Está prestes a entrar em uma nova faculdade e já tem receio quanto à recepção dos veteranos? Não se preocupe! A imagem do trote universitário humilhante e violento, felizmente, está se modificando. Sua entrada em uma nova faculdade, assim, pode ser um momento divertido e também capaz de promover o bem a outras pessoas.

As opções, afinal, são variadas e vão desde trotes solidários a ações de levantamento de recursos para uma causa social, na qual os calouros, conhecidos informalmente como “bichos”, vão à rua para pedir apoio da população.

Com isso, o trote universitário também se torna uma vivência de confraternização agradável, ótimo para você fazer amizade com seus novos colegas de turma e beneficiar aqueles que não têm ou não tiveram as mesmas oportunidades em suas vidas. Para saber mais sobre como esse momento pode ser algo positivo, continue a ler este post!

O surgimento do trote universitário

Já parou para se perguntar desde quando essa tradição existe? Há registros de que o trote surgiu nas universidades europeias, em meados do século XV, já nas primeiras instituições de ensino, com destaque às de países como a Alemanha.

Neles, os veteranos expunham os novos alunos a situações de violência, independentemente de sua idade, e os ameaçavam caso não fizessem o prometido.

Além disso, por datarem da Idade Média, havia necessidades de profilaxia, como queimar roupas e raspar os cabelos dos estudantes novos a fim de evitar a proliferação de doenças entre a comunidade estudantil.

O trote universitário, assim, chegou ao Brasil com as mesmas tradições violentas. Apenas recentemente, todavia, entre o final dos anos 90 e início dos anos 2000, após casos extremos, como a morte de um estudante de Medicina na Universidade de São Paulo (USP), passou a ser questionado e oficialmente proibido nas instituições de ensino.

Para substituí-lo, há cada vez mais iniciativas interessantes, como trote solidário e atividades de integração capazes de fazer com que você se sinta muito mais confortável diante do início dessa nova fase importante da sua vida.

A integração entre alunos

Os eventos de integração, sem situações constrangedoras obrigatórias (como raspar o cabelo), dão oportunidades de calouros e veteranos se conhecerem melhor e trocarem dicas sobre a vivência na universidade.

Ótima ocasião também para você que está começando conhecer seus colegas de classe, em uma verdadeira recepção, voltada a aproximar e a incentivar a formação de novas amizades. Em atividades integrativas, todos conhecem melhor suas preferências, gostos em comum e criam os primeiros laços para que possam compartilhar anos tão importantes de suas vidas.

A importância do trote solidário

Passou no vestibular, está extremamente feliz com a nova fase e descobriu que seu local de estudo fará um trote solidário? Boa perspectiva, não? Diferentemente do trote vexatório, esse formato tem a cidadania e a solidariedade como objetivos principais.

Nele, os alunos conseguem retribuir em serviços às comunidades em que vivem, o que possibilita que o novo período de aprendizado de suas vidas comece com ações inspiradoras.

Conheça a seguir alguns tipos de trote solidário:

Arrecadação de alimentos e brinquedos

Como destacamos, há diferentes opções de trote solidário. Uma delas é a arrecadação de alimentos e de brinquedos para comunidades carentes. Itens básicos, necessários à rotina, tais quais arroz, feijão, açúcar, macarrão, leite etc.

Com o incentivo, as turmas se movimentam para obter o máximo de itens a fim de levá-los a quem necessita. Normalmente, as doações são feitas a creches, lares de apoio a doentes ou a moradores de rua, asilos e outras organizações.

Nesses casos, é muito enriquecedor para o estudante participar das entregas, já que estabelece contato com as pessoas e desenvolve um sentimento mais intenso de gratidão pela nova oportunidade que experimenta.

Atividades de incentivo à leitura

Você, enquanto calouro, é frequentemente reconhecido pelos estudos e pelos conhecimentos que está a desenvolver. Assim, é natural que se envolva com atividades de trabalho comunitário e incentivo à leitura, excelentes alternativas para o trote universitário.

O bom conhecimento, afinal, é aquele que se passa adiante. A instituição de ensino pode promover encontros na biblioteca e ações itinerantes que levem livros a crianças e a adultos de áreas mais afastadas da cidade em que se localiza.

Doação de sangue e medula óssea

Iniciar um curso universitário é uma oportunidade para você obter novos aprendizados, especializar-se e, mais adiante, se preparar para retribuir à população, com o trabalho exercido, um pouco de tudo que experimentou.

Em alguns casos de trote solidário, a contribuição pode vir antes e em sua forma mais literal: com saúde e auxílio a quem deles precisa em momentos decisivos de sua vida.

Estimular a doação de sangue e medula óssea entre um grupo de jovens saudáveis é um passo fundamental para conscientizá-los sobre um dos vários papéis de transformação que têm no mundo.

Até os que têm receio dos procedimentos, nesses casos, podem se entusiasmar a participar acompanhados dos novos colegas, em um grande clima de alegria.

Visitas a orfanatos e asilos

Além da arrecadação de materiais, às vezes uma simples visita pode ser o necessário para levar alegria a outras pessoas. Quando calouros se unem para visitar crianças carentes ou idosos que vivem em asilos, todos têm a chance de se aproximar, experimentar momentos emocionantes e desenvolver a empatia pelo outro.

Nessas experiências, vale contar histórias, fazer brincadeiras ou simplesmente contribuir com atenção e com uma palavra amiga a quem pode estar bastante solitário.

Trabalho voluntário

Alternativas de trabalho voluntário, como ações culturais na faculdade que envolvam a comunidade e atividades de clínica, promovidas por estudantes de Medicina Veterinária e Odontologia, são opções para tornar o ingresso na faculdade mais alegre e envolvente.

A partir delas, é possível também incentivar a população local a conhecer mais sobre o local de estudos e incentivar o ingresso de outros jovens, no futuro, em um curso de educação superior.

Assim, sem causar quaisquer constrangimentos ou situações violentas, todos dão início, juntos, a um período de obtenção de novos conhecimentos e formação de amizades em que o bem e as motivações positivas prevalecem. A faculdade, afinal, é um dos rumos para ter um caminho de sucesso e, nele, o trote universitário é o primeiro passo.

Gostou de conhecer as opções que apresentamos e também tem outros amigos calouros? Então compartilhe nosso post com eles em suas redes sociais!

 

Facebook Comments