Ciências Contábeis ou Economia? Saiba qual escolher!

ciências contábeis ou economia
10 minutos para ler

Na hora de escolher uma graduação, é preciso tomar cuidado com algumas armadilhas. Uma das situações mais comuns é ficar indeciso entre dois cursos de uma mesma área de conhecimento que, à primeira vista, são parecidos.

Isso ocorre, por exemplo, com as opções de Ciências Contábeis ou Economia, sendo que ambos os setores trabalham com administração e contabilidade. A melhor solução, portanto, é buscar o máximo de informações possíveis sobre cada uma das áreas e, claro, sobre suas diferenças.

Acompanhe a seguir e descubra qual a melhor opção para você: Ciências Contábeis ou Economia. Boa leitura!

Quais são os objetivos de cada curso?

Sempre que estiver em dúvida sobre a diferença entre dois cursos, comece entendendo os objetivos de cada um. Você pode se surpreender com o fato de que, apesar de serem próximos, eles desenvolvem atividades totalmente diferentes!

O objetivo de Ciências Contábeis

Ciências Contábeis busca, primariamente, fornecer informações sobre o desempenho financeiro de uma determinada organização, elaborando informes que facilitem a tomada de decisões.

Em outras palavras, o profissional dessa área coleta e organiza dados sobre a maneira como os bens e o dinheiro da organização estão sendo usados, gerando relatórios. Essas informações serão usadas por várias pessoas relacionadas à empresa, na hora de tomar decisões importantes. Alguns exemplos de seu uso, são:

  • o administrador da empresa poderá decidir se está na hora de expandir os negócios;
  • o acionista pode decidir se vai investir mais dinheiro ou não;
  • o fornecedor pode estimar o risco de vender a prazo para essa organização;
  • o Governo pode avaliar se essa empresa é uma boa parceira para um projeto público.

O objetivo da Economia

Economia é uma área muito mais ampla que Ciências Contábeis. Ela não se limita a observar a questão financeira e não estuda apenas uma organização. Mesmo quando falamos em “microeconomia” estamos falando de um sistema; e não de uma empresa específica.

O economista estuda diversos aspectos — sociais, políticos e até religiosos — para entender como acontecem as interações econômicas em uma sociedade.

São os economistas que explicam, por exemplo, os motivos por trás da crise mundial de 2008 ou da crise brasileira de 2014. Também são eles que fazem estimativas sobre quanto tempo os países e as empresas vão levar para se recuperar.

Quais as diferenças entre os cursos de Ciências Contábeis e Economia?

As diferenças entre esses dois campos do saber já começam a aparecer durante os cursos. Alunos de Ciências Contábeis e Economia vão estudar matérias diferentes, que estão relacionadas ao trabalho que cada um vai desenvolver mais tarde.

Algumas das matérias de Ciências Contábeis são:

  • Matemática Financeira;
  • Contabilidade de Custos;
  • Análise de Demonstrações Contábeis;
  • Auditoria.

Enquanto isso, em Economia algumas das matérias são:

  • História (do Brasil e do Mundo);
  • Sociologia;
  • Política;
  • Comércio Internacional;
  • Direito.

Repare que, em Economia, você verá um pouquinho de tudo. Porém, devido à restrição de tempo do curso, será uma perspectiva mais superficial. Já em Ciências Contábeis, você vai direto aos assuntos que serão importantes no seu dia a dia de trabalho.

O perfil do estudante de Ciências Contábeis

Quem escolhe pela graduação em Ciências Contábeis deve apresentar habilidade com números e cálculos, ser organizado e detalhista. Além disso, é importante ter um olhar analítico para analisar dados e interpretar diferentes situações econômicas, seja de empresas, seja de clientes.

A boa comunicação, tanto oral quanto escrita, é outra habilidade esperada do aluno de Ciências Contábeis, que deve ser capaz de receber e transmitir informações com agilidade. Ainda é imprescindível se manter atualizado para acompanhar as constantes modificações na legislação que envolvem a área.

O perfil do estudante de Economia

Já o estudante de Economia deve ser um bom observador para compreender as causas dos fenômenos econômicos, identificando seus impactos no cotidiano. Devido ao fato de que grande parte das atividades são realizadas em equipe, também é importante que o aluno tenha aptidão para trabalhar em grupo, respeitando as opiniões e ideias das pessoas envolvidas.

Da mesma forma, desenvolver uma boa comunicação e relacionamento interpessoal é fundamental para o sucesso do futuro economista. Até porque, o profissional lida frequentemente com clientes, acionistas e líderes corporativos, e com diferentes setores de uma empresa, tendo que compreender o funcionamento de todas as atividades que envolvem o negócio.

Quais as diferenças na atuação profissional?

Assim como os objetivos de cada área são diferentes, os profissionais formados em Ciências Contábeis ou Economia também terão oportunidades diferentes de atuação.

No caso de Ciências Contábeis, existe uma grande variedade de opções de carreira que você pode seguir. Por isso, é um curso com alta perspectiva de empregabilidade.

Uma das alternativas mais comuns é se tornar um profissional autônomo. Você pode abrir um escritório de Contabilidade para atender pessoas e pequenos negócios, o que garante um bom volume de trabalho.

Se preferir uma carreira um pouco mais estável, também pode trabalhar exclusivamente na contabilidade empresarial, sendo um funcionário contratado e registrado. Empresas de grande porte, que têm muitas movimentações financeiras, geralmente contam com sua própria equipe de contabilistas.

