Durante o ensino médio, um assunto torna-se cotidiano para os estudantes: a escolha do curso de graduação. Em meio às paixões e interesses de cada um, soma-se também a vontade de construir uma carreira bem-sucedida e de fazer parte de um mercado de trabalho com amplas e variadas oportunidades para o profissional recém-formado.

Nesse contexto, é fundamental pesquisar a situação atual das profissões em alta que você está considerando seguir. Pensando nisso, o post de hoje mostra detalhadamente como funciona a graduação em Ciências Contábeis e a carreira que você pode construir ao fazer esse curso na faculdade.

Aqui, você vai entender exatamente porque a contabilidade é uma área tão atrativa atualmente, o que faz com que ela esteja em crescimento e quais são as possibilidades para o profissional recém-formado — e como você verá, são muitas!

Pronto para começar? Continue a leitura e descubra tudo o que você precisa saber sobre a graduação em Ciências Contábeis!

As vantagens do curso de Ciências Contábeis

A carreira em Ciências Contábeis é muito requisitada atualmente e, além disso, a área oferece um amplo leque de caminhos que você pode seguir. Agora, conheça melhor as vantagens de fazer o curso de Ciências Contábeis!

1. Toda empresa precisa do profissional

O profissional formado em Ciências Contábeis é o responsável por gerenciar as contas da empresa e, também, por registrar e controlar as despesas, lucros e receitas da organização. Além disso, é ele quem coordena e registra todos os negócios — compras, vendas, aplicações e investimentos. Assim, o contador tem uma visão completa do patrimônio corporativo.

E tem mais! Para interpretar a situação econômica em que a empresa se insere — e para auxiliar os gestores na tomada de decisões — o contador é um aliado essencial. Desse modo, o profissional participa da elaboração de planos de investimentos, além de se responsabilizar pelo registro de atos administrativos e pelo pagamento de tributos.

Viu só? Todas essas demandas são imprescindíveis para o funcionamento adequado e eficiente de empresas de todos os tamanhos e setores.

Companhias menores podem trabalhar com contadores autônomos, enquanto negócios maiores talvez prefiram montar a sua própria equipe de contabilidade. Mas o que não muda é que toda instituição precisa do profissional formado em Ciências Contábeis para crescer de maneira saudável e estratégica.

2. Há uma ampla variedade de opções de carreira

Depois de se formar em Ciências Contábeis, você pode trabalhar na área tributária ou financeira, no departamento de Recursos Humanos ou na perícia contábil de empresas.

Outro caminho é trabalhar em um escritório de contabilidade — ou abrir o seu próprio. Dessa forma, você fará a contabilidade de pequenas e médias empresas que terceirizam essa parte da gestão, pois não têm tanta demanda dos serviços contábeis para justificar a formação de uma equipe própria. É possível, ainda, atuar como consultor contábil.

Apenas o profissional formado em Ciências Contábeis pode fazer a auditoria e as perícias contábeis. Se você deseja se formalizar como contador, é necessário ter um registro junto ao Conselho Regional de Contabilidade.

Além de ampliar as vagas disponíveis, como mostraremos a seguir, o registro profissional também aumenta as chances de encontrar o caminho certo para você, alinhado com seus interesses e capacidades, dentro das Ciências Contábeis.

3. Há uma alta demanda para os profissionais formados

Como você acabou de ver, há uma variedade de cargos possíveis para um contador, profissional de que toda empresa precisa. O resultado? Os estudantes formados em Ciências Contábeis têm grandes chances de conquistarem uma vaga interessante ou, até mesmo, de concluírem a faculdade já inseridos no mercado de trabalho.

Nesse contexto, a contabilidade é uma das áreas profissionais que mais crescem — não apenas no Brasil, mas no mundo todo. Segundo o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), há mais de 530 mil contadores registrados e pouco mais de 62 mil organizações contábeis no país. E mesmo os vários cursos existentes para formar profissionais de Ciências Contábeis não estão conseguindo eliminar o deficit de contadores no mercado brasileiro.

Afinal, não basta formá-los — é imprescindível capacitá-los para atender às demandas das empresas, o que nem sempre acontece. Dessa forma, apenas o profissional dedicado, que continua os estudos após a faculdade — e que busca maneiras de se aprofundar e se especializar — sai na frente.

Além do desenvolvimento da área, outro responsável por essa falta de profissionais qualificados é o fato de que, em 2015, técnicos em contabilidade deixaram de ser elegíveis para a solicitação do registro profissional necessário para trabalhar como contador. Hoje, apenas os bacharéis em Ciências Contábeis têm direito ao registro no Conselho.

