Muitos profissionais se encaminham para sua formatura na graduação já planejando os próximos passos na carreira. Nesse contexto, fazer uma especialização se tornou um requisito para criar um diferencial competitivo no mercado de trabalho atual. Entre as opções, ser pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho é bastante vantajoso.

Essa é uma área em crescimento e apresenta algumas especificidades que geram ótimas condições para os profissionais. Portanto, se você planeja se profissionalizar, aprofundar seus conhecimentos e crescer na carreira, fazer uma pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pode ser uma opção interessante para a sua carreira.

Ficou curioso e quer saber mais sobre a área? Então, continue a leitura deste artigo, confira as informações que trouxemos neste post e saiba por que vale a pena fazer essa especialização e acrescentar essa experiência ao seu currículo profissional. Confira!

O que é a engenharia de segurança do trabalho?

A segurança do trabalho é um campo em evidência no Brasil, já que nosso país apresenta índices alarmantes de afastamentos e morte por acidentes de trabalho. Por isso, esse tema é tratado em legislações específicas da área e passa por regulações e fiscalizações cada vez mais rígidas para garantir as melhores condições de trabalho.

Toda essa preocupação não é à toa: de 2012 até 2019, foram cinco milhões de acidentes envolvendo trabalhadores e 18 mil mortes, de acordo com o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho. Para ter uma ideia desse impacto, os gastos com afastamentos acidentários já ultrapassaram os 85 bilhões de reais no mesmo período.

Dessa forma, é fundamental que as empresas adotem algumas práticas para garantir maior segurança no ambiente de trabalho. No artigo 157 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), está expresso exatamente que cabe às empresas:

I — cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho;

II — instruir os empregados, através de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes do trabalho ou doenças ocupacionais;

III — adotar as medidas que lhes sejam determinadas pelo órgão regional competente;

IV — facilitar o exercício da fiscalização pela autoridade competente.

Além dessa lei, o Ministério do Trabalho tem Normas Regulatórias (NRs) que colocam as regras para presença e a atuação de equipes de segurança em empresas. Na NR 4 é estabelecido que os serviços de engenharia de segurança e medicina do trabalho devem ser dimensionados de acordo com o risco da atividade principal da empresa e com o número de funcionários dela.

A função da engenharia de segurança do trabalho é garantir que sejam cumpridas todas as normas técnicas de modo a promover a saúde e a segurança dos trabalhadores na realização de suas funções. Isso envolve eliminar ou reduzir os riscos de acidentes, além de montar projetos de estímulo à qualidade de vida na empresa.

É importante diferenciar a atuação do engenheiro e do técnico de segurança do trabalho. No primeiro caso, trata-se de uma formação de nível superior e pós-graduação. Assim, esse profissional é responsável por funções de gestão do setor. Já os funcionários com formação técnica realizam as atividades orientadas pelo engenheiro.

Quais são as vantagens de se especializar nessa área?

Para Claiton Mesacasa, professor titular da pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho da UCEFF Chapecó, essa é uma área muito vantajosa, tanto no quesito financeiro quanto no pessoal e profissional. O professor destaca que os empresários têm cada vez mais interesse por profissionais que trabalhem com esse serviço.

Um dos motivos é que as empresas precisam se adequar às normas. Portanto, a contratação desse profissional é indispensável. Além disso, elas valorizam o trabalho de prevenção de acidentes, pois ele é um fator essencial na redução de custos. Pagar multas ou resolver um acidente é mais caro do que uma equipe e projetos de segurança.

O setor de segurança também é um dos principais fatores de competitividade de uma organização. Afinal, eles trabalham com seu maior recurso: os colaboradores. Uma atuação eficiente do engenheiro aumenta o índice de satisfação dos funcionários, fazendo com que se sintam mais valorizados e seguros na empresa, focados apenas no trabalho.

Ou seja, isso impacta diretamente o aumento da produtividade e a diminuição da rotatividade. Para as empresas, portanto, é fundamental e essencial contar com profissionais capacitados para esse setor, garantindo que todos possam se concentrar apenas na execução das suas atribuições no ambiente de trabalho.

Outro fator relevante é que as empresas obtêm benefícios ao receber certificações internacionais em saúde e segurança dos funcionários. Por todos esses motivos, o engenheiro de segurança do trabalho tem posição de destaque no planejamento estratégico de um empreendimento.

Assim, é uma área profissional bastante vantajosa e com ótimas perspectivas. Que tal, então, conhecer quais são as vantagens para o seu currículo ao se especializar em Engenharia de Segurança do Trabalho? Listamos alguns pontos importantes, confira!

