Problemas com a memória afetam milhares de brasileiros nos mais diferentes graus, níveis, idades e situações. Além de causar situações constrangedoras, esquecimentos constantes podem afetar uma fase decisiva de estudos para quem está se preparando para o vestibular — por isso, é essencial buscar modos de melhorar a memória.

Contar com uma alimentação balanceada e a organização da rotina já influenciam (e muito!) para melhorar a memória, mas utilizar outras dicas pode potencializar o seu desenvolvimento.

Se você está se preparando para o tão falado vestibular, continue a leitura deste post e veja 7 dicas para melhorar a sua memória. Vamos lá?

1. Conte com uma alimentação balanceada

Uma alimentação rica em vitaminas e nutrientes é essencial não apenas para melhorar a memória, mas para fornecer energia para a realização das atividades do cotidiano. Para que toda a máquina corporal possa funcionar com qualidade, é preciso contar com as ferramentas necessárias.

Além de proteínas e alimentos que fornecem energia, como o pão, a massa e o arroz, alguns nutrientes têm um papel de mais destaque para melhorar a memória. O chamado ômega-3 é um deles: além de aumentar a proteção do sistema imunológico e diminuir a pressão arterial, ele é um aliado contra problemas de memória.

Procure ingerir peixes como salmão e atum, vegetais verdes e semente de linhaça ou girassol. Alimente-se com qualidade, conte com um estilo de vida mais saudável e veja a diferença no desenvolvimento da sua memória.

2. Exercite a sua mente

Da mesma forma que as atividades físicas proporcionam ótimas vantagens ao praticante, exercitar a mente é essencial para quem deseja desenvolver a capacidade de raciocínio. Para que isso aconteça, evite utilizar o celular por muito tempo e procure utilizar bem o seu tempo livre.

Em vez de permanecer horas navegando entre aplicativos e mensagens, jogue xadrez, leia um bom livro ou faça palavras cruzadas. O jogo conhecido como sudoku também é uma boa ferramenta para exercitar a mente e pode ser encontrado online. Deixar a calculadora de lado no momento de realizar contas é outra atitude que pode ser usada com o intuito de investir em conhecimento e melhorar a memória.

3. Organize a sua rotina

Uma rotina organizada auxilia no dia a dia a partir da separação dos períodos e das tarefas necessárias. Principalmente para estudantes que se preparam para o vestibular, organizar a rotina é essencial para ter sucesso nas provas.

Além da rotina de aulas, o aluno deve estabelecer as matérias diárias de estudo, os horários para pausas e incluir a prática de exercícios na agenda. Em um primeiro momento pode parecer não tão simples seguir a rotina proposta, mas com o passar do tempo, é possível verificar que o dia a dia se torna mais estruturado.

Como resultado, a mente humana se acostuma com o cotidiano de estudo e potencializa a fixação dos conteúdos.

4. Aplique técnicas de estudo

É sempre uma ótima ideia utilizar técnicas de estudo e pequenos macetes para memorizar toda a matéria necessária. O vestibular reúne um conteúdo extenso, requerendo do aluno a aplicação de diversas disciplinas de uma só vez.

Quando for o momento de fixar determinado assunto, faça associações a imagens, nomes de pessoas da sua família ou músicas. Trazer as disciplinas para um contexto mais próximo ao seu cotidiano é uma dica bastante valiosa para auxiliar na memorização e a desenvolver a sua memória.

5. Procure dormir bem

É fato: uma mente descansada consegue trabalhar com muito mais força e poder de fixação. Além de uma alimentação balanceada, o sono é outro ponto necessário para potencializar a capacidade do cérebro e de raciocínio, o que acaba influenciando a memória.

Atualmente, na era dos aparelhos tecnológicos, diversas pessoas têm o hábito de utilizar o celular a todo momento — principalmente antes de dormir. Essa atitude evita o desligamento do cérebro e pode resultar em uma noite de sono mal dormida. Ingerir determinados alimentos, como café ou pratos pesados, também pode causar a mesma situação.

Para dormir bem, é preciso se desligar de aparelhos eletrônicos no período noturno e contar com pratos mais leves. Procure não dormir tarde e aproveite o dia seguinte com muito mais disposição e um bom funcionamento da memória!

6. Pratique atividades físicas

A realização de atividades físicas aliada a uma alimentação balanceada, uma rotina organizada e boas noites de sono pode gerar ótimos benefícios relacionados ao corpo humano e, por consequência, à memória.

A prática de exercícios também deve ser uma tarefa cotidiana. Separe determinados dias de sua agenda, determine os horários e procure cumprir os seus compromissos relacionados ao esporte. Utilize música para foco como repertório e aproveite!

7. Faça testes de memória

Testes de memória nada mais são do que pequenas verificações a respeito dos itens ocorridos durante o seu dia. Além de não demandar muito tempo na sua rotina, eles podem ser feitos antes de dormir, por exemplo, e têm grande importância no desenvolvimento da capacidade de memorização.

O mais simples deles é, em silêncio, tentar lembrar de todos os fatos ocorridos no seu dia. Quando estiver se preparando para dormir, deixe o celular de lado, apague as luzes e comece a relembrar a sua rotina: horário do café da manhã, alimentos que você ingeriu, as matérias estudadas durante o dia e qualquer outra situação ocorrida. Faça esse exercício diariamente e veja uma boa melhora na sua memória!

Desenvolver a capacidade de memorização é um macete muito importante para diversas pessoas Brasil afora, principalmente para estudantes que se preparam para as provas de vestibular. Se você deseja melhorar a memória, utilize as nossas dicas: conte com uma alimentação balanceada, exercite a sua mente, organize a sua rotina, aplique técnicas de estudo, procure dormir bem, realize atividades físicas e faça testes de memória. Depois, arregace as mangas e tenha sucesso nas provas realizadas. Bons estudos!

Você já conhecia as dicas que apresentamos neste artigo? Elas foram úteis? Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de mais posts como este. Estamos no Facebook e no LinkedIn!

Facebook Comments