Use sua nota do ENEM e ganhe 50% de desconto na matrícula.Powered by Rock Convert

Eles são responsáveis por muitas evoluções na nossa sociedade! Sem dúvida, os empreendedores estão entre as peças fundamentais para o desenvolvimento de um país. No Brasil, essa área tem sido cada vez mais estimulada e vem se tornando bastante vantajosa. Quer saber se você tem o perfil empreendedor para aproveitar essa tendência?

As habilidades para empreender não são estáticas e não nascem com a pessoa. Mais do que um dom ou algo natural, desenvolver uma mente empreendedora requer muito interesse e trabalho duro. Quer conhecer as características essenciais para esse perfil e descobrir como desenvolvê-las? Acompanhe as informações que trouxemos neste post!

Criatividade

Essa é uma das competências mais exploradas por quem tem o perfil empreendedor. Em geral, a mente de quem tem vontade de abrir um negócio e desenvolver suas próprias ideias tem outra lógica de funcionamento. Empreendedores conseguem enxergar grandes oportunidades em lugares que a maioria das pessoas vê apenas obstáculos.

Embora alguns tenham essa capacidade mais aflorada, você não precisa desistir de um sonho por não perceber as coisas dessa maneira. Ao contrário do que muitos acreditam, a criatividade não é um dom limitado aos artistas ou pessoas brilhantes. Na realidade, ela tem muito a ver com a nossa história de vida e nossas aprendizagens.

Pessoas criativas geralmente tem maior repertório de vida. Ou seja, quanto mais conhecemos alguma área ou assunto, maior será nossa capacidade para criar. E atenção: nem sempre a criatividade está relacionada ao desenvolvimento de algo inédito. Um grande negócio também pode surgir como alternativa para coisas que já existem.

Um empreendedor tem a habilidade de avaliar os cenários e perceber oportunidades de negócio. As empresas sempre surgem para resolver algum problema percebido no mercado consumidor (ou melhorar as soluções atuais). Quer ser mais criativo? Pesquise muito, solte a imaginação e não tenha medo de propor o diferente.

Interesse em aprender

Uma ideia criativa não é suficiente para iniciar e consolidar um empreendimento. Não é à toa que os primeiros anos de uma empresa são os mais difíceis — muitas acabam fechando antes do terceiro ano de funcionamento. Além de pensar em um bom negócio, é fundamental saber como se manter no mercado.

Por mais que esse seja um desafio, o empreendedor não precisa iniciar sua empresa com conhecimentos técnicos profundos. Ter iniciativa e interesse em aprender já é suficiente. Com essas habilidades, fica mais fácil acompanhar as necessidades do mercado e saber como responder a elas.

A aprendizagem não é importante apenas para colocar uma ideia em prática, mas deve acompanhar você durante toda a vida da empresa. Quem tem o perfil empreendedor está preocupado em se atualizar constantemente para manter a saúde financeira da companhia e encontrar oportunidades de crescimento.

Identificação com a área

Um empreendedor de sucesso sabe que a escolha do serviço que pretende oferecer é um dos fatores mais decisivos na consolidação da empresa. Conhecer o mercado em que atua e se identificar com a área de trabalho é fundamental para oferecer qualidade de atendimento e boas experiências para os clientes.

A lógica é simples: ao abrir o próprio negócio você vai dedicar boa parte do seu tempo e energia para esse trabalho. Quando ele está relacionado a coisas que você já gosta de fazer, é muito mais fácil se envolver na função, ser criativo e ter prazer em aprender sempre mais.

Por isso, se você quer desenvolver o seu perfil empreendedor, comece elencando as suas áreas de interesse. Trilhar um caminho apenas porque ele parece mais vantajoso no momento pode ser uma escolha precipitada. O mercado muda bastante — e você vai precisar de uma dose de paixão pela área para acompanhá-lo.

Iniciativa e liderança

Essas duas habilidades destacam as pessoas que têm o perfil empreendedor. Para ter o seu próprio negócio, você precisa ocupar o papel de líder. Isso vale, principalmente, para quem vai gerenciar equipes de trabalho — mas não deixa de ser importante para os empreendedores individuais.

A sobrevivência e o sucesso da ideia vão depender diretamente do seu esforço. Portanto, ter iniciativa para notar oportunidades e tomar decisões acertadas é uma habilidade que você precisa desenvolver. É claro que isso não se aprende instantaneamente. Mas você pode — e deve — se capacitar para o trabalho.

Ter conhecimento para calcular riscos e coragem para se expor a eles também são aspectos muito importantes para quem quer empreender. Com o objetivo de melhorar sua competência em gestão, vale a pena investir em cursos e até mesmo em consultorias com profissionais da área administrativa.

Habilidade de comunicação

Muito do trabalho do empreendedor exige um bom relacionamento interpessoal — seja para lidar com fornecedores, funcionários, clientes e até com sócios e investidores. Saber se comunicar e usar essas relações para ampliar o networking é fundamental para o sucesso de uma companhia.

Você pode conquistar muitas vantagens competitivas ao construir parcerias sólidas com seus fornecedores, por exemplo. Da mesma forma, a experiência positiva do cliente amplia suas oportunidades no mercado. Por fim, a habilidade de comunicação ajuda você a gerir os colaboradores com sabedoria, ouvindo e mediando a equipe sempre que necessário.

Quer saber se você tem perfil para se tornar um empreendedor? Avalie sua inteligência emocional e identifique suas habilidades interpessoais. Se você considera que esses são pontos a serem melhorados, é possível investir nisso e desenvolver novas competências.

Planejamento financeiro

A capacidade de planejar e organizar as finanças é outra competência que o empreendedor utiliza muito em seu trabalho. Inicialmente, é importante ter clareza do quanto será preciso investir e de quanto tempo levará para obter retorno financeiro. Não se pode esperar que a empresa já ofereça um lucro significativo nos primeiros meses.

Por isso, é fundamental planejar estrategicamente a contabilidade empresarial. Conhecer a realidade do mercado, estar preparado para as dificuldades e traçar metas financeiras ajuda a iniciar e manter o empreendimento com tranquilidade. Também é importante ter resiliência para enfrentar os obstáculos e reestruturar seus planos quando necessário.

Essas são as características essenciais de quem tem o perfil empreendedor. Você não precisa ser excelente em todas elas para abrir uma empresa. Sempre é possível aprofundar as habilidades que você tem e desenvolver novas competências com cursos de graduação, MBA ou uma especialização. São investimentos que valem a pena!

E então, gostou do texto? Compartilhe este post nas suas redes sociais e motive novos empreendedores a perseguirem seus sonhos!

Facebook Comments