Engenharia Elétrica ou Mecânica? Tire suas dúvidas!

7 minutos para ler
Qual Engenharia escolher? Descubra respondendo o quiz!

A linha tênue entre Engenharia Elétrica e Mecânica pode deixar os candidatos ao vestibular confusos sobre qual curso escolher na faculdade. Afinal, se ambas as áreas de Engenharia envolvem o projeto e a construção de sistemas e equipamentos, quais as diferenças entre elas?

A resposta é: muitas! Os engenheiros mecânicos e os engenheiros eletricistas possuem formações diferentes durante a faculdade e se preparam para ocupar funções em áreas diversas no mercado de trabalho. 

Por isso, todos que sonham em cursar uma Engenharia na faculdade e estão em dúvida sobre um desses dois cursos precisam entender mais sobre cada área antes de tomar uma decisão. Continue para saber se você deve escolher Engenharia Elétrica ou Mecânica!

O que é Engenharia Elétrica e como é o curso superior?

Trata-se de um ramo da Engenharia que se dedica ao estudo dos princípios dos sistemas eletrônicos. Ela se concentra na criação de tecnologias para gerar, transmitir, distribuir e utilizar energia elétrica.

Quem quer seguir carreira nessa área precisa fazer um curso superior em Engenharia Elétrica reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). A seguir, entenda alguns detalhes sobre essa graduação e descubra se ela tem a ver com você.

Grade curricular

Os alunos que ingressam no curso de Engenharia Elétrica encontram uma grade curricular abrangente, que inicia com disciplinas fundamentais, como cálculo, álgebra linear e física, fundamentais para a compreensão dos princípios básicos da área.

À medida que o curso avança, o currículo inclui matérias específicas para estudar assuntos como circuitos elétricos, eletrônica, sistemas digitais, eletromagnetismo e máquinas elétricas. A grade curricular da faculdade ainda pode oferecer disciplinas mais avançadas em áreas como telecomunicações, energia renovável e automação.

Duração do curso

A faculdade de Engenharia Elétrica, assim como a maioria dos cursos de Engenharia, tem uma duração mais longa em comparação com outras formações de bacharelado. De acordo com as diretrizes curriculares do Ministério da Educação (MEC), o período mínimo para a formação no curso de Engenharia Elétrica é de 5 anos. 

Modalidades de ensino disponíveis

O curso de Engenharia Elétrica pode ser encontrado nas três principais modalidades de ensino: presencial, semipresencial e a distância.

Na modalidade presencial, os estudantes frequentam a instituição de ensino regularmente e participam de aulas teóricas e práticas em laboratórios ou atividades em grupo. Essa modalidade proporciona interação direta com professores e colegas.

Já na modalidade semipresencial, também conhecida como híbrida, parte do curso é realizado presencialmente, enquanto outra parte é conduzida de forma remota, utilizando uma plataforma online da faculdade.

Por fim, o ensino EAD permite que os alunos acessem a maior parte do conteúdo do curso por meio da plataforma online. Eles participam das aulas virtuais, interações em fóruns e realização de atividades remotas. Normalmente, há encontros presenciais esporádicos para a realização de provas ou atividades práticas.

O que é Engenharia Mecânica e como é o curso superior?

Engenharia Mecânica é o estudo, desenvolvimento e manutenção de sistemas mecânicos. Esse ramo da Engenharia engloba desde a criação de motores, equipamentos industriais, veículos e sistemas de refrigeração até a análise de materiais e processos de produção.

Assim como acontece na Engenharia Elétrica, os interessados em seguir carreira como engenheiros mecânicos precisam cursar a graduação específica na área, oferecida por instituições de ensino reconhecidas pelo MEC.

A seguir, confira todos os detalhes do curso de Engenharia Mecânica.

Grade curricular

A grade curricular de Engenharia Mecânica é composta por disciplinas teóricas e práticas necessárias para a formação do engenheiro. O aluno estuda matérias que tratam de assuntos como cálculo, álgebra, física aplicada, termodinâmica, mecânica dos fluidos, resistência dos materiais, processos de fabricação, sistemas mecânicos e automação.

