O que faz um geógrafo? Tire essa e outras dúvidas!

7 minutos para ler
Qual Engenharia escolher? Descubra respondendo o quiz!

Você pode pensar em mapas quando falamos da profissão de geógrafo, e esse é certamente um aspecto importante, mas não é o único caminho na Geografia que uma pessoa pode seguir. Inclusive, você sabe exatamente o que faz um geógrafo?

A carreira na área de Geografia pode dar aos profissionais uma série de oportunidades tanto no setor público quanto no privado. Em cada cenário de atuação, as responsabilidades do geógrafo costumam ser diferentes.

Se você ama Geografia e tem interesse nesse campo, continue a leitura! Vamos explicar tudo que você precisa saber sobre a carreira de geógrafo, incluindo as esferas de atuação e a formação necessária para trabalhar na área. Confira!

O que faz um geógrafo?

O geógrafo é um profissional que estudou e se formou no curso superior de Geografia. Trata-se de um especialista em entender as relações geopolíticas e como os processos físicos funcionam na superfície da Terra. O geógrafo analisa a relação entre as pessoas e o espaço ao redor, tanto o ambiente natural quanto o feito pelo ser humano.

Esses profissionais investigam como as cidades se formam, por que alguns lugares têm mais indústrias que outros, como o clima afeta a vida das pessoas e até mesmo como as montanhas e os rios influenciam nas atividades humanas.

Para isso, eles usam mapas, fotos aéreas, informações estatísticas e outras ferramentas para entender e explicar como nós, seres humanos, usamos e transformamos o espaço ao nosso redor.

Qual a diferença entre geógrafo e geólogo?

As profissões de geógrafo e geólogo usam abordagens diferentes para estudar a Terra. Enquanto os geólogos se concentram nas estruturas físicas e morfológicas, os geógrafos focam nos aspectos sociais, ambientais e na organização dos espaços que habitamos.

Os geólogos investigam, principalmente, a composição física da Terra e seus processos geológicos. Eles analisam as rochas, os minerais, o movimento das placas tectônicas, os terremotos e o vulcanismo. 

Esses profissionais podem estar envolvidos em trabalhos de exploração mineral, prospecção de recursos naturais e estudos para prevenir desastres naturais. 

Por outro lado, os geógrafos têm um foco mais amplo. Eles analisam as interações entre as pessoas e o ambiente, estudando a superfície terrestre para examinar fatores como clima, vegetação, relevo, populações humanas e suas atividades.

Além das diferenças entre as áreas de atuação, é importante saber que também existem distinções quanto à formação acadêmica dessas profissões. Os geólogos entram na faculdade de Geologia, enquanto os geógrafos se formam no curso de Geografia, apesar de ambas as áreas estarem entre as Ciências Geográficas.

Apesar de todas essas diferenças, é fundamental que essas áreas sempre trabalhem juntas. A colaboração entre geógrafos e geólogos é valiosa para compreendermos de maneira mais completa e integrada o funcionamento da Terra e suas populações.

Quais são as áreas de atuação do geógrafo?

O diploma em Geografia abre portas para uma ampla gama de possibilidades profissionais. Afinal, a formação como geógrafo permite que os graduados explorem diversos campos de atuação. A seguir, veja quais são os principais.

Ensino escolar

Um campo tradicional para geógrafos é o ensino nas escolas. Fazendo o curso de licenciatura em Geografia, você pode atuar como professor no ensino fundamental I e II e no ensino médio, contribuindo para a formação de jovens estudantes e despertando o interesse pelo entendimento do mundo ao seu redor.

Setor público

Os geógrafos encontram oportunidades no setor público trabalhando em diversos órgãos governamentais. Eles contribuem para o desenvolvimento de políticas públicas ao atuar em áreas como planejamento urbano, ordenamento territorial, gestão ambiental, agricultura, transporte e desenvolvimento regional.

Também podem trabalhar em prefeituras, secretarias de meio ambiente, institutos de pesquisa, agências reguladoras, entre outros.

