Se você não sabe o que são as palestras TED, você vai se surpreender com este artigo. Palestras TED são conferências curtas, que duram cerca de 20 minutos, altamente inspiradoras, apresentadas por grandes profissionais e líderes ao redor do mundo.

TED é a abreviação de Tecnologia, Entretenimento e Design. Esses eram os temas tratados originalmente, lá nos anos 1980, quando essas conferências tiveram início. Com a popularização desses eventos ocasionada pela Internet, hoje os assuntos são os mais variados dentro dos campos da ciência e da cultura.

Selecionamos 7 palestras TED incríveis para você se inspirar. Os temas abordam dicas que podem ajudar você a alcançar o sucesso na carreira e a conquistar uma vida profissional mais gratificante. Em cada sugestão há um breve resumo do vídeo. Assim, você pode escolher qual tema mais lhe interessa. Continue a leitura e confira!

1. “As escolas acabam com a criatividade?”

Crescer dentro da empresa passa por saber tomar as decisões certas, e isso diz muito sobre a criatividade. Neste vídeo, o palestrante Ken Robinson argumenta que a criatividade é um componente fundamental na formação de uma criança, tanto quanto a alfabetização.

Esse processo faz com que a criança se desenvolva e se torne um adulto preparado para enfrentar e solucionar adversidades — que são bastante comuns em cargos de responsabilidade, como de liderança e gestão.

Ken Robinson diz: “Se você não estiver preparado pra errar, você nunca terá uma ideia original.”

2. “Sua linguagem corporal molda quem você é”

Você sabia que a maneira como você posiciona suas pernas e seus braços pode interferir no seu crescimento na empresa? Os cientistas sociais chamam esse tipo de comportamento de comunicação não verbal, e dependendo das suas posturas, você pode estar transmitindo confiança ou insegurança ao seu chefe, por exemplo.

O interessante é que Amy Cuddy, professora e psicóloga, defende neste vídeo que o contrário também é válido: ainda que não nos sintamos confiantes em determinadas situações, se mantivermos certas “poses de poder”, ou seja, expressões que comuniquem poder e confiança, isso também pode mudar a percepção que temos sobre nós mesmos, como nos vemos e nos sentimos.

Aqui, vale lembrar que o autoconhecimento é fundamental. Por meio da análise dos seus pontos fortes e fracos, você consegue identificar seus potenciais e aproveitá-los com mais eficácia.

3. “Como grandes líderes inspiram ação”

O que a empresa Apple, Martin Luther King e os irmãos Wright têm em comum? Existe um padrão de pensamento, ação e comunicação comum entre pessoas que alcançaram o sucesso. Esse padrão, descoberto por Simon Sinek, é o círculo de ouro.

Quando você tem o seu propósito claro na sua mente, você sabe o que deve fazer e como fazer para conquistar seus objetivos. Isso vale tanto pra vida profissional quanto pessoal. Dê o play e inspire-se neste TED talk.

4. “O poder da vulnerabilidade”

Na condição de seres humanos, todos somos vulneráveis. A questão é que tentamos esconder isso por vergonha e medo de não sermos aceitos. Associamos a vulnerabilidade à fragilidade e à fraqueza, conceitos que parecem não condizer muito com o mundo real, e em especial, com o mercado de trabalho.

Em suas pesquisas, Brené Brown descobriu que nossa capacidade de criar conexões está diretamente ligada à coragem de nos permitirmos ser vulneráveis. Esse é um assunto que merece atenção, uma vez que hoje, mais do que nunca, vivemos na era da empatia, em que as relações humanas estão cada vez mais valorizadas. Veja o vídeo e saiba mais!

5. “Os hábitos surpreendentes dos pensadores originais”

Você é o tipo de pessoa que questiona o padrão e procura opções melhores? Adam Grant chegou a três conclusões descritas neste vídeo sobre pessoas consideradas assim, originais.

Esses tipos criativos costumam gerar muitas ideias ruins — sim, eles primeiro fracassam. Para que possam gerar mais ideias, eles têm o hábito da procrastinação, ou em uma perspectiva diferente e mais positiva, precisam de tempo para considerar ideias divergentes. Por fim, eles experimentam a insegurança e o medo no processo, o que estimula a inovação.

6. “Duas razões pelas quais as empresas falham e como evitá-las”

Manter o que está dando certo é importante, inovar também. É preciso, sobretudo, ter equilíbrio entre esses dois aspectos para que as empresas não se tornem obsoletas.

O norueguês Knut Haanaes sugere melhores práticas na gestão empresarial ao apontar duas soluções na sua palestra TED: exploração e aproveitamento.

7. “O segredo feliz para trabalhar melhor”

E se os problemas no seu trabalho não forem exatamente isso que você acha que são? Se a realidade for mais leve do que parece, e for só uma questão de ajustar as “lentes” pelas quais seu cérebro vê o mundo?

Shawn Achor, psicólogo positivista, nos convida a experimentar a felicidade sob uma visão científica na sua palestra TED. A psicologia positiva é uma vertente da psicologia convencional e estuda os aspectos positivos das experiências humanas, enfatizando as diversas maneiras como a felicidade individual pode ser promovida.

Você já deve ter ouvido falar que você é a soma das cinco pessoas com as quais convive. O meio ambiente é frequentemente mais forte que a nossa força de vontade, daí a importância de nos rodearmos de pessoas que nos inspirem. Isso nos ajuda a ser constantes e persistentes nas nossas metas.

Se você quer crescer na sua empresa e se tornar um grande profissional, cerque-se de grandes mentes. Isso não quer dizer estar fisicamente junto a essas pessoas: você pode conviver com elas por meio de leituras ou, como vimos, de palestras TED.

Outra dica que vai ajudar você a tornar seus dias mais produtivos é saber otimizar o tempo. Muitas vezes é difícil conciliar vida pessoal e profissional, ou até mesmo equilibrar as inúmeras atividades que desejamos fazer ao longo do dia. Estipular metas e estratégias são algumas das medidas que você pode começar a colocar em prática hoje mesmo.

Por fim, a pergunta que não quer calar é: quais palestras TED você curtiu mais? Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais e conte o que você achou!

Facebook Comments