Trabalho remoto, aulas online ou suspensas, distanciamento social e inúmeras restrições ao circular pelas ruas. Essas foram algumas das mudanças que atingiram a rotina de milhões de brasileiros com a pandemia de Covid-19 e a obrigatoriedade da quarentena que foi — e ainda é — realizada em muitas cidades. Em meio a essa situação, muitas pessoas têm aproveitado para rever as prioridades, repensar o estilo de vida que têm levado e o principal: pensar no que fazer para se reinventar após a quarentena.

Afinal, o término dela e o controle do coronavírus, sem dúvidas, vão representar a chance de encarar a realidade com uma nova perspectiva, seguir rumos diferentes e correr atrás daquilo que, de fato, importa e faz a gente feliz.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas que podem ajudar nesse momento e contribuir para você redescobrir o prazer das pequenas coisas. Confira!

1. Passeie e descubra novos lugares na sua cidade

Para começar, passeie pela sua cidade e conheça novos locais. A razão disso é simples: por morar em determinado lugar, é comum que você tenha a sensação de que conhece a região como a palma da sua mão e que, por isso, nunca há novidades, independentemente da época do ano. Porém, essa percepção está para lá de equivocada!

Mesmo que você tivesse percorrido diariamente os bairros do município, ainda não teria encontrado tudo o que ele tem a oferecer. Imagine, então, depois de longos meses em quarentena dentro de casa, não é mesmo?

Você tem a chance de redescobrir a sua cidade e encontrar cantos ao ar livre e estabelecimentos que podem se tornar sua fonte de lazer e diversão. Portanto, nada melhor do que aproveitar o tempo e investir nesse desafio.

2. Descubra novos hobbies

Além de procurar por coisas diferentes para fazer na sua cidade, se empenhe em descobrir novos hobbies. Podem ser coisas simples que você faz em casa ou atividades mais complexas que precisam de um espaço e/ou equipamento específico, não importa!

O que vale é que eles lhe distraiam, ajudem a desenvolver novas qualidades, lhe permitam aliviar o estresse e a ansiedade, contribuam para tirar você do sedentarismo — já que na quarentena muitas academias e centros esportivos estão fechados — e até, quem sabe, sejam fonte de renda extra.

Alguns bons exemplos são participar de maratonas literárias, fazer fotos ou desenhos ao ar livre, correr ou andar de bike meia hora por dia, reformar objetos decorativos e móveis etc.

3. Desfrute do fim do distanciamento social

Se durante a quarentena o distanciamento social é lei, após o fim dela é o momento de fazer o oposto: aproveitar para estar do lado de quem você gosta. Afinal, somos seres sociais e a interação com os outros é essencial não só para trazer aquele alento ao coração, mas também para fortalecer nosso bem-estar e a nossa saúde mental.

Por isso, passe mais tempo (e tempo de qualidade, por favor!) com seus amigos e familiares. Promova aquele churrasco no fim de semana com a sua turma, um café da manhã com toda a família reunida, uma noite de jogos para botar o papo em dia com quem você não via há um bom tempo — exceto por videochamada —, uma tarde de cinema com a pessoa que você gosta e muito mais.

4. Reavalie suas metas de vida

A quarta dica é reavaliar as suas metas de vida que estavam delimitadas antes do início da pandemia. Ou seja, utilizar esse período de transição entre quarentena e encerramento do isolamento social para refletir sobre as coisas que você tem feito, aquilo que tem conquistado e principalmente o que são os seus objetivos futuros no âmbito pessoal, profissional e acadêmico.

Vale a pena se autoquestionar se você vai seguir com eles, se não é interessante adaptá-los ou mesmo, quem sabe, mudá-los. Isso é fundamental não só para conseguir concretizar tudo aquilo que você deseja, mas para ser possível traçar um plano de ação.

5. Aproveite para viajar mais

Além do que já foi dito sobre se reinventar após a quarentena, aproveite o fim dela para viajar mais. Isso porque nada melhor para recomeçar do que se aventurar pelo mundo, conhecer novas pessoas, ter contato com outras culturas e formas de sociedade, aprender outras línguas, experimentar iguarias e pratos culinários de diferentes regiões e por aí vai.

Tenha em mente que muitas companhias aéreas e de transporte rodoviário estarão com promoções e ofertas acima do normal. Logo, dá para explorar esses preços mais vantajosos ao seu favor. E outra: não vale apenas se for viagem internacional, viu? Ao contrário, o Brasil mesmo é uma terra vasta em dimensões e rica em contrastes. Portanto, descubra-o!

6. Comece uma nova jornada de conhecimento

Por fim, mas não menos importante, comece uma nova jornada de conhecimento. Isso porque sempre é tempo de mudar se você se sente estagnado na carreira, com poucas oportunidades no mercado, insatisfeito com os rumos da sua profissão ou com aquela vontade reprimida de apostar em um ramo diferente do atual.

Para isso, o melhor caminho é por meio dos estudos. O legal é que não há só uma alternativa. Você pode começar uma graduação (ou mesmo uma segunda graduação) — inclusive, optando pelo formato tecnólogo, que tem duração reduzida —, realizar uma pós-graduação e investir em cursos de atualização.

Ah, e ainda há possibilidade de você estudar presencialmente, a distância ou na modalidade ensino semipresencial híbrido. Que tal?

Como você leu, o isolamento social trouxe muitos desafios e mudanças de rotina que impactaram a vida das pessoas. Porém, ao mesmo tempo, ele trouxe a oportunidade de você se permitir parar e avaliar a sua trajetória pessoal e profissional, fechar ciclos antigos e começar novos e a chance de se reinventar após a quarentena com atividades, estudos e trabalhos que realmente lhe satisfaçam e lhe proporcionem um futuro de conquistas. Por isso, aproveite e faça valer esse recomeço!

Gostou do post? Então espalhe essa iniciativa entre os seus amigos nas redes sociais. Afinal, nada melhor do que uma inspiração para ter motivação para mudar!

Facebook Comments