Matricular-se no período noturno na faculdade é um ótimo jeito de fazer um investimento duplo na sua carreira. Dessa forma, durante o dia você ganha experiências e contatos para progredir na empresa, enquanto, depois do expediente, qualifica-se para elevar o currículo a outro patamar.

Ficou com vontade de apostar nessa empreitada? Então fique ligado neste post, pois vamos ensiná-lo a enfrentar o cansaço e a organizar a rotina para conseguir estudar à noite e fazer sua vida profissional decolar!

1. Garanta a qualidade do seu sono

Para quem está acostumado a uma rotina em que as noites são dedicadas a assistir TV ou sair para a balada, ir à aula depois do pôr do sol pode até parecer um desafio impossível de ser superado.

Na realidade, porém, seu corpo pode, sim, se acostumar a se concentrar nos estudos no período noturno, desde que você respeite suas necessidades de descanso para não chegar na faculdade completamente esgotado.

O primeiro passo para se adaptar, portanto, é começar a priorizar as suas horas de sono. Se você conseguir ir para a cama sempre no mesmo horário — e garantir por volta de 8 horas de descanso todas as noites —, vai ser muito mais fácil manter a disposição para os estudos.

2. Não beba café antes de estudar à noite

Depois de uma jornada pesada no trabalho, a tentação de tomar um cafezinho para chegar na faculdade um pouco mais animado é grande. Porém, por mais que essa pareça uma boa ideia, o melhor é resistir a ela.

Isso porque a cafeína — incluindo outros estimulantes, como guaraná, coca-cola, energéticos, etc. — age no nosso corpo em pico, o que significa que logo após ingeri-la e ficar alerta, seu organismo vai começar a sentir o cansaço com mais força do que nunca.

Sem falar que consumir essa substância à noite também pode atrapalhar o seu sono, fazendo com que todo aquele esforço para ir dormir cedo vá por água abaixo.

3. Faça algum esporte antes da aula

No lugar do café, nossa sugestão para que você fique mais acordado depois do trabalho — e chegue revigorado e bem-disposto na faculdade — é praticar exercícios físicos no intervalo entre a escola e o trabalho.

Além de ajudar a sacudir a exaustão acumulada ao longo do dia para deixá-lo mais desperto na aula, a atividade física também contribui para reduzir seus níveis de estresse e ansiedade, melhorando o seu sono e aumentando a retenção do conteúdo aprendido na aula.

Como se não bastasse, ainda tem várias maneiras simples de aproveitar o tempinho entre o fim do expediente e a sua primeira aula para se exercitar: se não puder ir a uma academia, você pode ir para a aula caminhando, correndo ou de bicicleta, por exemplo. É só lembrar de levar tênis e capa de chuva para não ser pego de surpresa no caminho!

4. Cuide bem da sua alimentação

Outro ponto importante para quem quer conciliar a vida de estudante com o trabalho é ficar atento ao que se come e, ainda, quando e o quanto se come.

Comida demais ou pratos pesados, gordurosos e de digestão difícil são a receita certa para perder a concentração na aula. Sendo assim, prefira um jantar mais leve, mas nutritivo o suficiente para fornecer todos os minerais e vitaminas de que você precisa para a memória. Peixes, legumes, cereais integrais, frutas e vegetais são sempre boas pedidas!

Além disso, é essencial se planejar para não ficar com fome na hora da aula. Já ouviu aquele ditado que diz que “saco vazio não para em pé”? Pois se estiver morrendo de fome, você não vai parar em pé, nem sentado na carteira: não se esqueça de que o seu cérebro precisa de glicose para funcionar!

5. Fuja da “turma do fundão”

Quem nunca teve vontade, durante a aula, de fechar os olhos só por alguns minutinhos ou, quem sabe, colocar a cabeça sobre os cadernos por um segundo? Mas ceder a essa tentação fica muito mais difícil quando estamos sentados bem na frente, colados no professor.

Então, sempre que possível, evite ficar no fundo ou nas laterais da sala, locais em que as paredes podem parecer cada vez mais convidativas para se escorar à medida que o cansaço vai batendo.

Nas carteiras mais próximas ao quadro, você terá menos oportunidades de tirar um cochilo e, de quebra, ficará mais envolvido com o que está sendo ensinado ou discutido.

6. Faça pausas para ficar acordado

Mesmo que você siga todas as dicas anteriores para ficar o mais disposto possível quando o sinal da faculdade tocar, pode acontecer, eventualmente, de você começar a sentir sua atenção divagando para bem longe do que está acontece ali na sala.

Nesses casos, vale a pena fazer pequenas pausas para mexer o corpo, hidratar-se e voltar a se concentrar. Uma ida rápida ao banheiro, um gole de água fria no bebedouro ou mesmo uma caminhadinha de dois minutos pelo corredor pode fazer toda a diferença: esse tempo perdido da aula resultará em muito mais foco nos minutos seguintes.

7. Fique em dia com o conteúdo

Administrar a rotina para ter tempo de trabalhar, exercitar-se, ir à aula e ainda dormir bem realmente não é uma tarefa simples, mas com alguma dedicação, é possível fazer tudo isso e ainda tirar algumas horas para se dedicar aos estudos em casa.

Esses momentos são importantes porque, por mais atento que você esteja na faculdade, é difícil acompanhar a aula se não tiver ideia do que o professor está falando, não é? E aí, nesse caso, quase não faz mais sentido estar ali ouvindo algo que você não consegue entender.

Para não precisar dar adeus ao seu tempo livre, principalmente nos finais de semana (afinal, a diversão também é indispensável para mantê-lo produtivo), procure otimizar seus estudos com diferentes técnicas de aprendizado e de memorização. Portanto, elabore uma agenda para organizar melhor o seu tempo e siga o planejamento à risca.

Acredite: organização e disciplina são as chaves para enfrentar um dia a dia atribulado, sem interferir com sua vida social e suas atividades de lazer favoritas. Seguindo as nossas sugestões com cuidado, você logo vai chegar à formatura sentindo-se realizado e com a certeza de que o esforço valeu a pena!

Gostou das nossas dicas para estudar à noite? Então, que tal compartilhar nosso post com seus amigos nas redes sociais? Até a próxima!

Facebook Comments