Use sua nota do ENEM e ganhe 50% de desconto na matrícula.Powered by Rock Convert

Você já parou para pensar em seu dia a dia e em todas as atividades dele que fazem com que mantenha o interesse e a confiança em sua capacidade de transformação? Pois cada uma delas conspira para que desenvolva mais motivação pessoal e, com isso, cresça também enquanto profissional.

Nas pequenas tarefas, como ao cumprir uma lista de atividades, realizar o sonho de fazer uma viagem a outro país, descobrir um novo esporte com que se identifique e, principalmente, acreditar em seu potencial, é possível melhorar a autoestima e a realização. Com isso, fica mais fácil encontrar um propósito na vida e em seu trabalho.

Tem interesse pelo tema e quer saber de que forma o desenvolvimento de sua motivação pessoal pode contribuir a favor de uma promoção? Então, continue a leitura de nosso artigo!

Diferença entre motivação pessoal e profissional

Embora ambas impactem diretamente a vida de cada indivíduo, a motivação pessoal abrange mais áreas e está relacionada às realizações íntimas e aos propósitos de cada um de nós.

Necessidades básicas — como se alimentar e beber água, se sentir em segurança e desenvolver relacionamentos sociais e a autoestima — figuram nessa classificação.

A motivação profissional, por outro lado, está mais diretamente relacionada ao êxito obtido no trabalho. Fala-se, assim, de atuar em um local com bom clima organizacional, oportunidades de crescimento na carreira e valorização da equipe, com novos desafios que mantenham o interesse de todos.

Benefícios da motivação pessoal

Manter-se motivado na vida é importante para qualquer faixa etária, além de ser uma ação que se reflete em diferentes aspectos da rotina.

A seguir, destacamos alguns benefícios.

Ganho de autoestima

Você sempre foi o tipo de pessoa que acreditou pouco em seu potencial? Pois vale a pena começar a valorizar, a partir de hoje, todas as suas pequenas conquistas.

Desde os tempos da escola ou da universidade, pense em atividades que realizou e nas quais obteve sucesso. De forma mais pessoal, reflita sobre suas relações afetivas — os amigos verdadeiros que conquistou, os familiares que o amam ou seu companheiro, que o respeita e escolheu estar ao seu lado.

Olhar-se com mais gentileza vai proporcionar ganhos notáveis de autoestima. Sendo confiante, é possível ir sempre além.

Melhora da otimização de tempo

Quando você aprende a priorizar as atividades que mais importam e consegue encaixar, em meio a elas, coisas que proporcionam bem-estar e prazer, consegue também otimizar o tempo.

Pense nas 24 horas de seu dia e se organize, com muita motivação, para ter um sono de qualidade, cuidar de sua alimentação, praticar uma atividade física, ler os e-mails do trabalho e, em meio a tudo isso, ler ao menos um capítulo daquele livro especial. Ou de uma série que adore. Já pensou nisso?

Relacionamentos interpessoais mais saudáveis

Quem trabalha sua motivação pessoal tende a desenvolver relacionamentos mais saudáveis. Ou seja, ao se realizar pessoalmente, é mais fácil evitar cobranças e expectativas em excesso naqueles que não são obrigados a corresponder a elas.

Quando sua autoestima é trabalhada e resulta em amor-próprio, todos os afetos ganham novos significados. Não se cobra tanto dos amigos que não vê há anos, não se briga por coisas pequenas com a família… Tudo adquire uma nova percepção e reflete em sua tranquilidade.

Motivação pessoal e promoção no trabalho

A motivação pessoal age não somente no relacionamento com aqueles a seu redor e consigo. Muito pelo contrário, já que ela está bastante presente nos bons resultados profissionais.

Assim, o sonho da almejada promoção já não parece tão distante, certo?

Aumento da produtividade

Quando se está motivado como pessoa, o sentimento logo se reflete na execução do trabalho. Ao fazer algo de que você gosta e se dedicar a um projeto no qual acredita, se torna evidente para seus chefes que tem comprometimento e energia suficientes para assumir novos desafios.

Entregar relatórios animadores, reduzir o tempo dedicado a tarefas mais simples, inovar nos processos da rotina e defender com segurança suas propostas mostram que é mais produtivo e apto para o cargo.

Melhora do clima organizacional

Quem tem motivação pessoal e permite que ela transpareça em seu estado de espírito interfere diretamente no ânimo e no comportamento do grupo. O ambiente de trabalho fica muito mais agradável!

Às vezes, tudo de que uma equipe capacitada precisa é de um novo líder inspirado após ser promovido, que consiga remanejar as tarefas a fim de atribuí-las a quem estiver no momento da carreira mais apropriado para solucioná-las.

Além disso, o interesse e o respeito pelos outros, que se destacam em conversas nos intervalos e na forma de se relacionar com os colegas de trabalho, provam maturidade e estabilidade emocional. Isso representa, também, uma ótima estratégia de networking.

Aceitação de novos desafios

Às vezes, um profissional bom, após longos anos de atuação, se acomoda e deixa de oferecer o melhor de seu trabalho.

Seja por não querer propor novas ideias ou pela resistência a questões como mudança de departamento ou de cidade, ele pode estar em falta com sua motivação pessoal.

Quando a autoestima do colaborador está melhor, a serenidade diante de novos desafios, naturais em uma promoção, é evidente. Assim, a chefia identifica alguém com potencial para deixar sua zona de conforto e, com isso, agregar à empresa.

Aprendizado com as dificuldades

Quem se motiva aprende rapidamente a não vacilar diante de situações adversas. Na vida, afinal, elas são inevitáveis, e é comum que causem transtornos.

Errar e sofrer pelos erros dos outros, na vivência e no trabalho, é extremamente comum. A dica, todavia, é não se conformar. Uma vez que o momento seja superado, o profissional pode parar para refletir e entender o que é capaz de melhorar a fim de evitar que haja erros outra vez.

Com isso, mostra a seus superiores que está pronto para evoluir, tem capacidade de contornar as situações e merece a chance de uma promoção.

Como conseguir motivação no trabalho?

Somada ao exercício da motivação pessoal, a motivação no trabalho está presente nas pequenas atitudes.

Vale a pena, por exemplo:

  • organizar bem suas tarefas do dia conforme ordem de prioridade, a fim de atrasar prazos;

  • mostrar interesse pelas tarefas de seus colegas, de forma a aprender mais com eles e incentivá-los, colaborando com seu sucesso profissional;

  • fazer pausas para se alongar, beber água, tomar café e ir ao banheiro, para relaxar um pouco;

  • pedir feedback de quem trabalha ao seu lado, com a finalidade de melhorar e evoluir.

Embora pareça uma missão desafiadora, a promoção no trabalho se torna muito mais possível quando há motivação pessoal. Ela demonstra, afinal, que o profissional e indivíduo, simultaneamente, tem a maturidade e o empenho necessários para crescer e ser ainda mais relevante à empresa.

Gostou do tema e quer saber de quais formas você também pode trabalhar seu networking para evoluir? Então, leia nosso artigo e alavanque sua carreira!

 

Facebook Comments