O perfil de profissional ideal para o curso

Como abordamos no tópico anterior, a amplitude de possibilidades dentro da área de Ciências Contábeis faz com que a profissão abrace profissionais de perfis variados e com diversas habilidades. No entanto, há aquelas características que vão fazer a diferença para qualquer pessoa interessada em ingressar na carreira.

É imprescindível gostar de matemática e de lidar com números— mas não se preocupe, você não precisa ter nascido um gênio das Exatas!

Ao ouvir falar de contabilidade, muitas pessoas imediatamente associam a área aos cálculos — uma visão bastante limitada das Ciências Contábeis, que envolvem disciplinas ligadas à análise, ao planejamento e às Ciências Sociais.

Por isso, o estudante de Ciências Contábeis também deve ser muito atencioso aos detalhes e ter uma excelente capacidade de concentração.

Além disso, para se manter um profissional competente e exercer as demandas com qualidade e inovação, é preciso estar sempre atualizado em relação às leis contábeis vigentes no país.

Fique atento também para as novidades e inovações da área, que podem significar a chance de passar na frente da concorrência, aprimorando a gestão contábil. Por isso, é necessário conhecer os principais softwares e sistemas utilizados no trabalho de um contador, aprendendo técnicas de manipulação de grandes quantidades de informações (Big Data), uma tendência nas profissões que trabalham com dados bancários e financeiros.

Em termos de personalidade, outra característica necessária nos profissionais de contabilidade é o forte senso de responsabilidade e ética. Afinal, contadores lidam diariamente com questões financeiras, envolvendo a receita, as despesas e o patrimônio das empresas. Qualquer erro ou modificação imprópria nos documentos e relatórios pode render prejuízos e elevadas multas para a organização.

As matérias estudadas ao longo da graduação em Ciências Contábeis

A graduação em Ciências Contábeis é um curso de bacharelado com duração de quatro anos. Para organizar seus currículos, as faculdades seguem os preceitos da lei nº 11.638/07, da lei nº 11.941/09, normas do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e do Núcleo de Práticas Contábeis (NPC).

Para iniciar os estudos, o aluno de Ciências Contábeis tem matérias básicas para aprender conceitos gerais sobre Matemática Financeira, Economia e Administração Financeira e Orçamentária. Após a formação dessa base — fundamental para o andamento do restante do curso — as disciplinas passam a se aprofundar na área.

Portanto, para aprender os conhecimentos e as habilidades necessárias para exercer a profissão de contador — tanto na teoria quanto na prática —, o estudante passa por matérias como Contabilidade Aplicada, Controladoria, Auditoria, Análise Econômica e Financeira, Empreendedorismo, Gestão Estratégica etc.

Lembra de quando falamos que é um erro associar a contabilidade apenas à matemática? A área também dialoga fortemente com a Filosofia, com a Psicologia, a Administração e o Direito. Por isso, a grade curricular também traz disciplinas como Filosofia e Sociologia, Ética Profissional, Psicologia Organizacional e Legislação Social e Trabalhista.

Antes de encerrar seus quatro anos na faculdade, o aluno deve elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) — pré-requisito para a formatura.

Além das disciplinas que discutimos aqui, confira outras que também fazem parte da grade curricular dos cursos de graduação em Ciências Contábeis

  • Contabilidade Avançada;

  • Perícia Contábil;

  • Contabilidade aplicada ao setor Público;

  • Contabilidade Gerencial;

  • Contabilidade Intermediária;

  • Contabilidade Tributária;

  • Metodologia da Pesquisa Aplicada;

  • Direito Comercial e Legislação Societária;

  • Contabilidade Aplicada ao Setor Agroindustrial;

  • Custos;

  • Teoria Geral da Administração;

  • Estatística Aplicada à Gestão Empresarial;

  • Teoria da Contabilidade;

  • Sistemas de Informação.

A possibilidade de estagiar em grandes empresas

Um dos maiores atrativos da graduação em Ciências Contábeis — e também um dos fatores mais importantes para que os formandos saiam preparados para o mercado de trabalho — é a possibilidade de estagiar em grandes empresas durante a faculdade.

Como a contabilidade é parte cotidiana de todas as companhias, as grandes empresas e multinacionais — que contam com equipes próprias — investem em programas de trainee e de estágio, nos quais os alunos já podem começar a colocar em prática tudo aquilo que aprenderam na graduação. Nesses estágios supervisionados, é possível vivenciar a rotina da profissão!

Assim, o estagiário ou trainee não só aplica seus conhecimentos e habilidades, mas também desenvolve novos diferenciais e capacidades que vão deixá-lo pronto para conquistar uma ótima vaga quando formar e entrar oficialmente no mercado.