Os futuros engenheiros mecânicos ainda têm a oportunidade de se aprofundar em disciplinas específicas, que tratam de assuntos como engenharia de veículos, projeto de máquinas, engenharia térmica e materiais aplicados à engenharia.

Duração do curso

O curso de Engenharia Mecânica tem duração média de cinco anos, segundo as diretrizes curriculares do MEC. Durante esse período, os alunos estudam disciplinas teóricas e práticas que abrangem conhecimentos em matemática, física, mecânica, termodinâmica, materiais e automação.

Modalidades de ensino disponíveis

Assim como na Engenharia Elétrica, o curso de Engenharia Mecânica pode ser encontrado em três principais modalidades de ensino: presencial, semipresencial e EAD.

Nas modalidades semipresencial e a distância, parte do conteúdo é ministrado de forma remota, utilizando plataformas online para aulas teóricas e interações. Entretanto, é importante ressaltar que, mesmo nessas modalidades, há a necessidade de comparecimento dos alunos à instituição para a realização de atividades práticas do curso.

Qual curso escolher: Engenharia Elétrica ou Engenharia Mecânica?

Você já explorou as nuances entre Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica, mas agora está diante de uma decisão que moldará o seu futuro. É hora de considerar suas paixões, vislumbrar suas aspirações de longo prazo e analisar as perspectivas salariais de cada área. Leve em consideração os fatores abaixo antes de escolher em qual curso se matricular!

Pense nos seus interesses e objetivos de carreira

Para tomar uma decisão tão importante para o seu futuro, tire um tempo para analisar qual carreira tem realmente a ver com seus objetivos e interesses de estudo.

Se você é uma pessoa que gosta de entender como funcionam dispositivos eletrônicos, sistemas de energia, circuitos e quer trabalhar com tecnologia voltada para eletricidade, a Engenharia Elétrica pode ser o caminho certo.

Por outro lado, se você se sente mais atraído por máquinas, carros e equipamentos industriais, ou quer se envolver na criação, projeto e manutenção desses dispositivos, o curso de Engenharia Mecânica pode ser mais a sua praia.

Considere as diferenças nas áreas de atuação

Como a Engenharia Elétrica tem um foco maior em sistemas de energia, eletrônica, telecomunicações e automação, você poderá trabalhar em áreas como geração e distribuição de energia, desenvolvimento de dispositivos eletrônicos, sistemas de automação industrial e até em áreas mais específicas, como energia renovável ou robótica.

Já a Engenharia Mecânica está mais relacionada a máquinas, sistemas mecânicos, automobilísticos e indústrias. Esse campo pode colocar você trabalhando em setores como o automobilístico, aeroespacial, produção industrial e projetos de máquinas.

Lembre-se: não existe uma resposta certa ou errada. O mais importante é escolher um caminho que se alinhe com seus interesses e objetivos de longo prazo.

Descubra quanto se ganha em cada Engenharia

Antes de decidir ingressar em um curso superior, é importante considerar a remuneração que a profissão oferece no mercado das Engenharias. A boa notícia é que tanto para a Engenharia Mecânica quanto para a Elétrica as perspectivas salariais são atrativas.

Um engenheiro mecânico recebe, em média, R$ 10.063,94 no mercado de trabalho brasileiro, conforme dados do Salario.com.br. Já um engenheiro eletricista tem uma média salarial de R$ 10.014,45, segundo outro relatório do mesmo site.

É importante ressaltar que esses valores são médias e podem variar de acordo com a região, experiência profissional, especializações e setor de atuação. Com o avanço na carreira, conquistas de certificações, pós-graduações e experiência prática, é comum que os salários desses profissionais tenham aumentos com o tempo.

A decisão entre Engenharia Elétrica ou Mecânica é uma escolha pessoal que deve refletir seus interesses e metas futuras. Não há uma resposta única e correta, mas sim aquela que se alinha mais com o que você ama fazer. Boa sorte!

Quer conferir outras graduações que têm tudo a ver com seu perfil? Aproveite agora para conhecer todos os cursos superiores da faculdade UCEFF!

Facebook Comments
Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This