O final do Ensino Médio traz uma grande pergunta: o que fazer depois? Decidir o caminho para seguir nesse momento nem sempre é fácil. Algumas pessoas já têm ideias sobre o que gostariam de fazer, outras ficam em dúvidas diante de várias opções. Então, como escolher uma profissão?

A primeira informação que você precisa ter em mente nesse momento é que é absolutamente normal se sentir perdido. Uma decisão com tanto peso sobre o seu futuro certamente traz alguma ansiedade, certo? Considerando isso, procure ficar tranquilo e não se pressionar tanto nessa fase de vestibular.

E, para ajudá-lo a se sentir mais calmo e seguro, preparamos um post especial com várias dicas sobre escolha profissional. Vamos lá?

Afinal, como escolher uma profissão?

O ideal é que essa escolha não seja feita de maneira rápida. Mesmo que você saiba o que gostaria de seguir como carreira, é muito importante basear a decisão em informações relevantes sobre si mesmo, a profissão e o mercado de trabalho. Confira algumas dicas!

Conheça seus interesses e aptidões

O passo inicial deve partir do autoconhecimento. Como escolher uma profissão sem saber do que você gosta? Não é possível! Então, comece a pensar sobre os seus interesses — nesse ponto, não foque apenas no aspecto profissional, mas na sua vida em geral. Quais são as atividades mais prazerosas da sua rotina?

Seus hobbies e atividades de lazer podem ajudar muito a encontrar uma profissão interessante. Além desses aspectos, reflita também sobre suas aptidões: o que você faz bem? Que matérias mais gosta na escola? Em que áreas você imagina que teria um bom rendimento na carreira?

Por exemplo, alguém que goste de praticar esportes e atividades físicas pode se interessar pela carreira como educador físico. Já uma pessoa que curta realizar atividades sociais e estudar matérias ligadas às ciências humanas pode ter a Psicologia como uma carreira em potencial.

Faça testes vocacionais

Quem enfrenta dificuldades nessa etapa de identificar seus interesses e aptidões vai ter uma grande ajuda nos testes vocacionais. Em geral, eles apresentam uma série de perguntas sobre atividades profissionais e hobbies. Se todas elas forem respondidas com sinceridade, é possível contar com um resultado bastante fiel.

Ou seja, ao final do teste você vai saber quais são as áreas e profissões que parecem mais interessantes. Essa é uma maneira de identificar seus gostos, mas é importante lembrar que um teste vocacional não apresenta um resultado definitivo. Ele apenas aponta elementos que podem orientar os primeiros passos da escolha — ainda é preciso seguir as próximas dicas para saber como escolher uma profissão.

Liste suas principais opções

Depois de aprofundar o autoconhecimento e saber mais sobre si mesmo, é hora de montar uma lista com as profissões mais atrativas para você. Esse passo é útil para começar a organizar as ideias e realizar todas as pesquisas necessárias sobre cada carreira.

Não é indicado escolher uma profissão sem saber tudo o possível sobre ela. Por isso, montar uma lista com as suas prioridades ajuda a sistematizar a análise. Para decidir as carreiras que vão compor a lista, considere as que apareceram nos passos anteriores e se imagine trabalhando com elas no futuro. Então, anote as que despertam mais interesse.

Pesquise bastante

Com essa dica, suas escolhas profissionais vão começar a tomar forma. Até aqui você pensou em seus interesses, projetos e sonhos para o futuro. Agora, é o momento de verificar se essas ideias correspondem com a prática. Ou seja, chegou a hora de pegar a lista de opções e pesquisar o máximo possível sobre cada uma.

Isso envolve, por exemplo, checar a grade curricular dos cursos na faculdade, buscar informações sobre as principais funções realizadas por profissionais da área, pesquisar como é o mercado de trabalho para cada profissão, saber qual é a média salarial e as condições de atuação etc. Tudo isso é útil para conhecer de verdade as carreiras antes de optar por uma.

Converse com profissionais

A internet é uma ótima aliada na hora de aprender como escolher uma profissão. Nela, você pode realizar diversas pesquisas e conhecer a realidade de trabalho nas suas áreas de interesse. Mas também é indicado, além disso, conversar pessoalmente com profissionais que atuam em empregos que chamaram a sua atenção.

Portanto, pense nas profissões seguidas por seus familiares e amigos para identificar se alguém pode ajudar nesse ponto. Outras opções são pedir ajuda a seus professores ou participar das feiras de profissões organizadas por escolas e faculdades. Visitar faculdades e empresas também pode trazer diversas informações relevantes.

Antes de encontrar com as pessoas, faça uma pequena lista de perguntas para orientar a conversa e permitir que você saiba mais sobre a profissão. Por exemplo, habilidades que são importantes para a área, detalhes da rotina de trabalho e maiores desafios da carreira. E, claro, se ficar difícil entrar em contato com alguém, você pode voltar para a internet: profissionais fazem relatos de experiência em fóruns de discussão, notícias, vídeos etc.

Organize todas as informações

É possível que depois de seguir esses passos você já consiga perceber uma profissão que ganhe destaque e que seria a sua escolha. Entretanto, também pode ser mais difícil do que isso. Uma dica para quem continuar enfrentando dúvidas é organizar as informações em listas de prós e contras.

Para isso, selecione as profissões que se mantém no seu interesse e comece a registrar os pontos positivos e negativos que você vê em cada uma. Dessa maneira, vai ser mais fácil verificar qual delas parece mais atraente e viável para você.

Se, ao montar as listas, você perceber que ainda tem questionamentos específicos sobre as profissões, anote isso para realizar novas pesquisas ou perguntar para alguém que trabalhe na área. Caso o processo pareça mais complicado do que você imaginou, existe a opção de buscar um profissional especializado em orientação vocacional para ajudar.

É muito importante, ainda, lembrar que a escolha não precisa ser para sempre. As decisões que você toma hoje não precisam, necessariamente, permanecer as mesmas por todo o futuro. Sempre há tempo de rever caminhos e modificar rotas. Por isso, tente não colocar tanta pressão nesse momento.

Agora que você sabe como escolher uma profissão, que tal responder algumas perguntas sobre qual carreira seguir?

Facebook Comments