O trabalho remoto foi regulamentado em 2017 na legislação trabalhista, época em que começou a ganhar mais espaço entre as empresas — e se tornou a solução para que muitos negócios mantivessem o funcionamento durante a pandemia de coronavírus.

Ao mesmo tempo, o home office também é uma modalidade comum para trabalhadores autônomos e profissionais que fazem trabalho freelancer. Essa prática traz benefícios, como mais comodidade e flexibilidade, mas também traz alguns desafios, como fazer uma boa gestão do tempo e manter a produtividade.

Quer saber como garantir uma boa produtividade no trabalho remoto e construir uma carreira de sucesso? Então continue a leitura e veja 6 dicas essenciais!

1. Organize um espaço com privacidade

A primeira dica é ter um espaço adequado para o trabalho e que ofereça privacidade. É comum que o home office se torne sinônimo de trabalhar onde achar mais confortável em cada dia, o que pode significar estar na mesa da cozinha em um dia e no sofá da sala em outro.

No entanto, é importante ter um ambiente que se torne o escritório e, preferencialmente, seja isolado do restante da casa para evitar distrações. O ideal é ter um cômodo sobrando, como um quarto vazio ou que não seja usado com frequência para ter mais espaço e privacidade.

Lembre-se de que o trabalho remoto, muitas vezes, exige a realização de reuniões remotas, então é necessário estar sozinho em um ambiente silencioso para não atrapalhar. Além disso, a medida ajuda a manter a concentração. Se não for possível ter um cômodo específico, separe um canto em outro ambiente, sempre escolhendo o espaço mais calmo possível.

2. Não se esqueça da ergonomia

A ergonomia está relacionada ao conforto no trabalho e à prevenção de lesões que podem surgir por problemas na postura ou repetições de movimentos. Para isso, a escolha da mesa e da cadeira é fundamental, já que terão relação direta com a sua posição durante o trabalho.

O ideal é que a cadeira tenha um encosto que acomode corretamente a região lombar e, se possível, regulagem para inclinar o encosto. Os pés devem ficar apoiados corretamente sobre o piso, caso contrário, vale adquirir um apoio.

Ao trabalhar com computador, o monitor deve ficar com a parte superior da tela alinhada à altura dos olhos e a uma distância de um braço. Já a mesa deve ter espaço suficiente para acomodar os materiais e manter o teclado em um nível abaixo do cotovelo.

Por fim, escolha um local com boa iluminação e ventilação para ter conforto ambiental, sem precisar forçar a vista para leitura, nem sofrer com calor excessivo. Se necessário, invista em luminárias e ventiladores. Tudo isso evitará o desconforto, que afeta a concentração e a produtividade no trabalho remoto.

3. Organize sua mesa

Depois de se preocupar com a parte do conforto na mesa, foque a organização. Um ambiente muito bagunçado dificulta as tarefas, já que você perderá tempo procurando os materiais necessários que podem se perder.

Utilize as gavetas para separar itens e outros organizadores de escritório para manter todos os papéis, livros e demais materiais de escritório organizados e com fácil acesso. Assim, sempre que for preciso você conseguirá alcançá-los facilmente, sem precisar ir para outro ambiente ou procurar pelos itens.

Isso também ajudará a reduzir a distração e a manter o foco nas atividades, já que o excesso de objetos e a desordem podem chamar a atenção, fazendo com que você desvie o olhar com frequência e perca a concentração.

4. Faça listas e gestão do tempo

Um dos principais desafios é a gestão de tarefas e do tempo. Quando se trabalha em um ambiente corporativo, com líderes ativos e cobranças, parece que fica mais fácil manter o controle de tudo. Outra questão é o horário de trabalho: horas extras podem se tornar rotina sem um controle adequado.

Contudo, no trabalho remoto isso pode ser um problema. Aqui, a dica é utilizar planilhas, agendas ou aplicativos para manter um controle de tarefas, listando tudo o que deve ser feito e os prazos que devem ser cumpridos.

Em complemento, existem ferramentas de gestão de tempo que ajudam a controlar o tempo investido no trabalho para evitar a sobrecarga de trabalho. Além disso, ficará mais fácil ver o tempo realmente dedicado ao trabalho e combater a procrastinação.

5. Crie regras de privacidade

Se você mora com outras pessoas, a privacidade é um problema comum. Para muitos, é difícil encarar o trabalho em casa como algo realmente sério. É como se isso desse a liberdade para interromper as atividades a qualquer momento e quantas vezes quiser.

Mesmo que exista mais flexibilidade, é preciso evitar as distrações para manter o foco e otimizar as atividades. Então é importante ter regras definidas para que todos os moradores respeitem o seu trabalho.

Isso deve ser conversado entre todos, pois varia de acordo com a dinâmica familiar. Em geral, vale a pena conversar sobre horários em que não deve haver interrupções, conversar antes de reuniões para pedir silêncio e manter o diálogo aberto nas horas vagas para definir as melhores estratégias.

6. Faça pausas e alongamentos

O principal erro de produtividade no trabalho remoto, que também se aplica aos estudos, é acreditar que é preciso realizar atividades por horas seguidas e sem folga para ter bons resultados.

Contudo, fazer algumas pausas frequentes e realizar alongamentos pode ajudar a render mais. Ter horários para fazer pequenas pausas (cerca de 5 minutos) para ir ao banheiro ou tomar uma água ajuda a manter o foco nos outros períodos.

Além disso, os alongamentos são importantes para relaxar os músculos e aliviar as tensões que surgem no trabalho. Assim, eles previnem desconfortos e dores, que atrapalham o desempenho e podem resultar em lesões mais graves.

Seguindo essas dicas para o trabalho remoto, ficará mais fácil manter os bons resultados e conseguir uma boa produtividade na quarentena. Com um espaço organizado, um bom planejamento e cuidados com a saúde, o home office também se tornará mais prazeroso e tranquilo.

Gostou deste conteúdo? Se você quer acompanhar mais dicas sobre o assunto, aprenda agora como se reinventar após a quarentena para acompanhar as mudanças do mercado!

Facebook Comments