Nos cursos de Ciências Contábeis, as oportunidades para os programas de estágio surgem, normalmente, a partir do 5º período. Mais específicas e exigentes, as empresas que lidam com auditoria contábil normalmente selecionam estudantes já no 8º semestre. Para os programas de trainee, cada companhia tem suas próprias regras. Por isso, é preciso ficar por dentro das notícias e informações do setor.

Ao conquistar um estágio ou uma vaga de trainee, há algo fundamental que você deve ter em mente: esse é o início da sua carreira! Portanto, dê o melhor de si e se esforce para aprender o quanto for possível — comece a construir seu nome dentro da área!

As diferentes áreas de atuação possíveis para um contador

Já adiantamos essa variedade quando falamos sobre as vantagens da profissão, lembra? Então, agora é hora de nos aprofundarmos nesse assunto, para que você conheça melhor as diferentes possibilidades que você poderá escolher após a formatura.

Contabilidade (em diversos setores)

A contabilidade propriamente dita, o “carro-chefe” da profissão, pode ser exercida em diversos setores e tipos de empresa. Há a contabilidade bancária, securitária, governamental e/ou pública, tributária e, também, a contabilidade geral.

Um contador pode atuar na sede da organização como parte da equipe interna. Outra opção — preferida, principalmente, por empresas de porte pequeno ou médio — é contar com um escritório de contabilidade terceirizado. Ele fará essa ponte entre você e a empresa em que você vai trabalhar, facilitando os processos e o trabalho de todos.

Finalmente, você pode deliberar sobre a possibilidade de abrir o seu próprio negócio e tornar-se empreendedor. Que tal inaugurar um novo escritório de contabilidade, onde todos os colaboradores estejam alinhados com a sua visão e com o seu trabalho? O empreendedorismo traz mais liberdade, bem-estar e conforto para você e sua equipe.

Para que essa empreitada dê certo no futuro, é fundamental dar tempo ao tempo. Depois de se formar na faculdade, continue os estudos com afinco em cursos de curta duração e especializações. Dessa forma, você domina cada vez mais os assuntos analisados e poderá se tornar um profissional ainda mais completo e com autonomia para tomar as decisões.

Auditoria e perícia

Apenas os bacharéis em Ciências Contábeis podem atuar com auditoria e perícia contábeis. Trata-se de duas áreas bastante conceituadas dentro da profissão e, por isso, em considerável crescimento.

Tanto a auditoria quanto a perícia são atividades que requerem minúcia e atenção aos detalhes, pois são fundamentais para garantir a autenticidade e a regularidade dos dados fiscais e financeiros das empresas.

Ensino

Que tal passar todo o conhecimento e experiência adquiridos durante a faculdade para os alunos? Se você tem talento para lecionar, continue se especializando depois da formatura e prepare-se para atender às exigências das instituições de ensino.

Além das Instituições de Ensino Superior, você também pode dar aulas em cursos técnicos e treinamentos para profissionais da área contábil. Essa é uma excelente maneira de eliminar resquícios de rotina da sua agenda, já que lecionar é uma experiência diferente a cada dia, a cada nova turma e, em espaços menores, a cada novo lugar.

Controladoria

Outra área muito forte das Ciências Contábeis, a controladoria se responsabiliza por toda a parte financeira de uma empresa. Você pode começar como parte da equipe de controladoria e, aos poucos, escalar até o comando do time.

As especializações que estão em alta no mercado

Como deu para entender até agora, as Ciências Contábeis como um todo estão passando por um momento muito interessante — de expansão, tanto em relação às possibilidades quanto à procura fervorosa por ótimos profissionais da área.

Mas, em meio a tudo isso, quais especializações têm um destaque ainda maior? Fique de olho e veja se uma delas é o caminho ideal para você!

Segmento governamental

Mais do que nunca, as esferas municipais, estaduais e federais precisam de excelentes bacharéis em Ciências Contábeis. Portanto, especializar-se para atuar no setor governamental é uma ótima pedida.

Setor público

Que tal ganhar entre 14 e 25 mil reais? Essa é uma possibilidade em muitas esferas e órgãos do setor público, onde a procura por profissionais da contabilidade também está se intensificando de maneira considerável.

Auditoria e perícia contábeis

As empresas prezam cada vez mais pela regularização e pela transparência em sua contabilidade — e, para isso, a auditoria e a perícia são fundamentais. Por isso, esses dois campos das Ciências Contábeis também estão em alta.

Área financeira

A área financeira de cada organização é uma das maiores demandas do mercado atual. Esse departamento lida diretamente com os pagamentos, dívidas, contas etc. — toda a movimentação que acontece diariamente nos empreendimentos.

Especialmente em períodos de instabilidade financeira, a gestão do setor é fundamental para que não ocorram contratempos. Assim, é muito importante que a área financeira da contabilidade se mantenha firme e forte — e é aí que o contador entra!

