Terminar o ensino médio e estudar para o vestibular é a trajetória de quem escolhe prosseguir estudos em nível superior. Nesse percurso, muitos experimentam a dúvida sobre fazer curso pré-vestibular ou estudar por conta própria. Claro que ambas as maneiras de se preparar para a faculdade são válidas, já que o empenho do candidato é seu principal diferencial na hora do exame.

Então, se a sua opção é rever e reforçar matérias e conteúdos sem se matricular em um cursinho, fique conosco e descubra as melhores maneiras de conquistar a sua aprovação!

Organização e comprometimento são essenciais ao sucesso

É impossível falar em estudar para o vestibular sem citar a importância de organizar horários, conteúdos e ritmo de vida. Sem esses elementos básicos para progredir ao rever matérias e reforçar saberes, o processo de aprendizagem acaba em fracasso.

Mais um ingrediente fundamental da fórmula para o sucesso de quem estuda em casa é o compromisso. Estudar sozinho é uma experiência para ser vivida com dedicação e esforço. Isso porque, ao se se matricular em um cursinho, o estudante assume um compromisso formal com a instituição, que requer o cumprimento de horários já determinados.

Porém, ao dedicar-se a estudar em casa, o pacto é com você mesmo — e isso envolve um alto grau de responsabilidade, muito empenho e boas doses de iniciativa.

Leitura é uma importante aliada

Ler, ler e ler mais ainda. Essa é uma maneira de criar familiaridade com a língua portuguesa, melhorar a ortografia e a gramática. Além de todas essas vantagens, quando você lê acaba aprendendo diferentes estilos de escrita.

Mais ainda: amplia sua capacidade de interpretação de texto — competência muito requisitada na prova de Língua Portuguesa e na redação do vestibular. Sendo assim, não economize na leitura e cerque-se de livros.

Um caminho que vale trilhar é o da literatura que serve de referência para o ENEM — e vestibulares de quase todo o país. Esse roteiro inclui obras que são cânones literário de autores consagrados.

Ao se dedicar à leitura de uma dessas obras, busque informações tanto sobre o título como a respeito do autor e da época. Assim você descobre o contexto histórico em que o livro foi produzido, e consegue entendê-lo com maior facilidade.

Apostilas ajudam a relembrar os conteúdos

Ainda tratando de leitura, que tal colocar algumas apostilas entre os seus materiais de estudos? Existem grandes chances de você se surpreender com o resultado a que um material bem direcionado e completo pode levar.

Mas, note bem, selecionar com critério suas apostilas vai fazer toda a diferença para a aprovação no vestibular. Outro ponto a considerar é que há apostilas impressas e digitais.

Ao decidir qual tipo é melhor para você, pese alguns fatores, como facilidade de manuseio, preço e o que cada modalidade proporciona em termos de aprendizagem.

Caso você opte pelo material impresso, há boa oferta de cursos apostilados em sebos e brechós que comercializam livros e outras publicações.

Entretanto, por mais convidativo que seja o valor, verifique se o material é atual e de qualidade. Afinal, não é possível passar no exame sem fazer curso pré-vestibular estudando com materiais ultrapassados ou que contenham erros.

Aplicativos apoiam a rotina de estudos

Seu smartphone, tablet, notebook ou computador são armas poderosas que devem ser usadas em cada batalha rumo à vitória no vestibular. Assim, explore todo o potencial que essas ferramentas têm para oferecer aos seus estudos.

Diferentes aplicativos servem para apoiar quem busca aprender ou reforçar conhecimentos. Entre eles, destacamos:

Khan Academy

Site e aplicativo com aulas das diversas áreas do conhecimento, a exemplo de Matemática, Física e Biologia.

Estuda.com

Antigo EstudaVest, esse aplicativo proporciona acesso a questões sobre conteúdos do Ensino Médio, dando a você chances de fazer testes simulados e avaliar o seu progresso nos estudos.

Redação Nota 1000

A proposta do Redação Nota 1000 é corrigir a redação do usuário, atribuindo uma nota a ela. Pode ser de grande valia para aprimorar a sua escrita, pois a ferramenta, mais do que apenas corrigir, permite a interação e sugere novos temas aos utilizadores.

Outros aplicativos têm a proposta de favorecer o processo de aprendizagem, como você pode ler em 7 aplicativos de estudo que vão facilitar sua vida.

Provas antigas servem como parâmetro

Inteirar-se sobre as questões de vestibulares passados ajuda a conhecer os saberes e aptidões que o exame exige dos estudantes. Desse modo, é muito útil pesquisar o que foi abordado em provas anteriores.

As informações que você obtém ao analisar essas provas servem como base para saber o que pode cair na atual. Elas também auxiliam a ganhar desenvoltura e rapidez para responder às questões, bem como estimar o tempo gasto em cada uma.

Esse último item, tempo gasto, tem sua relevância justamente porque é necessário ter agilidade no dia da prova. Se você demorar muito em algumas questões, arrisca não conseguir responder a todas, ou deixar sua redação incompleta.

Então, tanto para saber como foram as edições passadas do vestibular que você vai prestar, como para conhecer de perto a sua dinâmica, busque acessar provas passadas e use-as para planejar seus estudos.

Videoaulas ajudam a assimilar conteúdo

A internet disponibiliza uma quase infinidade de aulas em vídeo de todas as disciplinas, muitas delas com sequência didática e professor. Entre as vantagens de estudar com os olhos na telinha, há o forte apelo que o material audiovisual possui.

Alguns profissionais que preparam aulas especialmente para postar na internet tornaram-se praticamente astros.

Não é à toa que ganharam esse destaque, pois o dinamismo e a atratividade dos vídeos ajudam milhões de estudantes a adquirir e rever conhecimentos.

Alguns exemplos dessa vertente da educação a distância:

Jornais, rádio, TV e internet somam atualidades

Acompanhar de perto os acontecimentos do Brasil e do mundo é fundamental para quem está se preparando pro vestibular. As provas vão testar o seu domínio em diversos campos, inclusive o das atualidades. Por isso, conecte-se ao seu meio de comunicação preferido e preste atenção ao que acontece em âmbito nacional e internacional.

Se possível, eleja mais de um canal de notícias — para não ficar preso a uma só visão dos fatos.

Optar por estudar a partir de uma estrutura determinada por você mesmo promove flexibilidade de horários. Outra vantagem dessa escolha é o baixo custo. Esses dois benefícios levam cada vez mais estudantes a dispensar o cursinho e conseguir, por mérito próprio e com a ajuda dessas ferramentas, a tão sonhada vaga na faculdade.

Se você busca ser mais um dos ingressantes na graduação, persista em seu propósito, pois ele é plenamente viável. Para acompanhar as novidades e atualizações do blog, siga-nos no Facebook e no Linkedin!

Facebook Comments