Uma das tendências mais importantes no mercado de ensino nos últimos anos certamente foi o advento da EAD. Contudo, é essencial que as instituições que oferecem essa modalidade se preocupem em desenvolver um Núcleo de Educação a Distância (NEAD).

Você sabe o que é isso? Quer ficar por dentro desse assunto e descobrir como a UCEFF conseguiu se destacar pela sua qualidade? Fizemos uma entrevista com Ricardo Werlang, coordenador do NEAD da UCEFF, e contamos tudo para você. Acompanhe!

Afinal, por que optar pela EAD?

Muitas pessoas acreditam que a única diferença que faz alguém escolher fazer um curso EAD é a possibilidade de estudar de casa ou de qualquer outro lugar com acesso à internet.

De fato, essa facilidade de não precisar frequentar as aulas presenciais é uma vantagem especial para o estudante, mas não é somente isso que está em jogo. Existem outros benefícios envolvidos, tanto é que a procura pela modalidade cresceu significativamente. Veja a seguir o que pode ser considerado:

Flexibilidade

Além da flexibilidade dos encontros, há ainda a praticidade do aluno determinar o seu próprio ritmo de estudos. A partir do momento que o material fica disponível na plataforma do curso, cada pessoa organiza a sua agenda para estudar quando puder e preferir.

Isso é um grande privilégio para quem tem outros compromissos e não consegue seguir uma rotina fixa de aulas, seja por conta do trabalho, seja por conta da família ou qualquer outro motivo.

Logo, poder estudar de forma mais flexível é o que permite que muita gente conquiste um diploma e melhore as suas oportunidades profissionais.

Economia

A possibilidade de economizar é outro fator atrativo da EAD. Afinal de contas, o aspecto financeiro também é algo que tem uma enorme influência nas decisões das pessoas.

Nesse sentido, é possível dizer que a educação a distância costuma apresentar um valor mais acessível, principalmente porque não há tantos custos envolvidos com estrutura e outros detalhes. Como a instituição precisa investir menos em infraestrutura física (aluguel, móveis, manutenção etc.), o preço da mensalidade tende a ser menor.

Para ajudar ainda mais, o aluno não precisa gastar tanto no seu dia a dia. As despesas com transporte, alimentação fora de casa ou até com impressão de materiais são reduzidas. Ou seja, dá para economizar bastante ao optar pela EAD.

Reconhecimento

Uma dúvida que já foi comum por muito tempo é se a educação a distância garantia diplomas válidos e reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação). No início, existia essa desconfiança, pois as metodologias ainda não eram bem difundidas.

Na verdade, o que importa é se a instituição de ensino é credenciada pelo órgão. Ser um curso a distância não faz diferença para a validade da certificação, desde que a escola cumpra todos os requisitos para oferecer um serviço autorizado.

Desenvolvimento de habilidades

Enquanto muitos se questionam se vale mesmo a pena estudar online, outros têm certeza de que esse é um método que favorece o desenvolvimento do aluno. Quem já passou pela experiência possivelmente sabe que as facilidades não diminuem a necessidade de ser muito dedicado.

Ao contrário, ter maior autonomia implica em ter que ser mais responsável para cumprir com todas as obrigações. Inclusive, os estudantes de cursos a distância têm se destacado no mercado de trabalho por apresentarem habilidades importantes, como organização, disciplina, responsabilidade, foco e outras.

O fato de ter que estudar por conta própria — é claro que com o suporte da instituição — contribui para o desenvolvimento de características pessoais e profissionais muito relevantes.

Acesso

Para completar, a EAD trouxe ainda a vantagem de poder aumentar o acesso das pessoas aos cursos que elas têm interesse de fazer. Antigamente, muitas vezes era preciso mudar de cidade ou até de estado para realizar esse sonho. Agora, existem opções disponíveis para todos os perfis e áreas de atuação, basta que cada um escolha o melhor para seguir.

