Posso usar nota do Enem de anos anteriores para aplicar para programas e faculdades?

posso usar nota do enem de anos anteriores
6 minutos para ler

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma avaliação fundamental para quem deseja cursar uma faculdade. Com a avaliação, o aluno pode se candidatar para vestibulares, bolsas de estudo e financiamentos estudantis a juros baixos.

Atualmente, a nota do exame funciona como critério principal em diversos processos seletivos em instituições de ensino superior. A cada ano, cresce a quantidade de faculdades que reservam parte das vagas para quem teve um bom desempenho nessa prova. No entanto, uma dúvida ainda bastante comum entre os estudantes é por quanto tempo a nota do Enem vale para ingressar nos programas acadêmicos.

Acompanhe a seguir e descubra a resposta para a pergunta: posso usar nota do Enem de anos anteriores para entrar na graduação? Confira!

Afinal, posso usar nota do Enem de anos anteriores para entrar na faculdade?

O Enem ocorre uma vez ao ano, geralmente no segundo semestre, entre o final de outubro e início de novembro. O resultado é divulgado dois meses após a prova, entre os últimos dias de dezembro e as primeiras semanas do ano seguinte. Após tal período, os candidatos podem checar se a nota obtida é suficiente para ingressar em um curso de graduação.

Em geral, fica a critério de cada faculdade ou programa de estudos escolher as regras para o preenchimento das vagas e qual a nota mínima para cada graduação. Mesmo assim, candidatos que realizaram o exame de 2010 em diante, conseguiram nota mínima de 450 pontos na média das provas e não zeraram na redação podem usar a pontuação para entrar em programas de bolsas, financiamentos e descontos na faculdade.

No entanto, algumas instituições de ensino exigem que o aluno tenha feito a última edição do Enem para participar do processo regular de seleção. Nesses casos, o estudante deve se inscrever para o vestibular regular e atingir pontuação mínima para iniciar os estudos no curso escolhido.

É importante saber se a faculdade onde deseja estudar aceita a nota do Enem dos anos anteriores com antecedência para não correr o risco de perder o prazo de inscrição da prova. Caso você tenha obtido uma pontuação muito abaixo da nota mínima do curso desejado, é interessante fazer a prova novamente para ter um melhor desempenho e, com isso, aumentar suas chances de ingressar na faculdade.

Quais formas de ingresso aceitam a nota do Enem de anos anteriores?

Existem situações em que o candidato pode usar a nota do Enem de anos anteriores, já em outras, é exigido que o aluno tenha feito a última edição do exame. O Prouni e o SiSU, por exemplo, são programas que requisitam a pontuação mais recente da prova como critério para conquistar bolsas estudantis e vagas nas instituições de ensino superior.

Já o FIES aceita a nota do Enem a partir de qualquer edição de 2010, solicitando apenas uma performance mínima dos alunos. É possível participar do exame quantas vezes você quiser, até que tenha nota suficiente para ingressar no curso escolhido. Uma boa dica é consultar as regras de cada faculdade e programa previamente para não perder o prazo de inscrição da prova.

A seguir, veja quais são os principais meios de ingresso que aceitam as notas de anos anteriores do Enem.

Prouni

O Prouni oferece vagas em instituições de ensino particulares pela concessão de bolsas de estudos para os interessados que comprovam baixa renda. Para se inscrever no Prouni, o candidato deve ter realizado a última edição do Enem e apresentar nota mínima de 450 pontos, além de nota maior que zero na redação.

As bolsas concedidas pelo Prouni podem ser de 50% ou 100%. Para ser aprovado, o estudante não pode ter diploma de curso superior e deve atender os requisitos socioeconômicos estipulados pelo programa. O Prouni conta com duas edições anuais, uma no primeiro e outra no segundo semestre, e a data de inscrição geralmente é divulgada entre maio e junho.

SiSU

O SiSU é uma plataforma online que proporciona vagas em instituições públicas de ensino por meio da nota do Enem. Basicamente, o programa dispensa o vestibular e processos seletivos regulares em faculdades privadas. No entanto, só pode participar do SiSU quem realizou a edição do Enem no ano anterior ao da candidatura.

A seleção para o SiSU também ocorre duas vezes ao ano, em janeiro e junho. A primeira edição costuma disponibilizar mais vagas que a segunda, em junho, e a inscrição pode ser feita gratuitamente pelo aluno em cursos de graduação presencial e a distância.

FIES

O FIES é um programa de financiamento estudantil bastante procurado por candidatos que não podem pagar o valor integral das mensalidades da graduação. Ao contrário do Prouni e do SiSU, o FIES aceita a nota do Enem de anos anteriores a partir de 2010.

A única exigência é apresentar uma pontuação mínima de 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. A inscrição do programa abre duas vezes ao ano, geralmente nos meses de fevereiro e julho. O cadastro é disponibilizado sempre após a divulgação das notas do Enem, uma vez que o financiamento é a principal alternativa para quem não conseguiu vagas nos demais programas.

Ingresso direto em faculdades

Algumas faculdades particulares também aceitam a nota do Enem como maneira direta de ingresso. Mesmo assim, fica a critério de cada instituição de ensino estipular regras quanto à utilização da pontuação para substituir o tradicional vestibular.

Na UCEFF, por exemplo, o aluno tem a opção de entrar com a sua nota do Enem para cursar uma das graduações oferecidas. Mesmo assim, caso você não tenha realizado a edição mais recente do exame, também é possível ingressar na UCEFF por meio do FIES, um dos poucos programas que aceitam a pontuação do Enem de anos anteriores.

No geral, a nota do Enem tem validade de um ano em grande parte dos programas de bolsas e descontos e em processos seletivos de faculdades privadas. Por isso, caso você ainda não tenha garantido uma vaga no ensino superior, é interessante realizar uma nova edição da prova para ter mais segurança no momento de se inscrever na graduação.

Gostou do conteúdo? Entre em contato com a equipe da UCEFF para conhecer todas as formas de ingresso aceitas em nossa instituição!

Facebook Comments
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This