Você está quase se formando no ensino médio e ainda não sabe se vai ingressar em uma faculdade pública ou particular? Fique tranquilo! Essa é uma dúvida que muitos jovens têm durante esse processo de mudança da escola para o ensino superior. É muito normal não ter certeza do curso ou da instituição em que deseja estudar, mas nós vamos te ajudar nessa escolha.

As faculdades particulares e públicas têm diversos pontos contra e a favor. Antes de definir por uma ou outra, é fundamental avaliar todos os detalhes das instituições, como a infraestrutura, a qualidade do corpo docente e dos equipamentos, entre outras.

Mas não se preocupe, neste post vamos mostrar quais as diferenças entre as faculdades particulares e públicas. Confira!

Vestibular

Os vestibulares para ingressar em uma faculdade dependem muito das instituições. Grande parte das públicas realiza as provas em duas fases, sendo a primeira com questões sobre todas as matérias e a segunda com disciplinas mais específicas sobre o curso. Há ainda as que utilizam as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), mas com pesos diferentes.

As faculdades particulares também oferecem diferentes maneiras de o candidato ingressar na instituição. Algumas apresentam métodos mais personalizados, como cartas de inscrição, entrevistas e até dinâmicas de grupo. Porém, a maioria realiza provas de vestibular próprias ou destina uma porcentagem das vagas para candidatos que fizeram o Enem.

Infraestrutura

A infraestrutura das faculdades públicas depende muito dos investimentos do governo. Enquanto algumas instituições apresentam uma ótima estrutura para os alunos estudarem, há outras que sofrem com a falta de reformas devido a investimentos financeiros insuficientes das entidades governamentais.

Já a infraestrutura de grande parte das faculdades particulares é muito boa. O investimento vem da iniciativa privada, oferecendo mais condições para reformas nas salas de aula, nos prédios, no campus e em outras estruturas no local. Isso é fundamental para que o estudante possa estudar com mais tranquilidade e conforto.

Investimento

As faculdades públicas recebem grande parte de seus investimentos dos governos federal e estadual. Porém, nos últimos anos, esses recursos estão cada vez menores, gerando dificuldades para essas instituições investirem em reformas, por exemplo.

As faculdades particulares recebem investimentos da iniciativa privada, como de empresas que querem se associar a essas instituições. Além disso, ainda há um investimento que é originado das mensalidades dos estudantes. Esses recursos são muito importantes para que se invista em infraestrutura, pesquisa, reformas, gestão e também no bem-estar dos alunos e colaboradores.

Equipamentos

Os equipamentos são fundamentais para que os estudantes possam adquirir mais conhecimento dentro do curso, já que conseguem proporcionar experiências práticas e teóricas. Muitas faculdades públicas têm equipamentos modernos em laboratórios de informática, de ciências e até hospitais universitários, mas que podem ficar defasados devido a um menor investimento do poder público, por exemplo. 

Na maioria das faculdades particulares os equipamentos são de ótima qualidade devido aos altos investimentos das iniciativas privadas e até patrocinadores. Uma instituição que consegue proporcionar estúdios de última geração, laboratórios com equipamentos modernos e aparelhos recentes é capaz de ajudar os estudantes a evoluir academicamente.

Pesquisas

Tanto as faculdades públicas quanto as particulares proporcionam diversas oportunidades para os alunos participarem de pesquisas e projetos acadêmicos. Essa área do ensino superior é fundamental para o desenvolvimento do país, das instituições, dos estudantes e dos diversos trabalhos acadêmicos que serão organizados.

As principais instituições públicas são grandes destaques quando o assunto é pesquisa. Isso porque há um grande investimento do governo, que injeta recursos exclusivamente para esse setor. Já as particulares também conseguem se destacar nessa área de pesquisas e ainda podem ganhar uma certa vantagem porque não precisam depender de possíveis investimentos do governo.

Mensalidades

Ingressar nas faculdades públicas geralmente é uma tarefa um pouco mais difícil por causa da grande concorrência com os outros candidatos. Elas são concorridas principalmente por conseguirem aliar uma boa qualidade no ensino com o fato de não terem mensalidades. Uma das grandes vantagens das públicas é não haver essa cobrança, o que ajuda o estudante se organizar financeiramente.

Já as instituições privadas têm uma certa desvantagem em relação a esse assunto porque cobram uma mensalidade dos estudantes. Os valores dependem muito da avaliação das faculdades, da qualidade do ensino e das estruturas que elas oferecem. Porém, os alunos também têm a opção de solicitar bolsas acadêmicas, além da possibilidade de financiamento próprio.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho está precisando cada vez mais de profissionais capacitados e especializados. Grande parte das faculdades e cursos de especialização consegue entregar o que as empresas estão precisando. As faculdades públicas têm o histórico de serem muito conceituadas em todo o país. Pelo fato de serem muito concorridas, os candidatos que conseguem ingressar nelas costumam ser muito bem-vistos.

Com as faculdades particulares isso não é diferente. No momento atual em que vivemos no Brasil, ingressar em uma instituição de ensino superior é um grande desafio, seja pela falta de recursos, seja pela falta de condições. Por isso, os estudantes das privadas também são muito conceituados no mercado de trabalho por causa da qualidade do ensino.

Corpo docente

Investir em uma instituição de ensino superior é muito importante, mas injetar recursos para ter os melhores professores é ainda mais. Nas públicas, o corpo docente é composto por profissionais muito capacitados para compartilhar ensinamentos. Grande parte é formada por mestres, doutores e pesquisadores experientes e com grande vivência no mercado de trabalho.

Nas faculdades particulares, o corpo docente também é composto por profissionais especialistas e muito capacitados. Na maioria dessas instituições, os professores conseguem mesclar suas vidas acadêmicas com outros trabalhos nas instituições públicas. Além disso, nas particulares, grande parte dos profissionais está inserida no mercado de trabalho e pode ajudar o aluno a conseguir um estágio ou até um emprego.

Escolher entre uma faculdade pública ou particular não é uma tarefa fácil. Dúvidas e indecisões vão surgir, e é fundamental que você tire a pressão e a ansiedade da sua cabeça. Lembre-se de que milhares de jovens e até seus amigos também estão indecisos. O primeiro passo é definir com qual curso você mais se identifica, procurar quais são as faculdades mais bem avaliadas nessa área que escolheu e fazer uma pesquisa sobre o corpo docente, os investimentos, as mensalidades, entre outras.

E então, está mais certo sobre a escolha entre faculdade pública ou particular? Então entre em contato conosco para tirar todas as suas dúvidas e conhecer os nossos cursos.

Facebook Comments