirações? Mas aqui não se trata de pessoas que fizeram grandes feitos, descobertas ou mudanças radicais. Nada disso! Trata-se de procurar e encontrar gente que, assim como você está fazendo agora, viu uma oportunidade diante desse momento em que vivemos, repensou a própria trajetória até o início da pandemia e decidiu se reinventar. Afinal, nunca é tarde para isso!

Por exemplo, alguém que trocou de profissão e agora segue a carreira dos sonhos, alguém que finalmente deu o primeiro passo para voltar a estudar e retomar a graduação que havia trancado, alguém que começou a faculdade que queria, alguém que montou um negócio próprio e se tornou um empreendedor e por aí vai.

Não se esqueça de descansar

Por fim, não tenha medo de dedicar um tempo para si mesmo. Utilize o isolamento social para descansar e reconectar-se com o seu eu interior. Tenha em mente que isso já é muito importante na correria do dia a dia, quando muitas pessoas se sufocam de trabalho, afazeres e compromissos.

Porém, em um momento de pandemia, em que aumentam as preocupações e incertezas com saúde, família, carreira, formação, se torna ainda mais crucial valorizar e cuidar do seu bem-estar. Isso porque com a mente em paz é muito mais fácil retomar a construção da sua vida pessoal e profissional após a quarentena.

Como mostrado, o isolamento social pode ser aproveitado como um momento para colocar o pé no freio naquela correria típica da rotina e descansar, priorizando a sua saúde mental. Em paralelo a isso, dá aproveitar esse período para refletir sobre os seus planos de vida e colocar a cabeça no lugar para avaliar o que você espera do seu futuro e da sua carreira. Afinal, momentos assim costumam ser grandes divisores de água não só na história da sociedade, mas também da jornada de cada indivíduo.

Gostou do post? Pois já que estamos falando sobre distanciamento social e os impactos dele, aproveite para conferir dicas de como se reinventar ao fim da quarentena!

Facebook Comments