Diante do cenário em que estamos vivendo, muitas pessoas perceberam uma queda significativa na produtividade na quarentena. Mesmo assim, existem maneiras simples de contornar a situação e combater a procrastinação.

O momento pede bastante calma e tranquilidade, e é preciso entender que as coisas são passageiras e logo se tornarão melhores. Por isso, é essencial que você mantenha a sua mente focada no presente e não se cobre excessivamente, de preferência priorizando atividades que façam bem para você e seu cotidiano.

Preparamos este artigo para que você saiba como se adaptar da melhor forma com a queda de produtividade na quarentena. Confira a seguir!

Quarentena: uma chance de ser extremamente produtivo

Em um primeiro momento, a quarentena, implementada por conta da disseminação do novo coronavírus, foi vista como uma oportunidade de a população ter mais tempo livre, principalmente para elevar o nível de produção e execução de tarefas. No entanto, não foi bem assim que as coisas aconteceram. Isso porque diversos efeitos e impactos negativos surgiram em relação à saúde mental e emocional.

Tais aspectos acabam por deixar muitos indivíduos desanimados e, até mesmo, preocupados com a continuidade de suas atividades. Por exemplo, muitos profissionais foram impedidos de trabalhar e perderam seus empregos, o que gerou a consequente diminuição da renda mensal.

Mesmo diante de tantas notícias ruins, é fundamental ter em mente que você não é obrigado a ser produtivo o tempo todo. Portanto, é importante que você reserve momentos para se distrair, ter lazer e conhecer os hábitos de pessoas bem-sucedidas, independentemente da gravidade da situação.

Inclusive, este é um fator que favorece o aumento da imunidade, uma tomada de ação mais do que recomendada pelos órgãos de saúde oficiais.

O efeito contrário: por que vimos nossa produtividade cair?

Diante de um cenário até então inédito para a maioria dos jovens, é comum que a preocupação, a ansiedade e a melancolia tomem conta dos ânimos e impactem diretamente a produtividade na quarentena. No entanto, o tempo livre é uma excelente oportunidade para se atualizar, aprendendo coisas novas, inclusive as que você não dava muita atenção antes da pandemia.

Para contornar a situação e melhorar o seu equilíbrio emocional, o mais indicado é estabelecer objetivos profissionais claros e bem definidos. Até porque, assim que as coisas se normalizarem, você terá grandes diferenciais para oferecer aos recrutadores e ao mercado de trabalho como um todo.

Assim, lembre-se de que o momento é passageiro e que ele pode, sim, representar uma boa chance para você alcançar oportunidades que antes não eram sequer consideradas. Ninguém é obrigado a ser produtivo o tempo todo, não é mesmo? E isso pode ser ainda mais desafiador sem sabermos, exatamente, quando a quarentena terá um fim.

Queda da produtividade na quarentena: como contorná-la?

Existem maneiras simples de evitar a procrastinação e conseguir produzir mais no período em que você está em casa. É fundamental entender que o que mais importa, de fato, é manter a sua saúde de forma integral, ou seja, tanto física quanto mental.

Pensando nisso, listamos a seguir algumas dicas valiosas para que você consiga contornar a queda de produtividade na quarentena.

Respeite os seus limites

É essencial respeitar os seus limites e não se obrigar a produzir quando não estiver se sentindo tão bem assim. Procure fazer atividades agradáveis e que elevem o seu humor, e não se esqueça de descansar, caso sinta necessidade. Inclusive, caso você esteja trabalhando remotamente, faça pequenos intervalos no fluxo de tarefas e dê atenção ao seu corpo, tendo uma boa alimentação e se exercitando diariamente.

Não se cobre excessivamente

Estamos todos no mesmo barco, não é mesmo? Por isso, evite se cobrar de forma excessiva e lembre-se que praticamente todo o mundo está passando pela mesma situação de inconstância e instabilidade.

É claro que é importante ter metas e objetivos, sabendo onde você deseja chegar, mas isso nunca deve representar um fardo para você. Apesar de ser necessário se manter ativo e adquirir novos conhecimentos e habilidades, o momento pede, antes de tudo, mais calma e tranquilidade.

Separe momentos de descanso

Priorizar as pausas para o descanso também é uma forma de se manter mais equilibrado e estável emocionalmente. O momento é fundamental, por exemplo, para manter a saúde mental e física, evitando a sobrecarga e os impactos que o cenário de pandemia acaba gerando no cotidiano das pessoas.

Faça atividades prazerosas

Fazer atividades prazerosas e que contribuem para a sanidade é outra maneira de se manter produtivo por mais tempo. Portanto, reserve momentos para ver um bom filme, ouvir uma música, meditar, conversar com os entes queridos e amigos. Aproveite também para buscar por um novo hobby, como aprender um idioma, fazer um curso de um tema do seu interesse ou, ainda, inventar uma receita.

Cultive pensamentos positivos

Mesmo que pareça difícil, é fundamental cultivar pensamentos positivos, sobretudo em momentos de crise. Tente treinar os seus pensamentos para que estejam focados no lado bom das situações. Até porque você já está se esforçando para passar por esta pandemia tranquilamente. Em pouco tempo, a sua rotina voltará a ser da mesma forma, então mantenha a atenção nas boas expectativas.

Foque o momento presente

Por fim, tente se manter no momento presente. Escreva para amigos, familiares e pessoas queridas e próximas de você. Uma boa dica é buscar pelo autoconhecimento, realizando meditações diárias que favoreçam o seu equilíbrio. Com isso, certamente o seu dia a dia será mais leve e você terá mais chances de dar o melhor de si.

Outro sentimento bastante comum que ocorre nesse momento de pandemia é a instabilidade emocional. Ela acaba impactando a produtividade na quarentena em alguns dias, de acordo com o que estamos sentindo. Por isso é tão importante perceber quando você está bem ou não, deixando para depois determinadas tarefas e obrigações. O que importa, de fato, é que você esteja bem e entenda que esta é uma situação global.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe o artigo nas redes sociais para que as nossas dicas possam ajudar cada vez mais pessoas a se manterem tranquilas neste período tão delicado que é a pandemia!

Facebook Comments