Reestruturação e recuperação de empresas

Após passar por períodos turbulentos — e até polêmicos —, uma empresa deve se voltar para a reestruturação e para a recuperação. Com isso, é possível dar a volta por cima sem consequências desastrosas.

E a figura do contador é fundamental para essa complicada missão. Ou seja, para dar nova vida a todo o processo de reestruturação e recuperação empresarial. Aqui, é fundamental ser atencioso e, principalmente, conseguir se manter calmo diante de situações estressantes.

A média salarial e a demanda do mercado hoje

Atualmente, há cerca de 220 mil profissionais contábeis atuando no Brasil. Para juntar-se a eles, além do bacharelado em Ciências Contábeis, você vai precisar também do registro profissional, realizado no Conselho Regional de Contabilidade do seu estado.

O salário é interessante desde o início da carreira em Ciências Contábeis. Se você começar em uma pequena ou média empresa, pode ganhar entre R$4.000,00 e R$5.500,00. Já conseguiu uma vaga em um grande negócio logo de cara? Então, prepare-se para receber um salário de R$5.000,00 a R$6.000,00.

Ao alcançar um escalão intermediário na sua carreira, as pequenas e médias empresas podem pagar entre R$5.000,00 e R$7.000,00. Enquanto isso, nas grandes companhias, o valor fica entre R$6.500,00 e R$8.500,00.

Finalmente, contadores no auge de suas vidas profissionais — normalmente, após cerca de 15 anos de atuação no mercado — passam a receber entre R$5.500,00 e R$8.000,00 em pequenas e médias empresas e, nas grandes companhias, de R$7.500,00 a R$10.000,00.

Apesar de haver uma alta demanda de profissionais, o mercado de trabalho para as Ciências Contábeis ainda é competitivo e exige pessoas altamente qualificadas. Portanto, após se formar como bacharel, comece a procurar por especializações e pós-graduações — para complementar o seu currículo e se destacar em meio à concorrência.

Há muitas opções de curta duração — online ou presencial — para que você possa se preparar rapidamente, mas com qualidade — e ainda se atualizar para o mercado. Na hora de escolher a instituição de ensino, é interessante buscar referências com amigos e colegas.

Além disso, é muito importante aprimorar os seus conhecimentos em línguas estrangeiras, especialmente inglês e espanhol, que são os idiomas que têm mais chances de surgir em seu cotidiano profissional — seja em documentos, materiais de aperfeiçoamento ou em reuniões com colegas e clientes estrangeiros.

O mercado de contabilidade brasileiro intensificou-se quando passou a adotar as Normas Internacionais de Contabilidade. Relevante para esse avanço, também foi a necessidade do envio constante de informações digitais para a Receita Federal. Além disso, a matriz tributária brasileira é bastante complexa e, por isso, não é tão fácil encontrar profissionais qualificados.

A valorização estratégica do profissional de Ciências Contábeis

A carreira em Ciências Contábeis é tão valorizada no momento porque, para as empresas, é fundamental contar com profissionais altamente capacitados para fazer as análises de investimentos, balanços de receitas, registro e revisão de todos os acontecimentos fiscais, análise de informações, tomada de decisões etc. Isso torna a contabilidade um curso com alta empregabilidade no país.

Outro motivo que torna contabilidade uma profissão em alta é o fato de que o Brasil faz parte da convergência internacional de contabilidade — que, além do nosso país, também inclui outros seletos países que se dedicaram à criação e ao desenvolvimento de um padrão internacional de qualidade (IFRP).

Além disso, atualmente, há muitos novos empreendimentos e startups surgindo em grandes centros urbanos, o que traz ainda mais vagas para o mercado — seja por meio de equipes próprias de cada empresa ou pela contratação de uma maior quantidade de profissionais vinculados a escritórios particulares e autônomos de contabilidade.

Como vimos, ao longo deste texto, as Ciências Contábeis são complexas e amplamente variadas em seus setores, possibilidades e tipos de vagas de trabalho. Portanto, se você tem as características importantes para a profissão — atenção, foco, eficiência, capacidade analítica e de auditoria — você pode estar no caminho certo para uma carreira de sucesso!

É por isso que a valorização do profissional de Ciências Contábeis pode ser considerada estratégica, pois essa figura é fundamental para o desenvolvimento das empresas. Conforme os negócios crescem, a profissão de contador ganha cada vez mais importância. Hoje, o mercado de trabalho entendeu o valor do profissional de contabilidade.

E então, gostou de conhecer a fundo sobre a realidade e as vantagens da graduação em Ciências Contábeis? Será que esse é o caminho para você? Se ainda tem dúvidas sobre o curso e sobre a profissão, entre em contato com a gente e vamos conversar melhor sobre as possibilidades de carreira!

Facebook Comments