Diferencial de mercado

Dentro de um mercado cada vez mais competitivo, é fundamental adicionar especializações ao seu currículo e, assim, conseguir se destacar em relação aos principais concorrentes pelas vagas. A graduação já não é mais o suficiente para se diferenciar, e uma pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pode fornecer esse extra.

Networking

Fazer contatos também é outra vantagem de se matricular em uma pós, já que você vai lidar com profissionais de diferentes áreas, podendo trocar informações relevantes e conhecimento, além de ser uma excelente oportunidade para abrir novas portas. Afinal, algum colega de classe pode, no futuro, indicar o seu currículo para alguma vaga.

Promoção

Para quem almeja cargos mais altos dentro da empresa, uma especialização pode acelerar esse caminho, passando a mensagem para os seus superiores de que você está sempre buscando por aprendizado e qualificação. Além disso, você adiciona mais recursos ao seu currículo, o capacitando, por exemplo, para cargos de gestão ou supervisão.

Atualização dos conhecimentos

O que foi aprendido na graduação é essencial, porém a nossa sociedade se atualiza cada vez mais rápido e, assim, é preciso estar em constante aprendizado sobre novas práticas, técnicas e conceitos da sua área de atuação. A pós-graduação, além do foco em determinado assunto, também serve como uma ferramenta para atualização dos conhecimentos.

Aumento salarial

De acordo com um estudo da Catho, para profissionais graduados (como médicos e engenheiros), o aumento salarial por conta de uma pós-graduação ou MBA chega, em média, aos 47,5%. Nada mal, certo? Portanto, além de todas as vantagens discorridas acima, você ainda pode ser mais valorizado ao final de cada mês.

Qual é o mercado de trabalho para engenheiros de segurança?

Como falamos, existem amplas oportunidades para profissionais com essa especialização no mercado. A lei determina que mesmo empresas de pequeno porte devem realizar serviços de segurança do trabalho. Dessa forma, há diversos postos abertos, seja em trabalho formal, seja em consultorias autônomas.

O engenheiro de segurança do trabalho pode atuar desde em empresas pequenas até em grandes indústrias, tanto públicas quanto privadas. Entre suas funções, as principais são a liderança do setor e o planejamento e fiscalização de projetos de segurança e bem-estar para funcionários.

O engenheiro é responsável por coordenar a equipe de segurança do trabalho em atividades como: avaliação dos ambientes da empresa, preparação de planos de prevenção de riscos, execução de treinamentos e ações educativas, intervenção em perigos operacionais e elaboração de laudos técnicos. Além disso, também é de sua responsabilidade acompanhar funcionários que passaram por algum tipo de acidente laboral.

Como atuar nessa carreira?

Para trabalhar com engenharia de segurança do trabalho é preciso ter a especialização na área, pois a pós-graduação funciona como habilitação nesse caso. O requisito para fazer o curso e realizar a função é ter formação superior em arquitetura ou alguma das engenharias. Essa é uma exigência prevista pela Lei nº 7410, de 1985.

Outros profissionais podem cursar a especialização nessa área, mas, nesses casos, ela não funciona como habilitação para o exercício da função de engenharia. Para quem é formado em outras graduações, a pós concede apenas o título de especialista — dessa forma, é possível atuar em equipes de segurança, mas não no cargo de gestão.

A instituição que oferece o curso precisa ser cadastrada junto ao Ministério da Educação (MEC) e ao Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA). Ao fim da especialização, o profissional recebe o título de engenheiro de segurança do trabalho e deve se registrar como tal no Ministério do Trabalho.

A pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho tem carga horária de 652 horas/aula e capacita o profissional para realizar a função em todo o Brasil. Para garantir a qualidade da formação, é muito importante se certificar das vantagens que a faculdade oferece, como corpo docente qualificado.

Além disso, quem deseja se destacar e seguir nessa carreira não deve focar apenas no curso. Para o professor Claiton Mesacasa, buscar experiência na área também é fundamental. Não deixe de aproveitar as práticas do curso e construir um bom currículo. Ter um networking também é um ponto relevante para aproveitar as oportunidades do mercado.

Percebeu como vale a pena seguir carreira na engenharia de segurança do trabalho? Se você tem interesse na área e quer crescer profissionalmente para almejar cargos mais altos e valorizados no mercado de trabalho, uma pós-graduação pode ser o caminho mais fácil para que você atinja os seus objetivos traçados anteriormente.

Agora que você já sabe mais sobre a especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, que tal encontrar uma instituição de ensino que possa ajudar você a dar o próximo passo na sua carreira profissional? Entre em contato conosco, conheça os nossos cursos, corpo docente e infraestrutura para escolher a melhor opção para o seu futuro!

Facebook Comments