Nos últimos anos, a segurança em processos industriais e em todas as áreas do trabalho vem sendo alvo de ações fundamentais — como a publicação de leis, a criação de cargos e a realização de pesquisas sobre acidentes e mortes no emprego. Tudo isso vem fazendo da Segurança do Trabalho um fator essencial em qualquer empresa.

Além das vantagens para todos os trabalhadores, que passam a ser expostos a menos riscos, essa tendência traz benefícios também para quem quer se profissionalizar no campo da segurança. Nesse sentido, o curso de pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho é uma ótima opção.

Que tal saber mais sobre esse assunto? Para trazer este conteúdo, conversamos com Claiton Mesacasa, professor titular desse curso na UCEFF, perito judicial e diretor técnico da C2 Fundações. Vamos lá?

A importância da Segurança do Trabalho

Como falamos, esse tema ganhou especial relevância nos últimos anos. No Brasil, há uma série de normas regulamentadoras da segurança e saúde no trabalho. Essa legislação especifica, entre outras coisas, o uso de equipamentos de proteção pelos trabalhadores e o funcionamento das equipes de Engenharia de Segurança do Trabalho.

Todo esse movimento em torno do assunto foi gerado pelos dados alarmantes em relação aos acidentes e mortes no ambiente laboral. A partir das diversas ações colocadas em prática, podemos ver uma diminuição no número desses casos. Essa é uma tendência bastante positiva, embora ainda seja necessário melhorar os índices na área.

A prática de Segurança do Trabalho não é apenas uma obrigação para as empresas, mas uma estratégia que gera muitos resultados para o empreendimento. Afinal, os benefícios não são vividos somente pelos trabalhadores, que têm sua saúde e integridade física preservada, mas também por toda a organização.

Um dos principais efeitos positivos para a empresa é a diminuição dos gastos com afastamentos, tratamentos médicos ou indenizações. Além disso, gestores que investem na segurança e saúde dos colaboradores contam com equipes mais motivadas e integradas à organização, o que reduz bastante a rotatividade.

Podemos citar também o aumento da produtividade, já que colaboradores que se sentem valorizados e protegidos no seu ambiente de trabalho vão produzir mais e melhor. Como você pode perceber, são vários os pontos que mostram a importância da Segurança do Trabalho não só para os funcionários, mas também para as empresas.

3 motivos para fazer uma especialização em Segurança do Trabalho

Depois de ler sobre a importância da Segurança do Trabalho, você provavelmente já está percebendo o quanto esse campo é promissor para quem quer se especializar na área. Então, veja a seguir 3 razões para fazer isso!

1. Ter mais oportunidades de emprego

O professor Claiton Mesacasa reforça que, no mercado de trabalho atual, a formação acadêmica não é mais suficiente para garantir boas oportunidades. Para ele, a especialização não é apenas um diferencial, mas uma necessidade.

Com isso, os profissionais que desejam ampliar suas oportunidades no mercado precisam dar novos passos na carreira após a graduação. E na escolha de um curso para continuar seu desenvolvimento profissional, é indispensável avaliar a realidade da área. Para Claiton, a especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho abre um vasto campo de atuação para os profissionais.

2. Entrar em um mercado em ascensão

Quem se especializa em Segurança do Trabalho entra em um campo sempre em crescimento. Afinal, o desenvolvimento das indústrias e das empresas abre novos postos de trabalho para engenheiros dessa área. O professor Claiton Mesacasa reforça: “com a modernização tecnológica nas diversas áreas, há cada vez mais a necessidade de Engenheiros de Segurança do Trabalho para elaborar, projetar, planejar e implantar os diversos sistemas de segurança necessários nas indústrias e demais áreas”.

Um fator importante nessa análise é lembrar que as ações de Segurança do Trabalho são obrigatórias no Brasil. Ou seja, todos os empreendimentos precisam ter uma equipe de profissionais dessa área ou contar com a consultoria de um Engenheiro de Segurança do Trabalho. Isso deixa o mercado sempre interessante para você.

3. Trabalhar em uma área de responsabilidade

Quer mais um motivo para se especializar em Segurança do Trabalho? A certeza de atuar em uma função que contribui para mudar vidas — e até salvá-las. O trabalho de um engenheiro nessa área é fundamental para melhorar os processos produtivos e garantir a integridade dos trabalhadores.

Assim, sua presença será indispensável e terá um efeito profundo na rotina de muitos funcionários brasileiros, independentemente de seu campo de atuação. Essa satisfação pessoal e senso de responsabilidade são vantagens para além dos atrativos de mercado ou salário.

A UCEFF é a sua escolha para se especializar em Segurança do Trabalho

Está convencido em fazer uma especialização e se tornar engenheiro de Segurança do Trabalho? Para alcançar o máximo sucesso nessa empreitada, você precisa escolher a instituição mais capacitada para apoiar sua carreira nesse campo. E, sem dúvida, a UCEFF é a melhor opção!

Nós temos excelência no que fazemos, sendo a maior instituição privada de Ensino Superior do oeste catarinense. Entre as principais preocupações de nossa faculdade, estão a busca constante pela qualificação docente e por metodologias e recursos que agreguem valor à formação de nossos alunos.

Dessa forma, você pode contar com a melhor especialização na área de Segurança do Trabalho. Vai estudar com professores qualificados e com experiência prática, o que impulsiona a aprendizagem no curso.

Nossa pós-graduação habilita o profissional para conhecer e garantir o cumprimento dos direitos trabalhistas e assegurar a saúde e o bem-estar dos colaboradores, mapeando e evitando riscos. O curso é voltado para graduados em alguma das engenharias ou Arquitetura.

A grade curricular da especialização foi montada visando à preparação completa do profissional. Por isso, abordamos disciplinas como:

  • Ergonomia;

  • Legislação e Normas Técnicas;

  • Administração Aplicada à Engenharia de Segurança;

  • Gerência de Riscos;

  • Higiene do Trabalho (agentes físicos, químicos, radiações, ambiente térmico e ventilação);

  • Psicologia Aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho.

  • Gestão Aplicada na Segurança em Trabalho em Altura;

  • Prevenção e Controle de Riscos;

  • Laudos e Perícias de Engenharia;

Na UCEFF, você tem uma formação em Segurança do Trabalho atualizada e eficiente. Com isso, pode aproveitar todas as vantagens desse campo e contribuir para a manutenção da saúde e integridade física dos trabalhadores do país. Com certeza, vale a pena conhecer o curso!

E então, está interessado na área? Entre em contato conosco e saiba como começar sua pós-graduação!

 

Facebook Comments