Conheça mais sobre o Núcleo de Educação a Distância da UCEFF

Em vista de todo esse contexto, a prioridade da UCEFF foi criar um órgão de apoio acadêmico, administrativo e tecnológico para o desenvolvimento das atividades de EAD. Então, em 2017 nasceu o NEAD — Núcleo de Educação a Distância.

Ricardo Werlang ressalta que entrar na briga por preço não era o maior objetivo, principalmente com o risco de perder a qualidade e a credibilidade já reconhecidas. Assim, a tarefa foi fazer uma boa pesquisa de mercado para identificar as principais necessidades e ir em busca de diferenciais.

Como a instituição sempre atuou no ensino presencial, essa nova realidade demandava um preparo específico para que a qualidade dos cursos fosse preservada. Por essa razão, o NEAD conta com uma equipe multidisciplinar que, segundo o coordenador, abrange “designers institucionais, designers gráficos, revisores, produtores de audiovisual e outros”.

Todo o time é altamente capacitado para lidar com atividades como produzir conteúdos, capacitar professores, treinar os alunos, aprimorar as metodologias e customizar o ambiente de aprendizagem.

Consequentemente, o aluno é beneficiado com a preocupação da UCEFF em manter o foco na qualidade dos materiais e também em estimular a comunicação com os estudante. O time do NEAD está preparado para receber e responder todas as dúvidas, acolhendo a comunidade acadêmica e gerando maior proximidade.

O que ter atenção ao optar pela educação a distância?

Com tamanha diversidade de opções que encontramos hoje, a tarefa de escolher um curso a distância ficou um tanto quanto mais complexa. Essa decisão precisa ser bem pensada, especialmente considerando que se trata da formação de um ser humano e da construção do seu futuro.

Confira quais são os critérios que ressaltamos nesse processo de escolher uma instituição de ensino a distância.

Credibilidade da instituição

A reputação de uma instituição pode ser avaliada sob diferentes aspectos.

A primeira delas é saber se ela tem autorização do MEC para funcionar e oferecer determinado curso, além de conferir qual é a avaliação dada pelo órgão para o seu curso de interesse — que é um indicador que mede a qualidade do ensino. O coordenador garante que a “UCEFF é credenciada com nota máxima pelo MEC para esse tipo de ensino”.

Outra perspectiva é a aceitação da instituição no mercado, se as recomendações dos ex-alunos são boas ou se o nível de empregabilidade é positivo. Essas informações ajudam a ter uma ideia da credibilidade de quem vai “assinar” o seu diploma.

Qualidade da plataforma e dos materiais

Falando de educação a distância, um dos requisitos mais importantes é a existência de uma plataforma virtual de alta qualidade para viabilizar o aprendizado. Além disso, é essencial que os conteúdos divulgados para o estudante também apresentem essa característica.

Modelo do curso

O projeto pedagógico em geral é mais um ponto que faz toda a diferença para uma boa capacitação. Isso inclui a grade curricular do curso, a programação dos encontros, as atividades extracurricular e outros detalhes relevantes que você deve procurar saber.

Atendimento

Por fim, uma das coisas mais valiosas em um “relacionamento” a distância é a comunicação. A instituição precisa oferecer um ótimo atendimento para os seus alunos, especialmente para aqueles que estão distantes.

Todos eles precisam se sentir à vontade para entrar em contato sempre que precisarem, tirar todas as suas dúvidas e resolver eventuais problemas. Ricardo Werlang destaca a importância desse acolhimento: “o aluno deve escolher uma instituição que não olhe para ele como apenas mais uma matrícula ou como mais um número. Ele deve buscar um atendimento diferenciado”.

Mais uma vez, isso só reforça o quão importante é possuir um Núcleo de Educação a Distância como a UCEFF fez. Encurtar as distâncias é uma forma de trabalhar a motivação e a satisfação dos alunos.

Gostou de saber mais sobre esse assunto? Não deixe de entrar em contato para conhecer melhor o NEAD ou as oportunidades de cursos da UCEFF!

 

Facebook Comments