Embora pareça simples e, praticamente, automático para muitos, estudar em casa ainda é complicado para uma parcela grande dos estudantes. Isso porque há aqueles que têm que lidar com várias distrações dentro do lar, os que não conseguem aproveitar o tempo adequadamente, os que sentem que não aprendem como gostariam fora da sala de aula, os que não sabem organizar o que ler e como treinar as matérias e por aí vai.

Porém, com a ajuda de algumas dicas, é possível superar essas dificuldades e, também, desfrutar dos benefícios de investir nesse hábito. Ou seja, revisar e se aprofundar nos conteúdos vistos nas aulas, se preparar melhor para as avaliações, melhorar o ritmo de leitura e pesquisar conteúdos que enriquecem o seu aprendizado.

Ficou curioso para saber quais são essas dicas? Então, continue a leitura do post!

1. Tenha horários fixos

Comece com um passo simples: monte um esquema de horários para estudar em casa — cronograma esse que você vai se comprometer a seguir à risca, certo? Abaixo, seguem alguns exemplos para inspirá-lo nessa decisão:

  • uma hora de estudo todos os dias da semana;
  • duas horas de estudo para cada dia útil da semana;
  • três horas de estudo a cada dois dias da semana.

Essa é a melhor forma de garantir que você não vai procrastinar esse encontro com os livros, nem arranjar desculpas de tarefas e atividades aleatórias que merecem sua atenção e, assim, adiá-lo até não poder mais. Afinal, algo só pode se tornar um hábito quando ele é praticado com frequência e passa a compor a sua rotina.

2. Organize-se com metas diárias

Fora os horários fixos para estudar em casa, é interessante que você estabeleça metas diárias para guiar o seu avanço e o principal: constatar que o seu aprendizado está, sim, rendendo e sendo proveitoso. Por exemplo, se você precisa ler dez capítulos de um livro específico de uma matéria, coloque como meta dois desses capítulos por dia.

Dessa forma, você não só realiza a sua leitura com calma, como também tem tempo disponível para fazer exercícios, escrever anotações, revisar os assuntos que geraram dúvidas, listar tópicos para debater com os colegas, pesquisar material complementar em sites para estudar e muito mais.

Essa organização se torna ainda mais útil quando você precisa se planejar para acompanhar as aulas e para ter um bom resultado nas provas.

3. Produza resumos dos conteúdos

Uma terceira dica para fazer o seu aprendizado render mais é produzir resumos dos conteúdos que você organiza para estudar em casa. Afinal, eles permitem que você identifique e separe trechos que são relevantes para o seu aprofundamento na matéria.

Por exemplo, por conta das menções históricas, pelo fato de trazerem definições e explicações de conceitos e teorias ou porque destacam fórmulas matemáticas etc.

O mais legal é que um resumo pode ser feito de inúmeras formas. Tanto é que muita gente investe em tópicos, tabelas de dados, fichas e palavras-chaves na criação deles. Já outras pessoas, por sua vez, preferem:

  • adotar um jogo de perguntas e respostas — que simulam questões de provas e as soluções certas para elas;
  • apostar em mapas mentais — quando um conteúdo central em uma folha em branco é detalhado com várias anotações ao redor dele.

4. Mantenha a concentração

Manter a concentração também é muito importante ao estudar em casa. Por isso, durante esse momento, é necessário evitar comer enquanto faz os exercícios, atender ao telefone, ler em áreas expostas ao sol e/ou com piscina, ter o animal de estimação por perto ou mesmo acessar a internet para ver coisas que não estão relacionadas à matéria na qual você quer se aprofundar.

No entanto, a arte de manter a atenção nos livros não depende exclusivamente de você. Afinal, se alguém no seu lar fizer um ruído ao faxinar, falar alto ou assistir a algo no computador enquanto cozinha, por exemplo, isso pode ser o suficiente para tirar o seu foco.

Portanto, antes de iniciar os seus estudos, converse com quem está na residência e peça para que eles maneirem no barulho ao circular pelos cômodos — especialmente aqueles próximos ao ambiente onde você está.

5. Desconecte-se dos eletrônicos

Antes de sentar diante da sua escrivaninha e começar a estudar, certifique-se de que você desligou (ou, pelo menos, desconectou da internet) os eletrônicos no ambiente, como os dispositivos com assistente pessoal, tablets, leitores digitais, smart tvs, videogames etc. Aliás, o mesmo vale para o seu celular, ok?

O motivo disso é simples: uma vez funcionando, eles podem emitir diversos sons, alarmes, notificações, notícias, músicas e conteúdos da internet — em alguns casos, até várias vezes em um curto espaço de tempo. Com isso, é fácil perder o foco, ficar irritado e, inclusive, deixar de lado o material de estudo para conferir quais são as novidades.

6. Faça pausas

Por fim, não deixe de fazer pausas durante o seu estudo. Isso porque ficar muitas horas lendo livros, fazendo resumos, respondendo exercícios e conferindo materiais de pesquisa online não é a melhor solução para tornar o seu aprendizado mais eficiente.

Na verdade, o efeito obtido durante essa tentativa é justamente o oposto: você sobrecarrega sua mente de informações, não consegue memorizar todas elas e acaba passando por um desgaste psicológico e emocional muito grande — o que, muitas vezes, afeta o seu humor e, também, a sua autoestima e a confiança no seu próprio potencial.

Por isso, o ideal é respeitar o cronograma de estudo que foi criado e, a cada hora completada, realizar uma pausa de 20 minutos. Assim, você tem a possibilidade de espairecer, se alongar, fazer um lanche rápido etc.

Viu só como dá para estudar em casa de forma produtiva com apenas algumas mudanças de hábito, gestão de tempo e adaptações no seu lar? Por isso, comece a seguir as nossas dicas para que elas façam parte da sua rotina. Dessa forma, a evolução do seu aprendizado será muito maior e você se tornará um estudante mais capacitado para se sair bem durante toda a faculdade.

E já que falamos sobre estudar em casa, aproveite para conferir algumas dicas para aumentar a produtividade ao longo da quarentena!

Facebook Comments