Outra alternativa possível é perseguir uma carreira como auditor. Isso significa que você não será o responsável por elaborar os demonstrativos de contabilidade, mas por revisá-los em busca de erros — intencionais ou não.

Os auditores são chamados, por exemplo, quando uma empresa decide comprar outra. É o seu trabalho que permite saber se o negócio comprado é realmente lucrativo ou se é uma furada. Por ser um trabalho de altíssima responsabilidade, é muito valorizado. Para seguir esse caminho, você provavelmente precisará de cursos de especialização.

Por fim, vale a pena lembrar que a maioria dos concursos públicos (municipais, estaduais ou federais) oferece vagas para quem é formado em Ciências Contábeis, com salários muito atrativos!

E quais são as opções para o profissional formado em Economia? Embora seja uma área muito interessante e importante, existem menos caminhos práticos para trabalhar com ela.

A maioria dos economistas oferece consultorias, ajudando as empresas a entender melhor os riscos e oportunidades do mercado. Como esse tipo de serviço é complexo e caro, somente as grandes organizações buscam por ele (e, claro, somente os melhores economistas são chamados). Para trabalhar com consultorias desse tipo, você pode buscar vagas de emprego em empresas de inteligência de mercado.

Algumas esferas do Governo também buscam economistas para realizar um trabalho bem parecido. Por isso, quem é formado precisa ficar de olho em concursos dos grandes órgãos federais. O salário é bastante atraente, mas atenção: são poucas vagas e os concursos podem levar anos para acontecer.

No final das contas, a maioria dos formados em Economia acaba seguindo a carreira acadêmica, por causa da falta de vagas específicas na área.

Para isso, é necessário fazer cursos de pós-graduação (Mestrado e Doutorado). Então, você poderá dar aulas na faculdade e desenvolver pesquisas. Nesse ramo de atuação, o trabalho é muito mais teórico do que prático. Prepare-se para ler muito!

Em que o profissional das Ciências Contábeis pode trabalhar?

Engana-se quem pensa que os formados em Ciências Contábeis atuam apenas na função de contador. Dependendo do cargo, o profissional pode trabalhar com questões tributárias, contratuais, fiscais e patrimoniais, em diversos locais e empreendimentos.

Confira, a seguir, quais são as possíveis atribuições de quem escolhe a profissão:

  • prestação de serviços e consultoria;
  • controladoria;
  • auditoria;
  • gestão;
  • gerente financeiro;
  • consultor financeiro;
  • perícia contábil;
  • servidor em órgãos públicos;
  • analista;
  • professor em cursos livres, técnicos e profissionalizantes.

Em que o profissional de Economia pode trabalhar?

Por conta de a Economia ser uma área diversificada, existem oportunidades de trabalho tanto no setor público quanto no setor privado. Sendo assim, o profissional encontra vagas em diversas instituições, como bolsa de valores, ONG’s e empresas de variados portes.

Veja, a seguir, quais são as principais opções de atuação que os economistas encontram no mercado:

  • mercado financeiro;
  • economia agroindustrial;
  • estudos de mercado;
  • perícia econômica;
  • economia de empresas;
  • orientação financeira.

Qual é a média salarial de cada uma dessas profissões?

Independentemente se você deseja cursar Economia ou Ciências Contábeis EAD, saiba que a média salarial é a mesma para quem estuda de forma presencial e a distância. O que muda de uma modalidade para a outra é o valor da mensalidade, a flexibilidade de tempo para os estudos e a agilidade na formação.

Hoje, um economista ganha uma média de R$ 6.313,40, considerando uma carga horária semanal de 42 horas. Já o profissional de Ciências Contábeis, a depender do cargo exercido, pode ganhar, em média, R$ 4.174,28, em uma carga horária semanal de 43 horas.

Como escolher entre Ciências Contábeis e Economia?

Você já entende melhor as diferenças entre os dois cursos. Agora, é a hora da verdade: Ciências Contábeis ou Economia? Bem, para escolher o curso certo, é preciso ter uma visão bem clara de quais são suas expectativas para a faculdade e para a carreira.

Se você busca algo mais prático, dinâmico e com muitas opções de trabalho, Ciências Contábeis é a escolha certa. Se prefere algo mais teórico, abrangente e gosta muito de ler, estudar e pesquisar, então pode escolher Economia sem medo.

Feita a escolha pelo curso, será preciso investir em uma educação de qualidade para iniciar a formação acadêmica da melhor forma. Aqui na UCEFF, temos um verdadeiro compromisso com o futuro de nossos alunos. Nosso crescimento se baseia, sobretudo, na tecnologia e na alta gestão, tendo o objetivo de formar cidadãos inovadores, éticos e empreendedores.

Caso você já esteja decidido entre Ciências Contábeis ou Economia, lembre-se de verificar quais são os diferenciais da instituição de ensino superior e, ainda, se a faculdade oferece tudo o que é necessário para que a sua formação tenha a devida excelência. Dessa forma, você terá muito mais chances de se destacar entre os empregadores e em diferentes setores do mercado de trabalho.

Gostou do conteúdo? Aproveite e entre em contato com a equipe da UCEFF agora mesmo para garantir a sua vaga no ensino superior!

Facebook Comments
Você também pode gostar

Um comentário em “Ciências Contábeis ou Economia? Saiba qual escolher!

Deixe um comentário

Share This