Faculdade no segundo semestre ou no primeiro semestre? Entenda aqui

faculdade no segundo semestre
6 minutos para ler

Você sabia que é possível ingressar na faculdade no segundo semestre? Diversas instituições de ensino abrem um novo período de matrículas no meio do ano para quem não quer esperar mais seis meses para começar as aulas no ensino superior.

Para isso, você precisa apresentar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) da última edição para se inscrever em um curso de graduação. Também é possível aproveitar os programas do governo, como o SiSU, Prouni e FIES, independentemente do período do ano em que pretende realizar a sua matrícula.

A seguir, entenda como funciona a entrada na faculdade no segundo semestre. Boa leitura!

Como ingressar na faculdade no segundo semestre?

Muitos estudantes acreditam que para iniciar os estudos na faculdade é preciso se inscrever logo no início do ano. No entanto, é totalmente possível começar as aulas no segundo semestre, caso você tenha perdido a matrícula no primeiro, ou ainda não tenha se decidido em relação à graduação.

Essa é uma maneira de evitar a espera até o próximo ano para ingressar em uma instituição de ensino superior. Geralmente, o processo seletivo para o segundo semestre tem menos concorrência que o primeiro e, independentemente do momento que você entra na faculdade, as condições do curso e do diploma são as mesmas.

Se você deseja começar a estudar no meio do ano, é fundamental ficar atento aos prazos e aos critérios das inscrições em cada faculdade. A seleção ocorre por meio de vestibular agendado ou aproveitamento da nota do Enem, o que aumenta significativamente as suas chances de conseguir uma matrícula no ensino superior.

Com isso, você terá acesso aos mesmos professores, diploma, oportunidades e formação acadêmica, como se estivesse começando no primeiro semestre. Até porque, o curso tem tanta qualidade quanto os que são disponibilizados no final e início do ano.

É mais vantajoso entrar na faculdade no primeiro ou no segundo semestre?

Ainda que não existam diferenças entre os cursos do primeiro e do segundo semestre, o ideal é não esperar até o meio do ano para entrar na faculdade. Ao se matricular no início do ano, por exemplo, você terá mais chances de sair na frente e de se antecipar no mercado de trabalho.

Mesmo assim, há algumas vantagens em se inscrever no segundo semestre. No geral, as instituições de ensino oferecem bolsas e descontos para as vagas do meio do ano, pois a demanda e procura tende a ser menor. Além disso, algumas faculdades não exigem vestibular no segundo semestre, assim, é possível que você não precise realizar uma avaliação para começar os estudos.

Caso queira esperar um pouco mais para fazer a escolha pela graduação após o ensino médio, talvez seja vantajoso optar pelo segundo semestre para ter mais tempo para se preparar e avaliar se o curso escolhido realmente é o que você deseja seguir como carreira.

No entanto, ingressar no primeiro semestre ainda é a opção mais benéfica para quem quer acelerar o aprendizado e se inserir rapidamente no mercado de trabalho. É também no início do ano que surge grande parte das oportunidades de estágio.

Por isso, para definir o que é melhor para você, será preciso refletir sobre as suas prioridades. Caso já tenha certeza do curso que deseja fazer, o primeiro semestre pode ser a melhor alternativa. Mas se não tiver se decidido e continua com dúvidas em relação à graduação, esperar até o início das inscrições para o segundo semestre pode ser melhor.

Quais instituições de ensino aceitam inscrições no segundo semestre?

Se você perdeu o prazo de matrícula para o primeiro semestre letivo, saiba que grande parte das instituições de ensino superior abrem processos seletivos para o meio do ano. Inclusive, isso também vale para quem não conseguiu nota suficiente no vestibular ou no Enem e quer tentar ingressar novamente na faculdade.

Antes de escolher uma instituição de ensino, é fundamental pesquisar sua reputação e se o campus tem autorização do Ministério da Educação (MEC) para funcionar. Só assim o diploma do curso terá validade e reconhecimento em território nacional.

Também é interessante avaliar se a faculdade aceita programas de financiamento e se oferece bolsas e descontos na mensalidade. Geralmente, os preços no segundo semestre tendem a ser menores, o que acaba favorecendo a inscrição dos candidatos.

UCEFF

A UCEFF abre seu processo seletivo duas vezes ao ano, no primeiro e no segundo semestre. O vestibular é a principal forma de ingresso para os cursos de graduação. A cada semestre, uma data é marcada para a realização da prova.

A avaliação conta com questões de conhecimentos gerais e os conteúdos específicos das disciplinas cursadas no ensino fundamental e médio. Além da prova objetiva, o candidato também precisa fazer uma redação para avaliar a capacidade de escrita, interpretação e argumentação.

Qualquer pessoa pode se inscrever nos cursos e no vestibular da UCEFF, desde que apresente a certificação de conclusão do ensino médio ou, ainda, esteja perto de concluir os estudos. O boletim de desempenho do Enem também é aceito para ingressar na faculdade, desde que atenda aos requisitos determinados pela instituição.

Outra maneira de participar do processo seletivo da UCEFF é optando pela prova agendada, que permite ao aluno se inscrever a qualquer momento com diferentes opções de datas para a avaliação individual.

Atualmente, a UCEFF conta com cinco campi no estado de Santa Catarina: Centro Universitário em Itapiranga, Centro Politécnico, Unidade Central em Chapecó, Unidade em São Miguel do Oeste e um polo próprio no município de Caçador, em parceria com o CETESC — Cursos Profissionalizantes. O estudante pode escolher as seguintes modalidades de ensino: presencial, semipresencial e a distância.

O indicado é avaliar qual dos polos da UCEFF fica mais próximo de você e o formato de aulas que melhor atende às suas necessidades. Caso precise de mais flexibilidade para conciliar o trabalho com os estudos, por exemplo, a educação semipresencial ou EAD podem ser boas alternativas.

Agora que você já sabe que é possível iniciar a faculdade no segundo semestre, cabe apenas a você tomar a melhor decisão para o seu futuro. Lembre-se de que as condições de formação são as mesmas, tanto no início quanto no meio do ano. A vantagem de ingressar no ensino superior no primeiro semestre é que você já sai na frente da concorrência, tendo muito mais chances de antecipar a sua trajetória no mercado de trabalho.

Gostou do conteúdo? Entre em contato com a equipe da UCEFF agora mesmo para conhecer o nosso processo seletivo!

Facebook Comments
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This