Setor privado e consultorias

No setor privado, os geógrafos são procurados por empresas, consultorias e instituições para trabalhar em projetos diversos. Eles podem estar envolvidos em análise de mercado, logística, geotecnologias, mapeamento de áreas de interesse para empreendimentos, estudos de impacto ambiental, entre outras atividades.

Pesquisa acadêmica

Muitos geógrafos optam por seguir carreira acadêmica, trabalhando em universidades, institutos de pesquisa e centros educacionais. Atuam como professores, pesquisadores e desenvolvem estudos nas mais diversas áreas da Geografia, contribuindo para a produção de conhecimento científico e formando novos profissionais.

ONGs e agências Internacionais

Já pensou em como o conhecimento geográfico pode ser aplicado para colaborar com projetos de desenvolvimento sustentável em comunidades ao redor do mundo? É exatamente isso que muitos profissionais dessa área fazem ao trabalhar em Organizações Não Governamentais (ONGs) e agências internacionais.

Eles se engajam em projetos relacionados à conservação ambiental, melhoria das condições de vida em áreas vulneráveis, planejamento de ações humanitárias e muito mais. 

Como é o curso superior para ser um geógrafo?

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA), responsável pela fiscalização da atuação da Engenharia, Agronomia e áreas correlatas, incluindo a Geografia, reconhece que o curso para obter o registro de trabalho como geógrafo é a graduação em Geografia.

O objetivo principal do curso de Geografia é formar profissionais capazes de analisar e compreender as complexas interações entre os fenômenos físicos, humanos e sociais que moldam o espaço geográfico.

Isso inclui o estudo das características físicas da Terra, como relevo, clima, vegetação e hidrografia, bem como a análise dos processos sociais, culturais, econômicos e políticos que influenciam e são influenciados por essas características.

A seguir, entenda mais sobre como o curso de Geografia contribui para a atuação do geógrafo no mercado de trabalho.

Grade curricular

A grade curricular do curso de Geografia pode variar de acordo com a instituição de ensino, mas geralmente inclui disciplinas que abrangem áreas como:

  • Geografia Física (estudo do relevo, clima, geomorfologia, entre outros);
  • Geografia Humana (estudo da sociedade, cultura, economia e política);
  • Cartografia;
  • Geoprocessamento;
  • Sensoriamento Remoto;
  • Estatística;
  • Planejamento Urbano e Regional.

As grades curriculares oferecem uma combinação de disciplinas teóricas e práticas, incluindo a realização de pesquisas, trabalhos de campo, estágios e projetos integradores. O objetivo é proporcionar aos estudantes uma visão ampla das diversas áreas da Geografia.

Duração

O curso de graduação em Geografia tem duração média de 4 anos, divididos em oito semestres, para a obtenção do diploma de licenciatura. Além disso, algumas instituições oferecem a possibilidade de cursar o bacharelado em Geografia.

Modalidades de ensino

O curso de Geografia pode ser oferecido tanto na modalidade presencial quanto na modalidade de Ensino a distância (EAD), variando conforme a disponibilidade e a proposta educacional de cada instituição.

A modalidade presencial proporciona interações entre alunos e professores na sala de aula com atividades práticas de campo, enquanto a modalidade EAD pode ser uma opção para aqueles que necessitam de flexibilidade de horários.

Uma das faculdades brasileiras que oferece o curso de Geografia na modalidade EAD é a UCEFF. Nossa formação permite que os interessados na área tenham maior facilidade para conciliar os estudos com compromissos pessoais e profissionais.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que faz um geógrafo, chegou o momento de considerar a formação para trilhar esse caminho, caso tenha se identificado com a profissão. Como vimos, o curso de Geografia é o seu ponto de partida. Boa sorte!

Então, o que está esperando? Aproveite para conhecer mais detalhes sobre o curso EAD de Geografia da faculdade UCEFF e comece já sua vida acadêmica

Facebook Comments
Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This