Veja como melhorar a concentração e crescer ainda mais na carreira

6 minutos para ler

Muitas pessoas em busca de um maior desenvolvimento pessoal para subir na carreira se questionam a respeito da mesma coisa: como melhorar a concentração no trabalho? Afinal, quanto maior a habilidade que o indivíduo tem para focar nos afazeres da rotina, mais proativo, produtivo, perfeccionista e zeloso com prazos ele é. Ou seja, características vistas como indispensáveis para o profissional do futuro.

Se você também compartilha dessa dúvida, não se preocupe! Neste post, estão algumas dicas essenciais de autoaperfeiçoamento que podem ser colocadas em prática para melhorar e aprofundar a sua performance no local de atuação. Confira e saiba mais!

Divida o trabalho em etapas

A primeira dica que pode ser adotada é dividir os seus afazeres diários em etapas para otimizar o tempo e colocá-los em uma linha cronológica. Isso é muito útil, por exemplo, para atividades feitas em conjunto pela equipe ou que costumam passar por várias estações de trabalho até chegar em você.

Outra boa aplicação dessa medida é quando você realiza mais de uma função na empresa. Logo, a divisão de tarefas em etapas vai ajudar a reduzir erros causados por confusões e pela mistura de atividades com finalidades diferentes.

Defina as suas prioridades do dia

Se você precisa trabalhar sob pressão e tem prazos curtos para concluir suas tarefas em um determinado dia, adote um checklist de prioridades. Desse modo, você pode se dedicar ao que realmente é mais urgente, adiantar algumas entregas e ter um intervalo de tempo para realizar possíveis refações sem comprometer o restante das suas demandas semanais.

Ao se habituar a essa prática, você pode até estendê-la ao longo da semana, montando, dessa vez, um cronograma com base nas metas do departamento e no seu desempenho nos dias anteriores como forma de autoincentivo para melhorar cada vez mais.

Elimine incômodos no ambiente

Melhorar a concentração é importante porque essa é uma habilidade requisitada em diversos momentos do seu dia: ao participar de uma reunião ao vivo ou por videochamada, ao apresentar dados do setor à equipe, ao atender a demanda de um cliente, ao redigir contratos para fornecedores e parceiros comerciais etc.

Por tal razão, é necessário que o seu ambiente de trabalho seja um local livre de incômodos e distrações. Para tanto, retire tudo aquilo que não é usado regularmente, pode emitir sons de surpresa, é capaz de lançar odores no ar e tem um alto potencial chamativo. Por exemplo, cafeteiras, torradeiras, esculturas, assistentes virtuais, telas decorativas e murais de fotos.

Mantenha-se saudável física e mentalmente

Quando a sua saúde é deixada de lado, você logo sente os efeitos no dia a dia. Cansaço mental, dores e tensões na musculatura, insônia, fome irregular, irritação e estresse constantes e por aí vai. Tudo isso acaba prejudicando o seu potencial de concentração e reduzindo o seu comprometimento com a qualidade das tarefas que executa.

Por isso, procure cuidar mais do seu bem-estar físico e psicológico. Como? Fazendo exercícios, alimentando-se de maneira mais regular e equilibrada, estudando sobre inteligência emocional na aprendizagem e na vida profissional etc.

Escute músicas para melhorar a concentração

Quando sugerimos escutar música para se concentrar, muita gente pode estranhar e até dizer que fazer isso enquanto trabalha pode ser como dar um “tiro no próprio pé”. Afinal, as pessoas vão acabar se distraindo pelas letras e as batidas das canções.

No entanto, a verdade é que há, sim, uma correlação positiva entre a música e os processos cognitivos. Um estudo de 2012 da Universidade de Tennessee, em Chattanooga, por exemplo, detectou que a música clássica — aquela marcada só por instrumentos e ritmo estável — tem um efeito valioso no nosso cérebro enquanto estamos ocupados realizando diferentes tarefas.

Ela contribui para aumentar a atenção, otimizar a memória, expandir o senso perceptivo difuso — a capacidade de acompanharmos mudanças ao redor sem tirarmos o foco do que fazemos — e reduzir pensamentos desconcertantes e alienadores. O resultado, é claro, não poderia ser outro: nossa disposição cresce e nos tornamos superprodutivos.

Por isso, comece a fazer um teste no seu trabalho e veja o resultado. Para ajudar, aqui vai uma sugestão: use streamings de música, como Deezer, Shazam, Amazon Music e Spotify, que já contam com playlists prontas para serem reproduzidas. Assim, você não precisa se preocupar em pesquisar por canções e criar uma lista delas do zero, ok?

Faça pausas periódicas

Todas as sugestões dadas até então são bastante úteis. Porém, não podemos encerrar, sem falar para você sobre pausas durante o seu serviço. O motivo é simples: você não é uma máquina que pode trabalhar ininterruptamente. Embora, a princípio, pareça a melhor opção para adiantar as tarefas, entregá-las antes do tempo e cumprir com folga os prazos, ela logo se mostra falha.

Isso porque você é humano e, como tal, está sujeito a ficar cansado — e isso se reflete de imediato na sua atenção, no seu raciocínio e na sua memória. Ou seja, são grandes as chances de cometer erros e ser necessário tempo extra para as refações.

Por isso, ao terminar uma etapa do trabalho, tire entre cinco a 15 minutos de pausa. Aproveite tal período para se alongar, se hidratar e fazer pequenos lanches, botar o papo em dia com os colegas, meditar ou quem sabe aproveitar para recuperar o hábito de ler e estimulá-lo. Com esse costume, você vai se sentir renovado e pronto para dar o máximo de si na próxima etapa de afazeres.

Resumindo o que você leu até aqui: melhorar a concentração no trabalho é um processo que envolve uma série de medidas, como cuidar de corpo e mente, eliminar as distrações no ambiente, organizar a sua jornada laboral por prioridades e planejar suas atividades em etapas com pausas para evitar sobrecarga. Porém, ao colocar isso em prática, o resultado obtido é um aumento da concentração e uma melhora gradativa na qualidade dos seus afazeres — e isso se aplica, inclusive, a quem faz home office.

Curtiu ler este artigo? Então não deixe de assinar a nossa newsletter. Assim, você acompanha outros conteúdos importantes sobre as mudanças e novas perspectivas do mercado de trabalho e planeja com precisão sua carreira!

Facebook Comments
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This