O momento de pandemia pelo qual estamos passando acabou impactando diretamente a remuneração e o cotidiano da população. Em busca de amenizar a situação, uma ótima alternativa para fazer renda extra é buscar por um trabalho freelancer, oferecendo seus serviços na internet.

Portanto, de maneira remota, é possível ganhar dinheiro sem sair de casa, mas para isso é essencial elaborar um modelo de negócio pessoal para que o seu planejamento realmente dê resultados positivos. Uma boa ideia é procurar por plataformas que têm o objetivo de conectar os profissionais às empresas, aumentando as chances de contar com inúmeras oportunidades.

Pensando nisso, listamos 7 dicas de trabalho freelancer que você pode adotar para complementar a sua renda no período da quarentena. Confira a seguir!

1. Assistente Virtual

Se você tem experiência nas áreas de recepcionista ou já atuou na administração de secretarias, é possível se tornar um assistente virtual. O profissional deve cuidar da programação diária de tudo o que envolve o trabalho burocrático das empresas, como fazer a agenda de compromissos, enviar e-mails, gerenciar as mídias sociais, além de ter a tarefa de reservar viagens para as lideranças.

No entanto, para conseguir uma vaga é fundamental se especializar em atendimento ao cliente, o que pode ser feito por meio de cursos a distância. Isso vai auxiliar significativamente a sua recolocação profissional e aumentará as chances de você ter destaque no mercado. Com isso, basta procurar por uma empresa especializada e se candidatar para começar a trabalhar.

2. Web designer

Com a popularização da internet nos últimos anos também cresceu a necessidade de apresentar sites com um aspecto visual mais atrativo, permitindo que inúmeros negócios cresçam e comuniquem seus objetivos aos consumidores. O web designer, portanto, é o profissional responsável por projetar as páginas e criar os layouts dos sites.

Ou seja, na prática o indivíduo lida diretamente com conhecimentos sobre topografia, diagramação e design para construir páginas que consigam facilitar a interação e utilização dos usuários. Além disso, quem atua na profissão também elabora banners, imagens para mídias sociais e pequenas animações para agências de publicidade, empresas de tecnologia, lojas virtuais, startups, revistas online, entre outros.

3. Programação

O profissional de programação geralmente é responsável por criar softwares, aplicativos de celular, plataformas digitais, programas e banco de dados. Portanto, tudo que tenha relação com o mundo digital ou com as linguagens de programação é de responsabilidade desta profissão. O programador também consegue construir comandos para qualquer tipo de aplicação, inclusive as que são utilizadas no cotidiano dos usuários.

Para atuar na ocupação, é fundamental se qualificar por meio de cursos que envolvam conhecimentos em diferentes tecnologias, tendências, possibilidades de linguagens, engenharia de software e demais novidades nos sistemas operacionais. Assim, será possível prestar serviços em empresas de TI, em empreendimentos de variados portes e, ainda, como consultor e desenvolvedor para uma determinada marca ou negócio.

4. Gestão de redes sociais

Mais conhecida como social media, esta ocupação é ideal para quem tem facilidade com as redes sociais e com as inúmeras possibilidades que os canais de conectividade oferecem. No ambiente corporativo, ter uma boa gestão das mídias é fundamental para se comunicar da melhor forma com o público-alvo e com potenciais consumidores, o que torna a profissão bastante promissora.

Sites como Facebook, Instagram e Twitter são excelentes ferramentas para que as empresas promovam interatividade, tendo mais possibilidades de obter reconhecimento e autoridade no mercado. Sendo assim, o social media desenvolve uma série de atividades, sobretudo as relacionadas à divulgação de produtos, novidades, venda de produtos, criação de anúncios e relacionamento com o cliente.

5. Redação e revisão para web

Se você tem facilidade com a língua portuguesa, a profissão de redator ou revisor para web pode ser a alternativa ideal para você começar a ganhar dinheiro extra rapidamente na internet. Atualmente, existem inúmeras plataformas para conseguir uma vaga na área, como Workana, 99Freelas e Contentools. Para se inscrever, você deve ter um portfólio com as suas produções e demais informações sobre especialidades e cursos realizados.

Diversas empresas estão investindo cada vez mais em estratégias de conteúdo online, sendo bastante comum encontrar vagas para este tipo de profissional. Para atuar no ramo, o mais indicado é fazer cursos na área de marketing digital, SEO, copywriting e produção de textos.

6. Tradução

Quem atua com tradução deve assegurar a compreensão e a comunicabilidade entre pessoas de diferentes línguas e culturas. Ou seja, o indivíduo deve saber, para além do conhecimento em determinado idioma, como traduzir da melhor forma a escrita de livros, documentos e textos em geral. Assim, é possível trabalhar tanto na área escrita quanto oral, realizando a tradução simultânea em eventos, congressos e palestras.

A profissão não exige especialização, como um curso de graduação, no entanto é preciso dominar bem todas as regras gramaticais, expressões e vocabulário da língua em que o profissional vai fazer as traduções. Existem inúmeras oportunidades de atuação em grandes empresas e instituições que demandam negócios com companhias do exterior.

7. Tutoria EAD

Com o rápido avanço dos cursos a distância, os tutores EAD são profissionais cada vez mais requisitados no mercado. Diferentemente do professor, o tutor tem a função de tirar dúvidas, direcionar conteúdos e corrigir provas e atividades dos alunos, atuando como um mediador do conhecimento. Além de otimizar o tempo da turma, o tutor EAD também pode orientar os discentes em relação aos conteúdos pedagógicos disponibilizados.

Portanto, para se dar bem nesse setor, é imprescindível se especializar para desenvolver as competências comportamentais essenciais para a tutoria a distância. É importante, ainda, ter abertura para ouvir, ter clareza na comunicação e manter os estudantes estimulados para que consigam aprender neste tipo de modalidade.

Para encontrar o trabalho freelancer ideal para você, é necessário ter consciência de quais são as suas maiores habilidades e direcionar o seu foco para atividades relacionadas às áreas onde você já tem experiência e qualificação para atuar. Com isso, certamente não faltarão opções e oportunidades para fazer uma renda extra no período da atual pandemia.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite a visita ao nosso blog e baixe o e-book gratuito Guias de carreiras em alta no Sul do país!

Facebook Comments