As cada vez mais conhecidas startups representam um conceito moderno no mercado de trabalho e chamam a atenção por inovar e trazer tendências tecnológicas à sociedade. Por isso, trabalhar em startup se tornou a meta de diversos profissionais.

Além de um ambiente profissional mais criativo, esse novo modelo de trabalho está diretamente relacionado às transformações digitais e à quebra dos conceitos tradicionais de atuação. Tanto é que a idade média das equipes presentes em startups é menor, atraindo muitos jovens e profissionais recém-formados.

Se você tem interesse em trabalhar em startup e se tornar um profissional do futuro, continue a leitura e veja o que fazer para alcançar o seu objetivo!

Quais são as principais características de uma startup?

Uma startup é um tipo de empreendimento que tem como meta expandir a presença de suas ações no mercado, além de causar um forte impacto na sociedade. A ideia é desenvolver um negócio que possa crescer consideravelmente, mudando o comportamento dos consumidores.

Airbnb e Uber são dois exemplos de grades startups em nossa sociedade. A primeira empresa alterou o modo de busca e utilização de hotéis e pousadas, considerando a possibilidade de pernoitar em casas alheias ou alugar apenas o quarto em um local compartilhado. Já o Uber foi um grande avanço no setor de transportes, barateando o serviço dos taxistas e alterando o modo de trabalho.

As startups se diferenciam de empresas tradicionais a partir da busca por inovação. A sua criação tem como base responder a seguinte pergunta: como solucionar problemas enfrentados pela sociedade? A partir de uma demanda valiosa, startups de sucesso podem surgir e conquistar um espaço importante no mercado.

A rotina de uma startup também conta com meios de trabalho diferentes dos tradicionais. Em alguns locais, não há horários definidos para entrada e saída dos funcionários, existe a possibilidade de home office e o traje de trabalho é informal. Como resultado, um ótimo ambiente é gerado.

Por que vale a pena trabalhar em startup?

O primeiro motivo para trabalhar em uma startup diz respeito à vantagem financeira: como esse tipo de empreendimento tem grande possibilidade de crescimento no mercado, os salários podem seguir a mesma tendência. Ou seja, em pouco tempo de trabalho o profissional consegue aumentar a sua renda mensal.

O ambiente de uma startup e a maior possibilidade de conexão entre a equipe também são dois bons motivos para buscar um emprego nesse ramo. Isso porque, em locais com maior flexibilidade e ausência de normas muito formais, os colaboradores se sentem mais à vontade e um clima ameno pode ser sentido.

Trabalhar no modelo home office, por exemplo, mesmo que em apenas alguns dias da semana, é uma outra vantagem. Quando é possível realizar o trabalho no conforto do próprio lar, o colaborador pode ter mais tempo de descanso, menos estresse com locomoção e, como consequência, acaba produzindo um trabalho de maior qualidade.

Se você ainda tinha dúvidas sobre tentar um emprego em uma startup, deu para perceber que esse tipo de empreendimento pode ser um ótimo local de trabalho, certo?

Como se destacar e conseguir um emprego em uma startup?

Veja, agora, o que fazer para ser um profissional diferenciado e conseguir um emprego em uma startup a partir de algumas dicas. Vamos lá?

Invista em sua qualificação profissional

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é essencial investir em sua qualificação profissional. Isso significa que, além da graduação, também é esperado do bom profissional a realização de cursos, pós-graduações e um forte currículo de trabalho.

Faça o seu trabalho com qualidade para contar, também, com boas recomendações profissionais — por vezes, uma boa recomendação feita por um chefe antigo pode significar a conquista da vaga almejada.

Cursos de idiomas, relacionados à tecnologia ou a projetos voluntários, também acrescentam pontos positivos ao seu currículo. Assim, investir em sua qualificação significa deixar os seus concorrentes para trás.

Amplie sua rede de contatos

Contatos pessoais ou profissionais sempre podem auxiliar na conquista de um bom emprego e, por isso, é esperado que o colaborador seja sempre cortês. Estar preparado para possíveis novos contatos também é importante: porte o seu cartão de visitas e utilize-o quando necessário.

Para ampliar a rede de contatos profissionais, participe de cursos em sua área e faça um bom networking. Lembre-se de que, a partir de contatos surgidos em eventos de trabalho, podem surgir ótimas vagas ou indicações.

Acompanhe as tendências na área

Também é preciso acompanhar as tendências na área e se manter informado: apenas assim você descobre se há uma vaga interessante disponível, se alguma startup abriu as portas em sua cidade ou se um curso foi recém-lançados para capacitação profissional.

Por isso, mantenha-se informado com as notícias diárias e conte com o auxílio de aplicativos profissionais. Com pequenas atitudes, você pode conseguir um ótimo emprego em seu ramo.

Não tenha medo de se arriscar

Por fim, o profissional de sucesso não tem medo de se arriscar. Mesmo que a atuação em uma startup seja novidade, enfrente os seus medos e busque traçar os caminhos para atingir o objetivo de trabalhar nesse tipo de empreendimento.

O currículo profissional tem um peso enorme, mas não é maior do que a experiência do profissional em cada ambiente de trabalho. Aprenda diariamente, busque trocar experiências com pessoas que você admira e não tenha medo de cometer erros. Arregace as mangas e faça um ótimo trabalho — independentemente de seu local de atuação.

Trabalhar em startup é o sonho de muitos profissionais e é algo que pode se tornar realidade com algumas dicas simples, apresentadas em nosso post.

Como abordamos, se você deseja ingressar nesse mercado, invista em qualificação profissional, amplie a sua rede de contatos, acompanhe as tendências na área e não tenha medo de arriscar. Depois, aproveite o novo ambiente de trabalho, solte a criatividade e consiga promover um bom impacto na sociedade. Faça parte de uma startup e não se arrependa!

Gostou de nossas dicas sobre o trabalho em uma startup? Se você ficou com alguma dúvida ou quer dar a sua opinião sobre o assunto, deixe um comentário no post!

Facebook Comments