Saiba como comprar livros para faculdade economizando em 5 passos

Saiba como comprar livros para faculdade economizando em 5 passos
6 minutos para ler

Livros: impossível estudar sem eles, difícil encaixá-los no orçamento, não é mesmo? Pois é, todo universitário enfrenta um dilema pessoal em relação aos livros para faculdade, especialmente quando a grana está curta. Afinal, eles são caros!

Felizmente, existem algumas formas de conseguir o material que você precisa sem causar um grande rombo financeiro, especialmente para quem precisa pagar a faculdade. Selecionamos cinco sugestões para você. Confira!

1. Vá à biblioteca

A alternativa mais simples, barata e acessível é pegar os livros emprestados em uma biblioteca. Em geral, toda instituição de Ensino Superior tem uma biblioteca com alguns exemplares de cada livro das bibliografias de seus cursos. Em outras palavras: é muito provável que você consiga encontrar lá qualquer livro que seus professores vão pedir para as aulas.

A grande vantagem da biblioteca é que você não paga nada. Além disso, se você tentar comprar os livros para faculdade, logo vai ficar com uma limitação de espaço na sua casa; pegando emprestado os exemplares, isso deixa de ser um problema — e você poderá ler o quanto quiser.

Apesar de ser uma ótima opção, a biblioteca também tem seus lados negativos. Em primeiro lugar, é preciso ficar atento aos prazos de devolução; do contrário, você pode levar uma multa ou ser suspenso do uso desse serviço. Em segundo lugar, você terá que competir com os outros alunos pelos exemplares disponíveis. Em terceiro lugar, nada de grifar ou fazer anotações! Se isso é muito importante para o seu método de estudo, melhor buscar seus livros para faculdade em outro lugar.

2. Tire cópias

Qualquer universitário já tirou cópias de algum livro de faculdade; você não será a exceção, pode ter certeza! Essa não é a alternativa mais barata, mas resolve o problema se você precisa apenas de algumas partes do livro. Uma boa dica para gastar ainda menos é reunir todos os alunos da sala para fazer as cópias juntos. Assim, a quantidade maior garante um preço menor por folha.

O principal lado positivo, além do preço, é que o xerox ocupa menos espaço na sua casa. Você pode organizar todas as cópias em fichários. Se algum dia precisar se desfazer delas, também será mais fácil do que se desfazer de livros de verdade.

Na realidade, a reprodução não autorizada de livros (sejam para faculdade ou qualquer outro tipo) não é legal.

A prática de tirar cópias já está muito difundida e acaba sendo “aceita” porque, na real, a maioria dos universitários não tem condições financeiras para comprar toda a bibliografia obrigatória de seus cursos. Mas ser aceito não é sinônimo de ser correto! Cada vez que você faz xerox, o autor do livro não ganha nada pelo trabalho que ele teve em produzir a obra.

Portanto, evite tirar cópias de livros inteiros. Use esse método apenas quando precisar de partes específicas.

3. Converse com os veteranos

Os alunos mais adiantados no curso, seus veteranos, também podem ajudá-lo a conseguir os livros para faculdade gastando menos. Eles, com certeza, têm alguns livros que compraram no começo do curso e não usam mais, estando dispostos a vendê-los por um preço mais baixo do que o das livrarias.

Se a economia não for vantagem o suficiente, tenha em mente que a prática de comprar livros dos veteranos também é uma excelente maneira de ampliar e reforçar sua rede de contatos na faculdade!

Porém, existe uma grande possibilidade de que esses livros já estejam repletos de grifos e anotações nas margens, feitos pelo primeiro dono. Para algumas pessoas, é uma desvantagem. Mas, quem sabe, isso pode até ajudar você a entender melhor o conteúdo!

4. Procure nos sebos

Atualmente, não é preciso visitar pessoalmente os sebos para comprar livros usados. Você pode usar a versão online! O melhor exemplo é a Estante Virtual, que reúne os acervos de centenas de sebos do Brasil inteiro.

Como você tem acesso a vários livreiros, terá muitas opções de compra. Você pode encontrar exemplares de diferentes edições, em diferentes estados de conservação e, claro, com preços variados.

A desvantagem, nesse caso, é não poder ver o livro e colocar as mãos nele antes de comprar — o que acaba sendo um ponto negativo, especialmente quando falamos de livros usados. Para reduzir as chances de uma surpresa negativa na entrega, leia muito bem a descrição do item e observe, também, a avaliação do sebo e as reviews de quem já comprou!

5. Rache com os amigos

Certamente, seus amigos também vão enfrentar a mesma dificuldade que você para comprar livros para faculdade. Então, por que não dividir? Você pode reunir mais duas ou três pessoas e dividir o preço igualmente entre todos.

Aí fica a pergunta: e na hora de estudar? Bem, forme um grupo de estudos reunindo toda essa turma! Assim, além de economizar, você ainda torna a hora de estudar muito mais divertida e garante melhores notas.

Estudar juntos é uma forma de trocar ideias e compartilhar conhecimento. Então, dividir os livros pode fazer com que você seus amigos alcancem o sucesso nas provas. Além disso, depois que cada semestre acabar, vocês podem vender os exemplares e usar o dinheiro para a compra dos próximos. Assim, com o tempo, vão gastar cada vez menos!

Apesar de ser uma boa ideia, algumas divergências podem aparecer. Exemplos de situações de conflito:

  • uma das pessoas dá o calote, não trazendo a sua parte do pagamento da compra;
  • o colega que está com o livro vive “esquecendo” de trazê-lo quando os outros pedem;
  • depois que o livro não está mais sendo utilizado pelo grupo, duas ou mais pessoas fazem questão de ficar com ele.

Além do problema prático, esse tipo de conflito pode até prejudicar sua amizade! Então, a melhor forma de lidar com isso é estabelecendo, desde o começo, quais serão as responsabilidades do grupo em relação à compra e ao compartilhamento dos livros para faculdade — além de determinar quais serão as medidas para quem não seguir o combinado.

Agora que você já sabe como economizar comprando livros para faculdade, que tal conferir outras dicas sobre a vida de estudos na graduação? É só seguir o perfil da Uceff no Facebook e ficar de olho em nossas publicações!

Facebook Comments
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This